edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 30.12.08
Etiquetas:



José Rondão Almeida é aposentado da Função Pública e presidente da Câmara de Elvas, eleito pelo PS. Na declaração entregue este ano no Tribunal Constitucional apresentou 57 522 euros como rendimentos de trabalho dependente, 7571 euros de rendimentos de capitais, 950 euros de rendimentos prediais e 10 710 euros de pensões.
Isto é, um rendimento total de 76 753 euros. Como património imobiliário possui um prédio urbano em Évora e dois prédios rústicos em Elvas.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 29.12.08
Etiquetas:

O Ministerio de Fomento de Espanha apresenta a proposta definitiva de colocar a Estação Internacional do TGV no Caia.

Conforme os acordos estabelecidos entre os dois paises, e de forma a que a construção do tramo Évora / Mérida possa contar com financiamento europeu, a futura estação tem já proposta de localização, tendo sido publicado no diário oficial espanhol a proposta de situa-la bem junto à linha de fronteira em território espanhol mas com infraestruturas no Concelho de Elvas.

Também o nome da estação está aprovado pelo estado espanhol, e ao contrário do que o Zé de Mello avançou à umas semanas, na proposta apresentada a Estação Internacional deverá chamar-se Badajoz-Elvas e não Badajoz-Caia.

A proposta do Ministerio de Fomento, que se encontra em discussão pública, indica que a Estação do TGV Ibérico terá as plataformas e edificios no lado espanhol e algumas infraestruturas no lado português como seja um parque de estacionamento, ao qual se acederá por uma ponte pedonal sobre o Rio Caia.

No projecto espanhol, que deverá depois ser aprovado pelos dois paises, a estrutura terá seis vias de bitola internacional com quatro plataformas, e duas de bitola ibérica com uma plataforma.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 23.12.08



edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 22.12.08


Devido a um problema informático apenas hoje abrimos a votação, que pode ser efectuada clicando no banner ao lado, referente aos prémios, e acedendo ao blogue especial para esse efeito.

Como todos os anos os resultados serão divulgados no dia 14 de Janeiro, Feriado Municipal de Elvas.

A decisão como sempre está nas mãos dos Elvenses e cibernautas que podem desde já votar.

A todos os nomeados as maiores felicidades desde já e o agradecimento porque são eles o exemplo que Todos Somos Elvas!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 19.12.08


Ao longo destas 3 edições dos Prémios Zé de Mello, já entregaram os visitantes deste blogue, com as suas votações, 18 galardões, com os quais quisemos homenagear e distinguir várias personalidades, acontecimentos, empresas e associações do nosso Concelho que se destacaram no âmbito das suas acções nos anos que receberam dito reconhecimento. Aproveitando a realização dos Prémios Zé de Mello'08, deixamos aqui a lista dos agraciados com esta distinção desde a constituição desta eleição em 2005:

SOCIEDADE
2007 – APPACDM de Elvas

2006 - Equipas "Um Dia pela Vida" de Elvas da Liga Portuguesa contra o Cancro

2005 - José Rondão Almeida


DESPORTO

2007 - Clube Elvense de Natação

2006 - Vanda Santos

2005 - Clube de Futebol "Os Elvenses"


CULTURA

2007 - Museu de Arte Contemporanea de Elvas - Colecção António Cachola.

2006 - Festival Internacional de Folclore Povos do Mundo

2005 - Festival de Música de Câmara de Elvas

ECONOMIA

2007 - Grupo Nabeiro / Loja Alentejo

2006 - Azeite Ouro d'Elvas - Sociedade Agrícola Fonte do Pinheiro

2005 - Eventos no Centro de Negocios Transfronteiriço

INTERNET

2007 – www.rr-elvas.com

2006 - http://www.tudoben.com/

2005 - http://www.radioelvas.com/


BLOGOSFERA

2007 – www.disfuncionais.com

2006 - fotografosdeelvas.blogspot.com

Para além destes galardoados, na edição’07 foi distinguida com um Prémio Especial D. Maria José Rijo, como reconhecimento à mulher, avó, poetisa, artesã da alma e dos seus afazeres, por toda uma vida de mais de 80 anos e pelo amor que transmite aqueles que a conhecem e a todos a que a cumprimentamos.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 18.12.08
Etiquetas:



O Museu de Arte Contemporânea de Elvas - Colecção António Cachola foi distinguindo com uma menção honronsa no concurso de melhor Museu Português de 2008, promovido pela Associação Portuguesa de Museologia, que tem como objectivo, entre outros, promover o conhecimento da museologia e dos domínios científicos e técnicos que a informam.



O Prémio principal coube ao Fluviário de Mora, como melhor Museu Português 2008, e para além do MACE outra menção para o Arqueológico do Fundão. Estes prémios distinguem anualmente ainda, a Melhor Exposição, o Melhor Catálogo, o Melhor Serviço de Extensão Cultural e o Melhor Site, prémio que nunca poderia receber o Museu Elvense, pois, como já aqui repetidas vezes foi denunciado o mesmo é abaixo de sufrível.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 17.12.08
Etiquetas: ,




O novo Centro Cultural de Terrugem (antiga Casa do Povo), inaugurado em Outubro deste ano é já uma referência cultural no concelho. O espaço composto por auditório, com capacidade para cerca de uma centena de espectadores, uma sala polivalente com biblioteca e computadores, e uma área expositiva, na qual se situa o "Museu das Carteiras”, em homenagem a uma indústria que floresceu na Terrugem nas décadas de 50 e 60 do século passado.
Desde a sua inauguração este espaço tem uma vivência regular e invejável até pelo Cine Teatro local, que não dispõe de programação própria e constante ao invés deste espaço da aldeia da Terrugem, que já acolheu várias exposições ( Exposição de Automóveis em Miniatura, Exposição de Tauromaquia) e espectáculos para além das festas natalícias, que culminam na próxima sexta-feira dia 19 pelas 21 horas, O Concerto de Natal pela Tuna da Universidade Sénior de Borba.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 16.12.08
Etiquetas: ,



O futuro centro comercial que se contruirá apartir de Abril, na Avenida de Elvas em Badajoz, junto à rotunda do IFEBA no Caia pretende tornar-se no centro de comercio minorista mais importante na zona raiana.

A apresentação oficial do empreendimento será no dia 15 de Janeiro mas já se conhecem alguns datos do futuro centro comercial, que quer conquistar os consumidores deste lado do Caia. Segundo notícia do diário de Badajoz Hoy, Rodamco, a empresa exploradora, tem já definido algumas das lojas que ali se instalarão: Hipercor (supermercado do grupo El corte Inglés, ocupando 12.470 m2) , Bricor (Loja de bricolage do mesmo grupo - 5.000 m2), Primark (Loja de origem irlandesa de roupa, 3.200m2), Fnac (o gigante francês de venda de cultura, 2.100 m2), H & M (uma marca já conhecida em Portugal de roupa económica, 2.060 m2), Zara (1.900 m2), C & A (1.600 m2), Cortefiel (800 m2), Springfield (800 m2), Bershka (624 m2), Pull and Bear (500 m2), Stradivarius (400 m2), Uterque (280 m2), Oysho, Zara home, Women's Secret, Pedro del Hierro, Massimo Dutti, para além de vários restaurantes.

A abertura deste espaço está previsto para 2010, coincidindo com a conclusão da Estação de TGV Caia/Badajoz e do inicio da exploração da plataforma logística. Refira-se ainda que a nível de grandes espaços comerciais está em estudo a instalação em Badajoz do Grupo Chamartin, detentor da marca DolceVita com lojas em Coimbra, Lisboa, Porto, para além do IKEA e da loja Leroy Merlin já confirmadas na capital pacense.


Entretando recordemos que o Caia português continua ao abandono e sem projecto estratégico.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 15.12.08


Por quarto ano consecutivo o blogue Zé de Mello, prepara-se para lançar os prémios Zé de Mello, destinados a distinguir pessoas singulares ou colectivas que nas suas áreas tenham demonstrado ao longo do ano excepcional valor.


As nomeações serão conhecidas dia 19 de Dezembro, e até lá podem os visitantes do blogue enviar sugestões de nomeações para zedemelo@gmail.com.

Este ano serão seis as áreas a premiar (Sociedade, Desporto, Cultura, Economia, Blogosfera Elvense e Blogosfera Regional).

Contamos convosco!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 12.12.08


No inicio deste mês chamou o Regedor todos os jornalistas do Concelho para uma conferência de imprensa no Palácio do Regedor para anunciar que o investimento na requalificação do Centro Histórico atingiria até 2013 os 30 milhões de euros, 21 milhões já concretizados e 8,7 milhões de euros aé 2013, data em que finalizam as aportações europeias à coesão, e que teve ampla cobertura na imprensa nacional.


Ontem é levado ao Conclave do Palácio a decisão da CCDRAlentejo que outorga ao Palácio do Regedor 8,7 milhões de euros integrados no instrumento de política “Parcerias para a Regeneração Urbana”, decorrente da nova Política de Cidades Polis XXI, no âmbito do programa INALENTEJO. Para além de Elvas, Santiago do Cacém, Évora, Beja e Portalegre são os municípios que recebem verbas.


Dentro de este programa das Cidades Polis XXI, o Palácio irá efectuar as seguintes intervenções:


  • Circular à Cidade - 3ª Fase;
  • Requalificação Paisagistica, Ambiental e Urbana da Parada do Castelo;
  • Requalificação Paisagistica, Ambiental e Urbana da Encosta Sudoeste às Muralhas - Viaduto;
  • Requalificação Paisagistica, Ambiental e Urbana do Jardim das Laranjeiras;
  • Programa de Salvaguarda e Recuperação de Elvas - Reabilitação de Infraestruturas - 6ª Fase;
  • Recuperação e Reconversão Urbanistica no Centro Histórico;
  • Recuperação Ambiental e Paisagistica da Envolvente às Muralhas;
  • Estudo sobre os Espaços Verdes Urbanos;
  • Dinamização de Actividades Culturais em Espaço Urbano;
  • Criação de Roteiros e Circuitos Urbanos;
  • Iluminação dos Monumentos;
  • Acções Associadas à Animação da Parceria Local e á Dinamização do Programa de Acção.
Como novidade no plano de gestão patrimonial e de promoção turistica da monumentalidade de Elvas está a Construção do Centro Interpretativo do Património, peça importante para a preparação do dossier de candidatura das Fortificações Elvenses e estrutura central para o turismo local.

Mais uma vez Rondão Almeida mostra-se o magnifico gestor e um dos melhores autarcas no aproveitamento dos fundos comunitários, embra sem o publicitar desta forma.

Para além do Palácio, também a Escola Superior Agrária de Elvas, vê como o seu projecto de Recolha e Avaliação de Espécies Herbáceas é incluído nesta parceria.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 11.12.08



Foi ontem apresentada no Conclave o projecto da duplicação da Av. de Badajoz, entre as Sochinhas e o Morgadinho, medida apresentada anteriormente pelo Regedor à população. Se esta medida nos parece interessante e oportuna, parece-nos que a falta de um PDM actualizado e de previsão de desenvolvimento urbano da Cidade pode hipotecar o futuro da sede de Concelho.
O aumento de trafego que já se verifica em algumas artérias, chegando em horas de ponta ao congestionamento, faz com que se torne urgente a projecção e execução da Variante Sul à Cidade, entre o Morgadinho e a Urb. do Paraiso, possibilitando a criação de linhas de escape e circunvalação na zona de maior expansão urbana, com radiais de inserção na malha habitacional e de entrada ao Centro Histórico.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 10.12.08
Etiquetas:

Texto da autoria de Luis Fernando de la Macorra, Universidade de Extremadura


Nos finais do sec. XX e nas primeiras décadas do sec. XXI, esta-se forjando o eixo iberico peninsular Madrid- Lisboa. É um eixo priveligiado, por unir as capitais ibéricas e é inovador na história, dada a fantastica sintonia iberica actual. Alentejo e a Extremadura, mas também o Centro de Portugal deverão activar conjuntamente as suas novas e possiveis posições hegemonicas e priveligiadas no eixo, como pontos de encontro e de intercambio uteis e preferentes perante o conjunto de Portugal e España.

O eixo iberico, quando este completo, deverá ter as seguintes caracteristicas, dotações e vocações:



  1. Infraestruturas de comunicação de primeira ordem, que deverão ser acompanhadas de ramais e ramificações conexas, capilares e multimodais. Por uma parte, o TGV Madrid-Lisboa que o recorrerá em tempo record; e, por outro lado, a auto-estrada que une já Lisboa a Madrid.


  2. Intercomunicação aeroportuaria nacional e internacional, desde os aeroportos antigos e novos de Madrid, Lisboa, Extremadura e Beja.


  3. Um sistema portuario conexo e com implantação internacional: Lisboa, Sines, Setúbal e Huelva.


  4. Uma plataforma logistica conjunta do Sudoeste Ibérico na Eurocidade Elvas/Badajoz.


  5. Vários AECT (Agrupamentos Europeus de Cooperação Territorial) eurocomarcais fronteiriços, para integrar a fronteira (caso do ExtremAlentejo).


  6. Um AECT para a Euroregião Alentejo, Centro e Extremadura, que permita desenvolver o espaço fronteiriço, de uma vez por todas.


  7. Um AECT na Eurocidade Elvas/Badajoz, para desenvolver este centro urbano hegemónico iberico.


  8. Parques cientificos e tecnologicos nacionais de Madrid e Lisboa e internacionais na fronteira.


  9. Europarques empresariais capitais e fronteiriços, organizados en cluster e dotados de novas tecnologias e amientalmente adaptados.


  10. Uma rede educativa e de saúde independentes e dotações euroregionais binacionais conjuntas e sinergicas na prestação de serviços de qualidade e multifuncionais aos cidadãos fronteiriços.


  11. Uma definição do Espaço Europeu de Ensino Superior adaptado às caracteristicas, condições, necessidades e oportunidades do Espaço Iberico e Euroregional.


  12. Um desenvolvimento bilingue ou trilingue fronteiriço (espanhol, português e inglês).


  13. Uma melhoria cultural, demografica e de actividade economica e de emprego nos espaços interiores (actualmente desertificados populacionalmente), onde a redifinição do conceito de qualidade de vida, propiciando um meio social mais desenvolvido para o turismo, mas também para a vivência e o investimento.

Confiamos no bom trabalho conjunto de Portugal e España para construir e dotar de progresso e desenvolvimento o eixo iberico Madrid – Lisboa ao completo.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 9.12.08

Quando em 2005 surgiu este espaço de liberdade na blogosfera, muitos acusaram este Velho Conselheiro de opositor ao regime instalado. Transcorridos mais de 3 anos, e na véspera de mais um ano eleitoral, é notório como os políticos da região já se aperceberam do valor que os blogues irão ter nas eleições autarquicas.
Ainda que os partidos politicos, excluíndo o PSD, não tenham decidido abrir um espaço electrónico para que os cibernautas interactuem e se aproximem da vida política partidária, é visível como as franjas que se identificam com sectores especificos da vida local se dedicam desde já a criar os seus blogues.
Também uma nota para o despertar das acções do Palácio do Regedor para dois sectores que até 2008, e durante mais de 14 anos, tiveram pouco peso na acção governativa local: a juventude e o turismo. Dois temas que em breve este Velho Conselheiro trará ao blogue.
Boa Semana!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 5.12.08
Etiquetas:





Ontem o canal autonomico da Extremadura apresentou um fantastico documental na rubrica Esfera sobre as vivências das populações que vivem na raia.

Imperdível!



http://extremaduratv.canalextremadura.es/tv-a-la-carta/videos/esfera-3-diciembre

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 4.12.08

4

Foi anunciado este semana a construção de um novo Centro de Hemodiálise no Norte do Alentejo, a ser construido em Portalegre, num acordo firmado entre a autarquia portalegrense e a Fundação Renal Portuguesa, num investimento de 2 milhões e 500 mil euros.


Com esta nova unidade de saúde os insuficientes renais que necessitem deste equipamento já não estarão sujeitos a constantes e incomodas deslocações até aos grandes centros urbanos do litoral luso.


Mais importante que o valor do investimento e a melhoria susbstancial que da qualidade de vida de muitos Elvenses.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 3.12.08


Tendo como pano de fundo a recém criada Região de Turismo do Alentejo, o deputado municipal e líder norte alentejano do Bloco de Esquerda, Luís Pedras, escreve uma crónica sobre as suas preocupações sobre o futuro do Alentejo e/ou sobre a regionalização de despacho que o Governo da Nação tem posto em practica nos últimos anos.


Pode ler-se: "O PS, do alto da sua maioria absoluta, está a montar uma reorganização territorial quase no segredo dos deuses. Porquê? Perguntamos nós! Tem isto alguma coisa a ver com a implantação do chamados Projectos de Interesse Nacional? Tem isto alguma coisa a ver com a redistribuição de lugares tenentes (não são meros tachos) de controlo económico e político do país? "


Todo a crónica aqui.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 2.12.08

Depois de um período de descanso deste Velho Conselheiro, retomamos hoje as nossas aventuras pelo concelho de Elvas, que nestes entretantos assistiu a muitos eventos, que mereceriam, concerteza, algumas linhas neste édito que retoma a actividade do blogue. Contudo, vamos escolher algumas, e com isso poupar energias para um ano vindouro que promete movimentar muitos elvenses e aposto muitas linhas de blogue. Veremos...
Para além da sensasional iniciativa do Regedor de pôr os Elvenses com patins, e da bonita iluminação, à qual nos têm habituados, mais uma vez o esforço promocional do Palácio do Regedor olha para os dois lados da fronteira, cativando os alentejanos a vir até ao Coliseu Cidade de Elvas, ao igual que, do outro lado do Caia, pisca o olhos aos espanhóis para esta e outras iniciativas, nomeadamente o reforço da imagem de Elvas como cidade de restaurantes e bons comercios.
Também esse piscar de olhos aconteceu por parte do Presidente da Comunidade Autonomica da Extremadura, Fernandez Vara, ao visitar o Governo da Nação, e acordar entre outros temas a criaçao da Euroregião Alentejo / Extremadura / Centro de Portugal, conforme este Velho Conselheiro vaticinava, e no seio da qual o Presidente Vara quer ver a Eurocidade Elvas/Badajoz, faltando para a sua concretização a concordância do Alcalde de Badajoz! Também a reafirmação de que o TGV terá uma única estação internacional na raia, denominada "Badajoz/Caia". Esperemos como é nosso desejo que a linha de mercadorias Sines / Badajoz, que será construída em paralelo, tenha a estação multimodal na raia lusa.
Na área social o Concelho não poderia pedir mais no sapatinho: novo lar em Sta. Eulália, apresentação da futura Prisão em Vila Fernando e o acordo entre o Governo e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) para a cedencia de espaço para a construção de mais equipamentos sociais naquela freguesia. Isto significa investimento, criação de postos de trabalho e mais importante qualidade de vida para os Elvenses.
Nota final para a aprovação em Conclave das Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2009, que segundo o Palácio Digital ascende a 23,5 milhões de euros, que deverão agora passar sem problemas na Assembleia Municipal, enquanto espera este Conselheiro ter acesso ao documento para aqui exprimir a sua opinião sobre este orçamento para ano de eleições.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 23.11.08


edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 19.11.08

GABINETE DE INFORMAÇÃO E PROPAGANDA Nº 17

edição: Zé de Mello publicado a 27 de Março'08
"No dia 23 de Julho'07 este Velho Conselheiro alegrou-se por ter sido criado um mini sitio electrónico para o turismo de Elvas. Infelizmente, e passado mais de 7 meses este continua em "obras"!!
Não existem informações em línguas estrangeiras, alguns espaços estão em actualização e o mais grave não existem imagens apelativas! Apenas uma imagem muito "rádio elvas"! Já é tempo demais não acham!"

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 18.11.08
Etiquetas:

Como este Velho Conselheiro variadissimas vezes aqui alertou a passagem do serviço público de abastecimento de água à população do Concelho para o sector privado, pode tornar-se num presente envenenado. Olhe-se o que se passa aqui ao lado em Campo Maior.

Cuidado Elvenses!

Recordamos mais uma vez, e conforme se pode ler também aqui, ou na legislaçao que cria o SUB de Elvas que as urgências do Hospital de Sta. Luzia poderão ser apenas asseguradas por dois médicos e dois enfermeiros e ponto final. O Regedor tem "apertado" com o Ministério mas só conseguiu um carácter excepcional que acalme o povinho em época pré eleitoral.

Cuidado Elvenses!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 13.11.08
Etiquetas:


Muito apraz a este Velho Conselheiro colaborar numa iniciativa do blogue Ó mê belo Campo Maiore numa ronda de entrevistas blogger que este inicia hoje.


edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 12.11.08
Etiquetas: ,



Apartir deste sábado o Coliseu de Elvas recebe uma pista de gelo, que poderá tornar-se um atractivo para chamar à Cidade os forasteiros e quem sabe levá-los até ao Centro Histórico, para que junto dos comercios locais aproveitem para adquirir algumas prendas de natal.

Para tal é necessário lançar uma campanha junto dos utilizadores deste espaço, principalmente aos fins-de-semana, oferecendo-lhes a possibilidade de adquirir vários produtos no comércio tradicional do burgo. Lojas abertas, espaços de bar e cafetaria abertos e uma boa equipa de promoção no Coliseu podem salvar o Natal economico de empresários do Centro da Cidade.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 7.11.08

Re-infraestruturar os Bairros Periféricos da Cidade, nomeadamente rede de água e esgotos.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 6.11.08
Etiquetas:

O tempo da travesia do deserto parece que está findando. Muitos foram os blogues que este Velho Conselheiro aqui anunciou e recomendou que tinham a sua origem ou a sua temática base no nosso Concelho. Hoje uma nova listagem de blogues se unem à blogosfera elvense:

http://www.elvascidadeviva.blogspot.com/

http://elvasmelhor.blogspot.com/

http://flama-unex.blogspot.com/

http://sorayabranco.blogspot.com/

Benvindos e longa vida a estes novos espaços!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 5.11.08

Recentemente o Presidente da Junta da Extremadura reuniu-se com o Governo da Nação para apresentar a proposta da criação de uma Euroregião Extremadura / Alentejo / Centro.

Recordemos que um acordo internacional deste género já existe entre o Norte de Portugal e a Galiza, onde se incluí a Eurocidade Chaves / Verín, e que se prepara para usufruir de 97 milhões de euros.

É a hora de toda a região Alentejo e a Extremadura avançarem para esta realidade, e urge que Elvas e Badajoz se criem como Capital desta futura Euroregião, avançado em direcção à criação da Eurocidade.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 4.11.08


Várias e repetidas vezes já chamou este Velho Conselheiro a atenção para a urgência da criação e promoção nacional e além fronteiras da marca ELVAS.

Quem não tem visibilidade não existe. E Elvas, cidade, produtos, comércio e serviços não existem!

Um plano de marketing institucional, criando uma imagem forte, à qual se uniriam empresas e produtos locais, é à muito urgente para dar uma vida renovada à Cidade que cada vez tem menos empresários de sucesso, menos visitantes e imensas potencialidades!

Fica o conselho ao Palácio para esta urgência, recordada recentemente pelas novas associações empresariais.

Chegou recentemente à caixa postal dos Elvenses uma folha publicitária do Palácio do Regedor alertando para o facto de a Requalificação do Centro Histórico ser um projecto global e estudado visando um melhor Centro Histórico para quem lá habita, para quem por lá circula e para os que visitam o burgo.

Depois de enumerar várias obras que totalizam um esforço financeiro neste projecto que ultrapassa os 20 milhões de euros, o Gabinete do Regedor, anuncia, ou reanuncia, alguns projectos:

  • Colocação de contentores subterrâneos, ao igual de outras muitas outras localidades. O lixo no Centro depois das 19.00h transmite ainda mais a ideia de deserto em que o mesmo se transforma apartir de essa hora.
  • Requalificação do Parque Habitacional, onde além dos projectos nacionais (Recria e Solarh), o maldito Elvas, Cidade Branca, promete continuar a desvirtuar o Centro Histórico.
  • Requalificar o Jardim das Laranjeiras e a Parada do Castelo, dois projectos ao abrigo do Programa Polis que espera este Velho Conselheiro transformem estes dois espaços em dignos representantes da nobreza da nossa Cidade.
  • Requalificação do viaduto das Portas de Évora.
  • Iluminação de Monumentos, uma obra repetidamente anunciada, e orçamentada, que não passa de intenção à vários mandatos.
  • Criação de microclima na zona comercial. Até que enfim!
  • Sinalização turística e abertura de monumentos. Até que enfim!
  • Higiene canina nas ruas, mas por enquanto só as comerciais e no Centro Histórico.
Este últimos projecto, orçados em quase 9 milhões de euros, são necessários e urgentes e a estes teria que juntar-se, por exemplo:

  • Zona de Estacionamento para residentes - só com habitantes o Centro Histórico tem futuro!
  • Requalificação do Largo do Mamarracho (da Misericórdia), já assim denominado pelo Regedor!
  • Incentivos financeiros aos jovens casais para a sua fixação no Velho Burgo.
  • Plano Geral de urbanismo e gestão da zona histórica.
  • etc...
De qualquer forma a obra está à vista, mas este Velho Conselheiro e o Regedor sabemos que falta muito caminho por andar.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 2.11.08
Etiquetas:


Está de parabéns o Coliseu elvense e o Regedor pela fabulosa Gala do 2º Aniversário daquele espaço.

Nunca Elvas ou o Alentejo assistiram um espectáculo com o glamour, charme, elegancia e qualidade daquele que o Palácio apelidou de "Maior Musical do Alentejo".
Parabéns a quem organizou (José Gonçalez) e aos que rumaram ao multiusos elvense para assistir a este espectáculo.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 31.10.08

A agenda destes últimos dias de outubro, fez com que os Elvenses andassem de evento em evento até finalizar na grande gala de amanhã. Vamos por partes.

O Palácio do Regedor recebeu a itinerância que a Comissão instaladora da nova Região de Turismo está a efectuar pelo Alentejo, para alargar este evento a uma iniciativa que reuniu vários oradores para falar do Turismo. O destaque vai para uma proposta tendente à criação em Elvas de um pólo da nova Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, bem como a intenção de qualificar Elvas, como um dos seis primeiros destinos turísticos de referência ao nível de todo o Alentejo.

Horas depois foi a vez da ADE efectuar o seu encontro-debate "“comércio, indústria e serviços”, numa sessão de casa cheia no Grémio.

Para finalizar o Coliseu Cidade de Elvas tem a inauguração dos 4 bares exteriores e a Gala do 2º aniversário, com apresentação de José Carlos Malato e as actuações de Simone de Oliveira, Mafalda Arnauth, Lenita Gentil, Rita Guerra e António Pinto Basto.

Bom Fim de Semana a todos e a todas.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 29.10.08
Etiquetas: ,

A nova Associação Empresarial de Elvas, tomou recentemente forma, tendo como Presidente o jovem empresário elvense Patrick Sequeira, sendo apresentada com pompa e circusntância numa sessão presidida pelo Regedor.
Como estamos em contra-relógio para as autarquicas de 2009, tudo o que se faça desde o Palácio do Regedor, passou a ser olhado como pré campanha, e para desgosto deste Velho Conselheiro até o associativismo empresarial passou a ser arma de arremesso para os partidos políticos.
Às direcções das 3 associações, desejo que realizem um trabalho que sirva os interesses dos empresários e deixem a política para as estruturas próprias. O comércio de Elvas precisa de uma associaçao forte e que una a todos em redor da ideia de melhor servir os clientes dos seus negócios.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 27.10.08
Etiquetas: , ,



Um dos blogues que a este Velho Conselheiro mais lhe agradam na blogosfera elvense é o Cidad'Elvas que seguindo uma linha muito semelhante à nossa tem dedicado às questões do Concelho uma abordagem que nos parece isenta.
Exemplo disso a caricatura que acima reproduzimos!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 24.10.08

Texto enviado por Endovelico Bronconcios

Quando comecei a escrever estas linhas, fiquei na dúvida sobre se devia ou não escreve-las, mas depressa fiquei sem dúvidas e resolvi abordar o demagogo e sua demagogia. Decidi ir verificar se as definições que constam nos vários dicionários ainda eram as mesmas.

Vamos ver o que o dicionário da P.E. nos diz sobre o que é um demagogo - indivíduo que excita as paixões do povo, mostrando-se defensor dos seus interesses, mas tendo em vista a prossecução dos seus próprios pontos de vista.

Reli pausadamente um prospecto em folha A4 azul e letras a negro emanado do Palácio do Regedor e por ele assinado.

Parece que a Regedoria dá ouvidos a boatos, pois a génese desse comunicado tem como inspiração um boato.

Peço desculpa, mas quando se gasta o nosso dinheiro para desmentir boatos, temos aí o espelho de quem nos governa.

Bem, vamos lá ver qual é o boato, ou a desculpa para que e em nome do boato façamos apologia da demagogia.

Perguntei a alguns Elvenses, e em verdade nada sabiam do boato, aquilo que sim sabiam era que a Igreja do Cemitério estava fechada para umas supostas obras de recuperação, este era o boato, e fala o célebre prospecto azul que a Capela do Complexo, não o do cemitério, está aberta a todos.

Mas afinal, em que ficamos, seremos agora obrigados a deixar de que a Igreja fique fechada porque alguém tem interesse em que seja usada a Capela do Complexo.

Mas que obras, se no interior da mesma nem andaimes existem.

É um boato, e como a Igreja está fechada a 7 chaves, sempre o Regedor pode ir inventando os boatos que quiser para assim fazer "propaganda" da Capela, e defender mais uma privatização.

Mas não fiquem boquiabertos, se no próximo dia de Finados quem ao Cemitério for, encontrar a Igreja de S. Francisco vulgo do Cemitério, de portas abertas ao culto, ostentando uma bonita passadeira vermelha que também cobre o Altar Mor.

Estas foram as tão apregoadas obras de restauro

Pura Demagogia de um demagogo, ou a defesa de algo com mais interesse.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 23.10.08
Etiquetas:


Depois de aqui termos criticado a falta de comemorações para o 2º aniversário do Coliseu, informa-nos o Palácio Digital que esta irá decorrer no próximo dia 1 de Novembro.

Apresentada como um grande espectáculo de música portuguesa, onde irão estar presentes nomes consagrados (???????) do panorama da canção portuguesa. Sem mais!

As entradas oferecidas aos portadores dos cartões sociais do Município já estão à disposição dos mesmos, bem como as entradas a preços populares para quem se queira unir à Festa do Coliseu Cidade de Elvas.


edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 21.10.08

Quantas fotografias do Regedor aparecem no último Boletim do Palácio?

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 20.10.08
Etiquetas:


Na semana passada a antiga renovada aliança de direita, formada pelo PSD e pelo PP de Elvas emitiram um comunicado que imediatamente foi respondido pelo PS, partido do governo local, em que se discutia as reduções de IMI e derrama recentemente proposta reduzir pelo Palácio do Regedor à Assembleia Municipal. Dar eco ao PSD e PP ocultou a pobreza que o Orçamento de Estado e o Governo da Nação dedicaram a Elvas. Tal guerrilha de comunicados leva este Velho Conselheiro a escrever este édito para que a memória colectiva não se deixe levar por aquele que mais alto fala. Vejamos pois:
  • Ocupação Municipal Temporária de Jovens, Ocupação Municipal de Tempos Livres, pagamento dos medicamentos aos idosos e a isenção do pagamento de água nos primeiros 3 metros cúbicos, são iniciativas que partiram do PS e da equipa de Rondão Almeida.
  • Cartão do Idoso (Idade de Ouro), Cartão Jovem Municipal e Câmara Mão Amiga, foram iniciativas apresentadas pelos partidos da oposição de direita, bem como a isenção e/ou redução dos impostos municipais.
Fica escrito.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 17.10.08


Se há Concelho em que o património pode desempenhar um papel fulcral no seu desenvolvimento esse é Elvas.

O CNT - Centro de Negócios Transfronteiriço, à Av. da Europa, acolhe apartir de hoje a 1ª edição do Salão Patrimonius, numa organização do Palácio do Regedor e que pretende ser uma montra de divulgação sobre o património.

Uma visita a Elvas e a esta Feira é o convite que deixamos para este fim de semana!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 16.10.08

Foi apresentado esta semana, e em várias entregas, a proposta de lei do Orçamento de Estado para 2009, que seguirá agora para votação na Assembleia da República. Interessa pois analisar as verbas que o Governo da Nação se propõe distribuir pelo nosso concelho.

Directamente para os cofres do Palácio do Regedor entrarão 7 835 509€ provenientes do Fundo Equilibrio Financeiro destinados aos gastos com pessoal e despesa corrente, bem como para as atribuições delegadas nos municípios. Note-se que o concelho de Elvas té o segundo que mais recebe do distrito.

Das grandes opções da politica do Ministério das Obras Públicas encontramos que são atribuidas verbas à ligação ferroviária Sines/Caia bem como ao projecto de alta velocidade, embora estas últimas continuem adjudicadas mais um ano a estudos e projectos. Quanto à Plataforma Multimodal do Caia não encontrou este Velho Conselheiro uma única linha.

Quanto ao Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central, vulgo PIDDAC, para o ano de 2009 e para o concelho, este é contemplado com a Construção do Estabelecimento Prisional em Vila Fernando com 1 250 000€, prevendo-se para 2010/12 um investimento de 23 750 000€

No Alentejo destacamos ainda as obras de beneficiação na Escola da GNR em Portalegre que receberão 433 000€, a requalificação dos Parques Judiciários do Alentejo com uma quantia de 2 083 334€, Desenvolvimento da sociedade de Informação na região com um orçamento para 2009 de 36 000€, enquanto a Rede Comunitária do Distrito de Évora recebe 100 000€. O CCDR do Alentejo recebe para as obras nas suas instalações 70 000€, e a Adm. Hidrografica Regional receberá 250 000€ para a sua instalação no terreno. Já a nível de acções locais a cargos de autarquias destaque para a Recuperação e reabilitação do Centro Tradicional de Grandola contemplada com 100 000€, a Operação de Revitalização do Centro Histórico de Avis, com 18 240€. As obras no Colégio e Igreja de S. Sebastião em Portalegre com um orçamento de 95 360€ e para Alegrete, ainda naquele concelho, vão 23 794€ para o Plano de Acção daquela vila. A Capital da Região receberá, por vias do Polis, 300 000€ e a sua Univerdidade, na cosntrução do Polos dos Leões, 2 333 333€. No litoral alentejano o Plano de Ordenamento da Costa e praias contará com 175 000€e o Plano Litoral com 1 134 313€ e o Geopark com 75 000€, o Palno de Ordenamento do Território, 150 000€ e o Plano de Marketing Regional contará com 40 000€, que passarão a 253 250€ em 2010/12. A saúde na região verá nascer ou ser reabilitados os Centros de Saúde em Mourão, Arraiolos, Montemor-o-Novo, Redondo, Portel, Vila Viçosa, Sines, Para além deste valores referir que o QREN da região será brindada com 10 000 000€.

Para além destes números poderá o concelho receber outros investimentos estatais de acordo com os programas pontuais que os vários ministérios tenham previstos para Elvas, sendo os valores atrás apresentados aqueles que o Governo da Nação se propõe investir na nossa terra.

Fica a questão : Plataforma Multimodal - não há!?!?

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 15.10.08
Etiquetas:


Como é habito, e como estão os nossos leitores habituados, o Zé de Mello, para além de criticar gosta de apontar caminhos e opiniões novas à discussão da comunidade. Dentro de menos de um ano, o Palácio do Regedor inaugurará a Circular à Cidade na sua totalidade, completando assim o trajecto, que em redor das muralhas do sec. XVII, une a Av. de Badajoz entre o Aqueduto e o Bairro da Boa-Fé. São no total 4 troços viários aos quais há que dotar de toponímia pois a evolução e crescimento urbano, bem como uma mais fácil identificação dos troços desta Circular o exigem.

Assim, entre a rotunda do Combatente e a rotunda do Desportista, teremos um primeiro troço, seguindo-se outro até à Av. da Boa-Fé e Av. da Europa. Do lado norte da Cidade, entre o Parque da Fonte da Prata até à nova rotunda da Estrada de Portalegre teremos o 3º tramo, que apartir daí, e em direcção ao Aqueduto completa a Circular, constituíndo o 4º tramo.


Tem sido politica do Palácio do Regedor, ir homenageando os Elvenses ilustre já falecidos, mas sobretudo manifestar aos Elvenses que em algum sector da sociedade se destacam, um agradecimento e reconhecimento em vida, facto que merece toda a aprovação deste Velho Conselheiro.


Para estas 4 novas, ou renovadas, avenidas são vários os nomes que mereceriam tal distinção, tendo em atenção que estas vias são marcas de identidade da Cidade e pontos de referência para quem por Elvas circula, mas quer este Velho Conselheiro abrir a discussão aos visitantes do blogue: Que Elvense ilustre ou instituição merece que o seu nome seja perpetuado na toponimia destas vias?

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 14.10.08
Etiquetas: ,


Segundo informação divulgada pela Rádio Renascença, é intensão do Regedor criar uma zona franca entre Elvas e Badajoz seria uma boa forma de impulsionar a economia da região.
Segundo a RR, Rondão Almeida, já terá apresentado a proposta aos municípios que compõem a euroregião Extremalentejo, defendendo que a criação de uma zona franca entre Elvas e Badajoz esbateria as diferenças de desenvolvimento económico dos dois lados do Caia.O autarca diz que é uma ideia “a colocar em prática”, “assim haja vontade política por parte dos Governos” de ambos os lados da fronteira.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 13.10.08
Etiquetas: ,


Cada vez são mais os pacenses e extremenhos que cruzam a fronteira para se instalar na nossa Cidade, devido ao preço mais barato da habitação deste lado do Caia, neste dia quer o Zé de Mello dedicar-lhes o tema do dia e desejar-lhes que esta Cidade aos poucos também seja a sua! Bienvenidos!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 12.10.08
Etiquetas:


Por outro lado, este ano mais do que nunca, voltou a estar na ordem do dia o alargamento e requalificação do Parque da Piedade, um tema abordado por mim ao longo dos últimos anos. Agora em 2008, outras vozes reconheceram a inevitabilidade de estudar este problema; entre elas, saliento a do Juiz da Confraria do Senhor Jesus da Piedade, demonstrando disponibilidade pessoal para tratar do tema. Sobre a Confraria e o seu trabalho desenvolvido, devo escrever como aprecio o empenhamento deste grupo de voluntários, que despendem muitos dos seus tempos livres para que a comunidade dos elvenses e visitantes se possam divertir na Piedade. É um grande esforço, muitas vezes mal compreendido e mal avaliado. Todavia, o Concelho de Elvas tem, nesta matéria, um desafio decisivo: ou entende os novos tempos adaptando-se a eles e entrando na competição com outras cidades alentejanas, ou então ficamos parados no tempo.
Tenho conversado com milhares de Elvenses ao longo dos últimos anos; procuro sempre a maneira de pensar da maioria das pessoas e as necessidades colectivas. Assim, sobre o nosso São Mateus, tenho duas ideias fortes: trata-se de uma festa verdadeiramente de todos os Elvenses e muitos desejam que o essencial dos festejos se mantenha, mas com a adaptação inevitável às comodidades proporcionadas pela evolução dos tempos. Nesta, como noutras matérias, o
Povo é sempre sábio; sabe bem o que quer, mas distingue na perfeição aquilo que não quer.


José Rondão Almeida, in Boletim do Palácio do Regedor de 15 de Outubro'08

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 10.10.08
Etiquetas:

Do blogue Ó mê belo Campo Maiore:

Faz alguns meses, houve um acidente (já houve mais…) na EN 373 que liga Campo Maior a Elvas, acidente no qual um pesado embateu contra umas baias de protecção, danificando as ditas, tal aconteceu num dos dois estreitamentos (estreitamento com curva) da referida estrada, o qual fica mais perto da cidade de Elvas, sendo que o outro se situa junto a Estação de Tratamento de Águas. Os frequentadores desta via identificarão de imediato o local e o acidente.

O certo é que já passaram alguns meses desde o acidente e essas mesmas baias continuam danificadas, sem nenhuma intervenção de fundo, apenas alguns sinais indicativos (já não é mau), os que conhecem o local sabem que é uma zona de muito perigo, é verdade que esta sinalizada, sendo o limite de velocidade de 50 km/h, porém aquelas baias podem salvar vidas, pois depois das mesmas só resta mesmo o abismo até ao solo que fica uns bons metros abaixo da ponte.

Passam naquela via centenas de veículos pesados e ligeiros durante o dia, o que quer dizer que o arranjo destas baias deveria ser uma urgência, de maneira a evitar males maiores.

As Câmaras de Elvas e Campo Maior, não podem ser acusadas directamente da não reparação do dito, porém cabe a estas intervir junto das autoridades competentes de maneira a que se proceda a reparação.
Os mais “espertos”, poderão dizer que o Município de Campo Maior nada têm a ver com isto, uma vez este local encontrar-se no Concelho de Elvas, correcto! Porém, são os Campomaiorenses e Elvenses quem mais usufruem desta via, como tal, compete às Câmaras “olhar” pelos seus munícipes. Digo mais, a culpa dos Municípios nesta estrada já vêm detrás, pois existia um projecto para o alongamento da mesma que não foi cumprido, se existia por algo seria, digo eu!

Mais vale prevenir do que evitar…esperemos que este problema tenha uma resolução breve!

Que acham desta situação?

Cumprimentos

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 9.10.08
Etiquetas:


Ontem no Conclave do Palácio do Regedor, e sem que o assunto estivesse na agenda de trabalhos publicada no sitio institucional, o executivo liderado por Rondão Almeida, aprovou a redução do IMI (Municipal sobre Imóveis ) bem como a derrama.


Recordemos que esta proposta foi apresentada aos cidadãos pela coligação de direita nas últimas eleições locais e repetidamente recusada pelo partido maioritário. Segundo a nota de imprensa difundida, estas medidas: "vêm ao encontro das medidas preconizadas pelo Governo, para atenuar no nosso país os efeitos da crise financeira internacional, sobretudo ao nível da economia familiar." Este Velho Conselheiro saúda as medidas tomadas, esperando que estas sejam um incentivo aos empresários locais que sofrem cada dia mais as consequências da falta de estratégia comercial do Concelho.


Como última nota destaque para o facto de as politicas sociais do munícipio serem cada vez mais efectivas; assim neste mesmo Conclave foi decidido a isenção de pagamento de água aos portadores do Cartão da Idade de Ouro que tenham um consumo mensal até 3 metros cúbicos. Esperemos que me breve mesma medida seja aprovada para as famílias numerosas.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 8.10.08
Etiquetas: ,


Ao longos da última década têm-se desenvolvido vários trabalhos arqueológico na villa romana da Quinta das Longas, perto do Povo de S. Vicente, aos quais o Palácio se tem associado através do fornecimento de vária logística necessária aos trabalhos dirigidos pelo arqueólogo António Carvalho.
Os trabalhos, que foram interrompidos por falta de apoios por parte do ex-IPA, fizeram surgir uma grande parte desta villa romana, com os seus mosaicos e até um conjunto de esculturas inédito na região. Sendo o principal núcleo testemunhal da ocupação romana do Concelho de Elvas, pergunta este Velho Conselheiro: Para quando a criação de um Centro Interpretativo da Vilae e do mundo romano no concelho de Elvas?

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 7.10.08
Etiquetas:


O Palácio do Regedor esta a promover mais uma intervenção urbana na Cidade de Elvas, que vai transformar o modo de vida das populações da Belhó, com a criação de um espaço verde e diversos equipamentos sociais, num investimento de um milhão e meio de euros, ao longo da Ribeira do Cêto, até à uns anos esgoto da Cidade.

Dentro deste novo espaço será também construído um templo católico que, segundo alguns populares, será dedicado à Virgem de Fátima. Sabe este Velho Conselheiro que a imagem, a venerar nessa igreja, em mármore branco da região, será oferecida por uma importante personalidade do burgo, conhecido pela sua devoção mariana.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 6.10.08
Etiquetas:


Entre festas e foguetes o 2 º aniversário do Coliseu passou desapercebido a muita da população do Concelho. Fez dia 28 Setembro dois anos que Elvas viu e mostrou a todo o país o novo espaço multidisciplinar que viria marcar a agenda cultural do Alentejo e da Extremadura.

Recordando o édito que este Velho Conselheiro fez na data: "
Foi um dia de festa em Elvas com a inauguração do Coliseu, devidamente emoldurado pelo S. Mateus. Foi um dia em que todos os Elvenses se sentiram orgulhosos de mais uma obra, ou, da Obra do Regedor. As felicitações vão também para o próprio Rondão Almeida e para toda a sua equipa e trabalhadores do Palácio que concluiram as obras do Coliseu."

Passados dois anos, e só agora, é tempo de fazer uma primeira avaliação sobre o projecto. Muitos, e alguns bons, concertos musicais têm sido apresentados à população de Elvas e a toda a população da zona de influência do Coliseu. Eventos desportivos de nível internacional têm utilizado o recinto do Morgadinho, demonstrando a sua versatilidade, indo muito além do espectáculo tauromáquico, que ultimamente tem sido promocionado pelas forças vivas da Cidade.

Se numa primeira fase se pensou em concessionar a exploração do dito à iniciativa privada, rapidamente o Regedor se apercebeu que tal estrutura, numa cidade pobre do interior, não era apetecível aos promotores de eventos nacionais: «Até arranjaram a expressão “elefante branco” para o novo equipamento elvense. Sinceramente: se o Coliseu é um elefante, branco não é com certeza; tem muitas e variadas cores, tal a sua polivalência funcional.» Assim conclui Rondão Almeida o seu último editorial. Completa o Zé de Mello que espera pelo bem dos Elvenses que este não seja um "elefante arco-íris".», escreveu este Velho Conselheiro no 1º aniversário do Coliseu Cidade de Elvas.

Se a nível musical não tem faltado os grandes nomes da música popular e tradicional nacional, falta trazer de novo a Elvas nomes que possam interessar aos jovens e jovens-adultos demonstrando que a acção cultural do munícipio se destina a toda a população, ainda que esta seja cada vez menor e mais envelhecida. Neste terceiro ano de vida do Coliseu, espera-se ansiosamente a abertura dos bares do espaço que irão transformar as noites de Elvas, espera-se pelo concretizar da promessa de uma corrida de touros à antiga portuguesa, espera-se pela pista de gelo no Natal, espera-se pelos grandes nomes internacionais que atraiam os espanhóis, espera-se que este grande investimento do Regedor continue a ser uma bandeira da modernidade de e em Elvas.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 1.10.08
Etiquetas:


"...O blogue é um amplificador da voz individual e na medida do seu novo alcance a voz individual deixa de estar confinada a um espaço regulado pela lei geral. Logo, não vejo como evitar que, na passagem para um nível superior de intervenção pública, se não fique sujeito a um maior rigor quanto à forma. .."


Vale a pena ler o comentário completo no Expresso aqui

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 30.9.08
Etiquetas:

O S. Mateus para os Elvenses significa estar em família, significa devoção, regresso a casa, encontro com os tempos vividos mas também um olhar para o futuro.
Nos últimos 25 anos a feira e arraial que se vive em redor do Santuário do S.J.Piedade tem sofrido transformações que mais não são que o reflexo da vida contemporânea. Uma vida que faz com que os "camponeses" regressem a Campo Maior depois dos Pendões ou ao fim de um serão de feira. Ir até ao Parque da Piedade era sempre uma pequena aventura e um dia especial. Hoje, mesmo desde as aldeias do concelho, em 15 a 20 minutos faz-se o percurso desde a casa de família até à Piedade. Olhar para a feira e romaria com uma perspectiva actual fará com que esta tenha mais ou menos pontos de interesse, consoante as expectativas pessoais de cada um.
A Romaria ao Senhor Jesus da Piedade e a Feira de S. Mateus são as Festas da Cidade. Ou tende a sê-lo, pois para além de uma ou outra exposição de carácter cultural, evento desportivo ou espectáculo tauromáquico, as actividades de festejo são inexistentes ou pouco significativas. Tornar o S. Mateus nas Festas da Cidade presupõe que toda a comunidade comungue do sentimento festivo proporcionando-lhes pontos de interesse também fora do recinto da feira.
Também este ano houve o que poderá vir a ser o S. Mateus Jovem. Um conjunto de concertos para a malta jovem, junto ao espaço lúdico e de bares da feira. O futuro do S. Mateus está nesta juventude que temos que "viciar" em estar e partilhar o parque da Piedade como um espaço de encontro. Dotar de atractivos vários o recinto para um público mais jovem é uma das prioridades que devem reger as entidades organizadoras.
Outra das transformações sofridas no último quartel foram as alterações urbanísticas que o recinto tem sido alvo. A construção da parte superior do parque, contigua à Av. de Badajoz, e a mais recente urbanização junto do Santuário transformaram o parque romântico do XIX num espaço que aos poucos se engloba na malha urbana da Cidade.
A falta de visão estratégica para a Cidade fez com que o parque da Piedade, e o seu entorno, fossem preteridos como localização excepcional para construção do espaço expositivo do Concelho e o mesmo tenha sido colocado nas Fontainhas, na rotunda da Av. da Europa. Recentemente, nos dois últimos anos, o Regedor tem expressado publicamente o seu desejo de adaptar o parque de feiras da Confraria num espaço moderno e adaptado às exigências dos utilizadores. Recordemos ainda que está prometido pelo executivo municipal a alargamento do Centro de Negócios Transfronteiriços, pois este considera que o espaço se tornou pequeno para alguns dos eventos ali realizados.
O entrelaçado de sinteses que acima postámos, serve para demonstrar que na Cidade de Elvas existem neste momento dois grandes pólos para realização de eventos: o CNT e o Parque da Piedade. Se o primeiro está destinado a albergar mostras e exposições ao longo do ano, já o Parque da Piedade tem como perfil ser o espaço de feiras, quer a quinzenal, a de Maio quer o S. Mateus. Numa óptica de concentração de circuitos urbanos teria sido mais vantajoso para a Cidade que o CNT tivesse sido erguido na zona da Piedade o qual poderia acolher agora a Expo que o Palácio do Regedor organiza dentro do S. Mateus "tradicional".
A pretensão de construir grandes naves que num futuro acolham feiras temáticas e sirvam para a Expo S. Mateus pode ser uma solução para dar uma maior dignidade ao evento, mas não podemos esquecer-nos que a decisão já é tardia e que a mesma deveria ter sido tomada há um par de anos atrás aquando da construção do CNT. A localização ideal dessas naves seria sempre remetida para a faixa de terreno que vai desde o Parque de Campismo até à Av. da Piedade criando assim uma nova zona expositiva que co-existisse com a tradicional feira.
Para terminar esta breve reflexão sobre o S. Mateus e o seu provenir, bem como a solução estratégica para o futuro do S. Mateus / Festas da Cidade e os futuros hipotéticos pavilhões talvés sejam estes também aqueles que num futuro acolham a Feira de Maio, transformada na grande montra das actividades económicas do Concelho num revivalismo da FACIPE.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 29.9.08
Etiquetas: ,



Enquanto estavamos pelas Festas da Cidade / S. Mateus'08, o Ministro da Defesa Nacional, Nuno Severiano Teixeira, apresentou a Lei de Programação e Infra-Estruturas Militares (LPIM), que tinha sido aprovada em Conselho de Ministros, na passada quinta-feira, por decreto-lei, e que traz novidades para a nossa Cidade.


Apesar de não ser conhecida a listagem completa, sabemos já pelos media nacionais que Elvas é o concelho com mais imóveis previstos na LPIM, com 18% do total.


Não se tratando de venda dos imóveis, mas sim da sua concessão por vários anos, uma das jóias da alienação, e claro, a jóia do património militar elvense, o Forte da Graça estará entre os edificios que serão disponibilizados aos agentes económicos.


Para este Velho Conselheiro esta oportunidade poderá ser a tábua de salvação para mais alguns edíficios do burgo. Recordemos que o Palácio do Regedor está à algum tempo tentando que o Governo da Nação lhe disponibilize por exemplo a antiga Manutenção Militar para aí instalar os Museus de Arquelogia e do Mundo Rural.


Quanto ao Forte da Graça esperemos que seja finalmente entregue a privados, ou quem sabe ao próprio Palácio do Regedor, e nele seja projectado uma utilidade privado-pública que permita dar vida áquele complexo e simultaneamente o devolva ao usofruto da população e de todos aqueles que visitam a nossa Elvas.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 26.9.08

Eu nasci no Alentejo


À beira do Guadiana


Sinto orgulho quando vejo


A paisagem Alentejana!





Uma malta da cidade


Chamou-me de provinciano


Eu tenho grande vaidade


De ter nascido alentejano!





Eu nasci no Alentejo


À beira do Guadiana


Sinto orgulho quando vejo


A paisagem Alentejana!




Ó Elvas, ó Elvas


Badajoz à vista.


Sou contrabandista


De amor e saudade


Transporto no peito


A minha cidade. A minha cidade. A minha cidade.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 25.9.08
Etiquetas: ,

SANTIAGO CAMBERO no Jornal HOY

Ayer se celebró la onomástica de san Mateo, iniciándose un periodo festivo en tantos pueblos y ciudades, anuncio de la estación otoñal. Este santo es patrono de aduaneros, loteros, estanqueros y recaudadores de hacienda. Mal asunto en tiempo de crisis económica y financiera... ¿Apiádate de nosotros!

Pero San Mateo también simboliza la querencia que algunos pacenses tenemos a Elvas. Localidad portuguesa a 11 kilómetros de Badajoz, que ahora disfruta de sus ferias fusionando tradición con modernidad, donde lo rural da paso a la globalización en su mercado cosmopolita. Compruébelo. Elvas siempre fue lugar de peregrinación para aquellos que se deleitan con buenas viandas marineras con sabor a bacalhau del Atlántico. Quizás ya menos para comprar la mantelería del ajuar. Lo más lamentable, es reconocer que a pesar de este intercambio comercial fluido, la mayoría de quienes residimos en esta parte de la Raya aún vivimos de espalda a la región portuguesa del Alentejo. Quizás esa afirmación deba matizarse desde la perspectiva sociológica de lo transfronterizo, pero si resaltaré ciertas notas etnográficas fruto de mi observación y conversaciones con miembros de la colonia española en Portugal -principalmente, jóvenes extremeños desplazados por motivos laborales-. Lo primero es el grado de desconfianza que presentan hacia los españoles. Por otro lado, nosotros no manifestamos interés por conocer la cultura y lengua lusa. Quizás las diferencias socio-históricas decimonónicas entre la sociedad portuguesa y española, influidas por intereses de Inglaterra y Francia en sendos territorios, impidan hoy el rebrote del llamado 'iberismo'. A todo esto, unas instituciones locales que no apuestan firmemente por la cooperación transfronteriza, en especial, desde el ámbito municipal como demuestran las autoridades de Badajoz. ¿En que estado se encuentra el proyecto de eurociudad Elvas-Badajoz? ¿Y la eurocomarca Alentejo-Extremadura? ¿Por qué no compartir servicios públicos (sanitarios, infraestructuras del AVE, etc.) en Caya? Tantas cuestiones sin respuestas Dixit.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 24.9.08
Etiquetas:


Conheces uma figura que marcou a história local ou do país com raízes elvenses?
então a tua ajuda é bem-vinda!
Sendo um sitio de construção permanente a ajuda de todos é essencial para que a história de Elvas passe também pelos que a fizeram prestando-lhes uma humilde homengem nesta galeria de notáveis.
Para tal basta enviar uma resenha bibliográfica dessa figura para o mail zedemelo@gmail.com e colocaremos online mais um Grande Elvense graças a ti.

http://osgrandeselvenses.blogspot.com

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 23.9.08
Etiquetas: , ,

A poucos dias de comemorar dois anos o pavilhão multiuso elvense encheu-se no passado domingo para a primeira das duas corridas de toiros que fazem parte das Festas da Cidade / S. Mateus'08. Foi casa cheia, algo que há muito não se via naquele espaço.

No próximo dia 26 será a vez da Dinastia Moura rumar até ao Coliseu de Elvas para uma corrida de angariação de fundos para os Bombeiros Voluntários de Elvas. Espera este Velho Conselheiro que desta vez a população vá em massa apoiar os soldados da paz elvense.

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 22.9.08
Etiquetas: ,



mais informações em www.cm-elvas.pt

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 20.9.08
Etiquetas:

Bom S. Mateus a todos os Elvenses e forasteiros!

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 19.9.08
Etiquetas:


É hoje inaugurada a exposição "Percurso" da autoria da Elvense por adopção, Maria José Rijo, pelas 18h30, no Museu de Fotografia João Carpinteiro, integrada nas Festas da Cidade / S. Mateus'08

A exposição, que estará patente até 9 de Novembro, contará certamente com a adesão de muitos filhos de Elvas que irão descobrir nestes retalhos de vida uma Mulher que ama a sua Cidade e os seus.

Recordamos que Maria José Rijo recebeu em 2007 um galardão Especial nos Prémios Zé de Mello'07. (ver aqui)

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 18.9.08
Etiquetas:


"Esta Elvas, pela qual nos apaixonámos, proporciona-nos momentos únicos."

Rondão Almeida no Editorial da Revista Municipal especial S. Mateus'08

edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 17.9.08
Etiquetas:


Realiza-se no dia 27 de Setembro o 1º Passeio Guiado CicloClube BTT Elvas, inserido nas Festas da Cidade de Elvas / São Mateus' 08, numa distância de 40 kms, e, com o objectivo de divulgar da modalidade e apresentação das novas instalações do clube.

As inscrições encontram-se abertas até dia 23 de Setembro, com o preço de 15€, incluindo almoço.

O programa será: 8:00h Abertura de Secretariado (Junto ao Estádio municipal de Elvas); 9:00h Inicio da prova; 12:00h Banhos no Estádio de Atletismo; 13:30h Almoço Convívio.

Search