edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 24.8.06
Etiquetas:


Após o anúncio de que haveria várias empresas nacionais e estrangeiras interessadas na exploração da Central de Camionagem e após duas aberturas do Concurso Público esta estrutura paga pelo Governo da Nação continua sobre administração directa do Palácio do Regedor!
Também a concessão do Cemitério e construção do Crematório foi reaberto concurso público dado no primeiro não se ter adjudicado o serviço!
Também o Coliseu vai ser alvo de Concurso Público para exploração e também para este o Regedor já anunciou haver diversos interessados na sua exploração. Espera este Velho Conselheiro, para o bem da gestão pública, que não aconteça o mesmo que aos anteriores anúncios e concursos!

11 comentários:

Anónimo disse...

Só se pintarem o elefabte branco de outra cor.....

Anónimo disse...

a qualidade deste espaço parece ser a necessária e suficiente para interessar os concessionários deste País. A estes cabe dar resposta. O futuro dirá. não sejamos, no entanto, velhos do Restelo.

Anónimo disse...

OS CONCESSIONARIOS DESTE PAÍS, COMO DE QUALQUER PAÍS, QUEREM RENTABILIDADE E ESSA EM ELVAS, HABITUADA A ESPECTÁCULOS DE BORLA, SÓ SE A CONCESSÃO FOR DE BORLA OU GRATIS COMO DIZ O ANUNCIO.MAS NÃO QUERO SER VELHO DO RESTELO E VAMOS DAR O "BENEFICIO DA DUVIDA" O TEMPO NOS DIRÁ.

Anónimo disse...

ggg

A Verdade contra o Mundo disse...

Velhos do Restelo!!!! Há quanto tempo se ouve ou vê escrita esta designaçao popular? Há muito e há tanto que perdeu por completo o sentido e só serve para casos muito específicos. Nos tempos que correm (e nos anteriores mais ou menos recentes) foi frase muito utilizada quase sinônimo de “ por favor dêem o benefício da dúvida” ... Dar o benefício da dúvida? Meu Deus já é tempo mais que suficiente não para dar o beneficio da dúvida, mas sim dar uma boa cacetada nessa choldra (ah o nosso querido Eça, como parecem actuais suas palavras sobre a sociedade lusa...). É que convém não esquecer que a Sociedade não é a VITIMA de coisa nenhuma mas sim a AUTORA dos males que a afligem e isso por incúria de uns, cobardia de outros, ignorância da maioria e, esquecia já, aproveitamento de uns tantos figurões e figuronas que preferindo as águas turvas sempre vão pescando algum peixe distraído.
E tudo isto por causa do beneficio da dúvida que um nosso concidadão anônimo nos aconselha a adoptar. Que resposta lhe poderei dar? Que sim senhor, que claro é isso mesmo....!!!! Acho que não que o beneficio da dúvida não é para aqui chamado. Estamos perante uma obra que tenta inserir-se num grande conjunto de outras configurando uma gestão camarária perfeita mas que no final de tudo (e isso já foi muito referido nestes blogs), pouco ou nada vai servir à cidade de Elvas cuja sobrevivência dependerá de muitas outras e variadas coisas que não aquelas que sua eminência parda e acólitos tem feito. Uma coisa é trabalhar para um pobre ignorante que nem da sua situação tem consciência e outra é lidar gente que do mundo e das coisas tem outra visão e por conseqüência apreciação. Já disse e repito que tomo as refeiçoes em prato de loiça pelo que o prato de barro (se bem que útil na sua simplicidade) já não me serve assim tão bem, porque a minha fome deixou de ser primária. Nesse contexto, o Sr Regedor não me serve para nada a não ser para dar umas risadas perante as suas tolices, as suas falácias enfim, perante a sua completa e total veia popularucha coisa que nada estranho pois o sujeito, simplesmente, tem cara de Povo.
E para terminar cito Antonio Gedeao no Poema GALILEU (que todos deviam ler e meditar a começar pelos Srs EDIS:

Tu sabias Galileu Galileu.
Por isso eram teus olhos misericordiosos,
Por isso estava o teu coração cheio de piedade,
Piedade pelos homens que não necessitam sofrer, homens ditosos
A quem Deus dispensou buscar a Verdade.
Por isso, estoicamente, mansamente,
resististe a todas as torturas
a todas as angustias a todos os contratempos
enquanto eles, do alto inacessível das suas alturas,
foram caindo,
caindo
caindo sempre,
e sempre,
ininterruptamente
na razão direta dos quadrados do tempo.

Anónimo disse...

O Sr(a) da VERDADE CONTRA O MUNDO contesta o " beneficio da duvida" que eu disse devermos dar para aparecerem interessados na concessão de exploração do coliseu.
E para que fique claro,quanto á obra em si, acho que foi um desperdicio de dinheiro, AINDA POR CIMA NOSSO!Não vai trazer nenhum desenvolvimento, será mais um elefante branco simbolo da Rondónia.
Disse também que só sendo de borla, pelo que se acontecer devemos estar atentos.
A duvida é a incerteza quanto ao desfecho final, o futuro.Mas tenho que lhe dar alguma razão,porque,quem nunca teve dúvidas e raramente se enganava! É hoje, Presidente desta nossa republica das bananas!!!!!

A Verdade contra o Mundo disse...

Obrigado pela resposta. EStou de acordo consigo mas de facto já nao estamos em tempo ou a tempo de dar benefício das dúvidas a quem quer que seja. Isto da politica nao pode ser levado como o futebol onde a equipa do nosso coraçao nao o deixa de ser só porque eventualmente perdeu. Politica (e nao me estou a dirigir ao meu amigo em especial) é bem mais do que isso e só quando as pessoas passarem a avaliar racionalmente as coisas tudo entao mudará. Sou, de facto, radical porque já me apercebi que enquando os engravatados (eu tb sou)discutem os magnos problemas da saúde, desemprego etc e tal, uns morrem, outros perdem emprego e mesmo a dignidade da vida. Em Portugal há muito que se vive nestes termos mas é a propria sociedade a culpada pois os seuws valores, nao sendo nenhuns, vao-se pautando pela facilidade, isto é, a sociedade EXIGE obter aquilo que em outras latitudes se consegue com trabalho,esforço e dedicaçao.
Alcançara a fama, o topo e isso com o menos esforço possível, é o que pauta a conduta da juventude coisa que generoicamente é acolitada pelos pais.
Como vamos inverter as coisas e pelo menos dar cultura a essa gente nova continuamente enganada com pseudo cursos universitários num verdadeiro achincalhamento daquilo que deve ser, ou é, uma universidade? A quem serve tudo isso? A uns professorecos de pouca valia ou experiência que asi ganham uns cobres e prestígio !!??? à estatística social justificativa do grau elevado de ensino existente no país? Já chega, hoje acordei ao contrário e demasiado triste com o meu País que de longe vejo afundar-se, afundar-se.... Se soubessem o que dele se diz e fala...
Um abraço a todos

Anónimo disse...

Bom, sem apologias estéreis, vamos tentar perceber porque ainda não foram dadas as concessões.
Porque será?
É assim tão difícil de inteligir?
Não conseguem vislumbrar, por exemplo, "o comunista que não vale um vintém" como tem dirimido os "concursos públicos"?
É preciso adiantar mais?

Anónimo disse...

O mal é sermos governados por funcionários publicos,como os rondões e os vintens que não estão interessados em desenvolvimento, se as filhas, já têm um tacho e o povo não é muito exigente, mudar as coisas só poderia por em risco a manutenção no poder.
Este é o cabeçalho do editorial do boletim municipal.
"Em Elvas,não só não temos tido empresas a encerrar,como apresentamos empresas que dicidiram instalar-se entre nós.no atual pannorama economico da maior parte dos autarcas portugueses,tenho aqui mais um motivo para achar que estamos bem melhor do que muitos"
Não se ve na imprensa niguém a contestar estas "bacoradas" que este sr diz.
vamos dar Ex do que fechou
1-EDP Deslocalizada para Portalegre (12 a 15 empregos menos)
2-PT deslocada para Portalegre 7 a 10 empregos menos
3-MATERNIDADE- 10 empregos menos
4-quarteis incalculavel mas prevejo pelo menos 150 a 200 militares-
E SÓ PARA SE TER UMA IDEA DO QUE SE PERDEU DE EMPREGO INDIRETO TODOS OS MESES O BAR DO QUARTEL CONSUMIA MAIS DE MIL GRADES DE REFRIGERANTES E CERVEJA.
Calcule outros consumos como produtos horticulas,produtos de higiene e limpeza etc.
Em qualquer País civilizado o homenzito era despedido conpulsivamente do cargo que ocupa ,aproveitem e dêm uma leitura completa ao editorial è de gargalhada ou para chorar!

anti-ditadores disse...

ai está um bom nome para o cliseu rondónico: coliseu cidade de elvas. porque não?

Anónimo disse...

bome digno nome coliseu cidade de ELVAS . Este sim um verdadeiro nome á antiga praça de toiros de elvas .porque já será um pouco aberrante de tanto j. r. almeida .
embora nunca se tira o mérito ao homem que a mandou reconstruir com o dinheirinho de todos nós cidadãos desta linda e grande cidade ELVAS sempre em primeiro a nossa bela fortaleza. um abraço .
há não se esquecam cde divulgarem ( COLISEU CIDADE DE ELVAS )

Search