edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 25.8.06
Etiquetas:


Há umas semanas atrás este Velho Conselheiro leu que o Director do Linhas de Elvas se tinha demitido alegando estar a ser perseguido pelo Palácio do Regedor, e disso demos eco no édito de 11 de Agosto.
Passadas 2 semanas é com admiração que continuo a verificar que o nome de João Alves e Almeida continua a constar no cabeçalho do semanário como Director!
Afinal que se passa?!
Como estratégia comercial julgo que resultou, dado o mesmo estar nestas últimas semanas a ter maior procura nas bancas e acredito que na edição digital.
Como estratégia politica parece-me que J.A. Almeida atingiu o mesmo patamar de J. R. Almeida ao criar o pseudo-facto da auto-demissão. O Regedor disse que se demitiria se a Maternidade Mariana Martins encerrasse. O Director do “Linhas” também anuncia a sua demissão por falta de prática democrática. Tanto um como outro estão, por enquanto, nos seus postos. Como não advoguei a demissão do Regedor aquando do fecho da maternidade também não o faço agora, tanto mais que se no primeiro caso estamos perante uma instituição pública, há que ter em linha de conta que o “Linhas” é uma empresa privada, cabendo aos seus sócios velar pela melhor forma de garantir o sucesso comercial da mesma.
Contudo, penso que o Semanário Linhas de Elvas é uma instituição da Cidade, sendo que o seu labor é reconhecido como fonte de informação, constituindo já uma fonte histórica para estudo da cidade e da região na segunda metade do século XX, como tal penso que quer o seu Director quer o Regedor deveriam honrar este título, e, desde a blogosfera solicito que tal seja reconhecido no próximo feriado local com a atribuição da Medalha de Ouro da Cidade ao Semanário Linhas de Elvas.


10 comentários:

Anónimo disse...

Dar a medalha de ouro da cidade a um pasquim reaccionário e sem qualidade!?!?! Poupem-me....
Bom mas também desde que vi o Sampaio condecorar os Xutos e Pontapés já estou à espera de tudo!...

rosamaria disse...

O Sr.Zédemello poupe-me.
O Jornal Linhas de Elvas é uma entidade privada tudo bém ,mas olhe que então está mal informdo a Maternidade Mariana Martins também...Foi assim que eu assinei um contrato de trabalho à 25 anos nessa Maternidade" uma instituição privada ".de Solidariedade Social...
Por acaso tambem quer dizer que eu não existo???já agora...
Bom já desseram muita coisa e tanta mentira...mentiras mais não..

moi disse...

Bom fiquei admirado com este post

é verdade, as férias têm destas coisas. ausentamo-nos duas semanas mas um mundo não pára e parece que elvas também não (ainda bem).

foi com surpresa que li o facto de JAA se querer demitir da posiçao priveligiada que ocupa, não me parece que o venha a fazer, pois quem o substitui? se calhar o sr. aurélio que deve ser dos mais velhos lá da casa.

No entanto, também não me parece justo aquilo que a câmara lhe tem feito ultimamente, é só vontade de gastar papel com dinheiro dos contribuintes, mas, mais errada posição toma o LE ao responder a estes ataques, pois como se costuma dizer "o que vem de baixo não nos atinge" - nunca ouviram falar que a comunicação social é o quarto poder? pois para mim pode até ser o primeiro.

ainda assim,este é um tema que passaria horas a escrever dele, contudo, o como também não gosto de post muito grandes (pois não os leio, a não ser que interessem muito) só quero deixar a minha opinião no que se refere ao facto do "fechar da torneira" da publicidade da camara para o linhas (se é que o fez, pois não tenho conhecimento de causa)na verdade os orgao de comunicaçao social sejam eles escritos ou falados (e no caso dos falados ainda a coisa se agrava, porque a unica fonte de riqueza é a publicidade, pois os escritos têm assinantes e vendas nas bancas)precisam de publicidade para sobreviver e muitas vezes os poderes instaurados aproveitam-se disso, é as chamas mais que pressões políticas "pressões financeiras". Mas ainda assim e olha para o caso do LE não me parece que os cêntimos que a câmara lhe dá os enriqueça, além do mais há tanta coisa que um jornal pode fazer para angariar dinheiro vendendo o seu produto.

Bom chega, pois se não acabo por escrever um post enorme e não era esse o meu intuito

Anónimo disse...

O director do Linhas só tem é que ficar à frente do jornal e mais nada....
Primeiro porque é dele e segundo porque este regedor há-de passar e uns tempos depois de de deixar de o ser já ninguém lhe liga peva, mas o Linhas , melhor ou pior, estará aí para relatar as faltas de lealdade que irão ser cometidas para com o regedor precisamente por aqueles que hoje demonstram fidelidade canina só porque é da mão dele que comem...

Ze de Mello disse...

ERRATA:

onde se lê instituição publica
deve ler-se cargo público

Xanu disse...

Não é fácil arranjar novo director de um dia para o outro e enquanto não se resolve a situação JAA deve continuar nas suas funções...

Anónimo disse...

É evidente que J.A.A. não se demitiu nem demite de Director do Linhas de Elvas. A sua atitude apenas se prende com muma denucia clara de que o NOVO PODER quer dominar a comunicação social, escrita e falada. Já esqueceram a grande noite fascista. Já não falam de censura ???
Onde está a democracia???
Responda quem quiser.

anti-ditadores disse...

concordo com a opinião do Anonymous que escreveu a 25 de agosto. os presidentes vem e vão, mas um jornal com 50 anos, fica concerteza.
merece sim senhor uma medalha!

A Verdade contra o Mundo disse...

Independentemente do muito que se possa dizer o Linhas de Elvas, a´verdade e quer queiram quer nao, é que o Jornal merece uma qualquer distinçao. Trata-se de um pequeno jornal regional que ao longo de muitos anos já, procurou dar conta de noticias da cidade mesmo as mais ingénuas como as que se referem a aniversários, os que se formam na capital etc e tal.
Nao desejando ir mais além, quer parecer-me, no entanto, que alguns desejam ou o aniquilar o "pasquim" como maldosamente dizem ou, pior um pouco, silenciá-lo. Isto da politica tem facetas muito baixas e o que se está pasando em Elvas (e noutros locais do país) é o paradigma da incongruencia de alguns servidores publicos que de servidores nada têm. Relativamente ao Regedor pois é por ele que toda esta movimentaçao ocorre, devo confessar que gradativamente fui acumulando um verdadeiro asco por tal personagem porque e politicamente falando, nao merece respeito algum. Quanto aos apoiantes é claro que existem os comunistas sem vintém (será mesmo?) e outros tantos idiotas que conhecendo a índole do povo com que lidam, sabem e bem, fazer as coisas para perpetuarem o seu poder catando votos com papas e bolos, com espetáculos de duvidosa qualidade e outras coisas mais.
Termino, portanto, defendendo aquilo que em Elvas é, com defeitos e virtudes, uma instituiçao citadina a merecer a medalha qua alguns bloguistas referem. Estou de acordo, naturalmente que sim

A Verdade contra o Mundo disse...

Independentemente do muito que se possa dizer o Linhas de Elvas, a´verdade e quer queiram quer nao, é que o Jornal merece uma qualquer distinçao. Trata-se de um pequeno jornal regional que ao longo de muitos anos já, procurou dar conta de noticias da cidade mesmo as mais ingénuas como as que se referem a aniversários, os que se formam na capital etc e tal.
Nao desejando ir mais além, quer parecer-me, no entanto, que alguns desejam ou o aniquilar o "pasquim" como maldosamente dizem ou, pior um pouco, silenciá-lo. Isto da politica tem facetas muito baixas e o que se está pasando em Elvas (e noutros locais do país) é o paradigma da incongruencia de alguns servidores publicos que de servidores nada têm. Relativamente ao Regedor pois é por ele que toda esta movimentaçao ocorre, devo confessar que gradativamente fui acumulando um verdadeiro asco por tal personagem porque e politicamente falando, nao merece respeito algum. Quanto aos apoiantes é claro que existem os comunistas sem vintém (será mesmo?) e outros tantos idiotas que conhecendo a índole do povo com que lidam, sabem e bem, fazer as coisas para perpetuarem o seu poder catando votos com papas e bolos, com espetáculos de duvidosa qualidade e outras coisas mais.
Termino, portanto, defendendo aquilo que em Elvas é, com defeitos e virtudes, uma instituiçao citadina a merecer a medalha qua alguns bloguistas referem. Estou de acordo, naturalmente que sim

Search