edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 3.5.10
Etiquetas:


Badajoz, Patrimonio de la Humanidad. El título suena bien, pero conseguir este reconocimiento no es fácil. La semana pasada, el Ayuntamiento anunció que se unirá a Elvas y otras localidades de la frontera para presentar su candidatura ante la UNESCO como red de ciudades abaluartadas de la raya. Cuando surgió la noticia, muchos pacenses reaccionaron con optimismo, mientras que otros consideran descabellado optar a este importante título. Pero, ¿la capital pacense tiene posibilidades?


notícia completa aqui, publicada a 1 de Maio no Hoy.

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE
Share/Bookmark

8 comentários:

Elvas e o Futuro disse...

A propósito de "Elvas-UNESCO-Turistas-Em Calções", a Feira do Património constituiu a materialização anedótica deste delírio.

No sábado à tarde os 2 pavilhões estavam "às moscas" e havia meia dúzia de carros da organização. O "staff" político, numa aparente manifestação de indisciplina não apareceu, apenas a Vereadora da especialidade aí permaneceu.

Pelo contrário o Clube de Tiro e Caça de Elvas, o popular "tiro aos pombos" trouxe a Elvas uns milhares de turistas. Quem passava como eu, na estrada para Campo Maior pôde constatar esta triste realidade.
Como dizem os espanhóis, "las comparaciones son odiosas"...

Os "carolas" do "tiro" com o seu parco subsídio municipal, mostraram como a "Sociedade Civil" pode fazer aquilo que os que têm milionários ordenados camarários são incapazes de fazer.

O Senhor Presidente da Câmara aliás, reconheceu esta realidade quando do centésimo aniversário do "tiro", ao reconhecer que esta é a única instituição capaz de trazer turistas e fazê-los permanecer em Elvas, com o inerente benefício da hotelaria e comércio elvenses.

O Senhor Presidente, quando da próxima "Feira do Património" deve preparar melhor a sua agenda de eventos por forma a evitar comparações com o "tiro"...

Isabel I disse...

Um abraço ao Manuel Sobreiro e "ao João Alves e Almeida pelo seu trabalho sempre tão isento na busca e divulgação incessantes da Verdade." Provou-se finalmente que:
"1- Elvas não tem as sinergias do grupo e a penúria do seu dossier nunca permitirá a classificação.
2- Elvas integra uma candidatura em grupo que simplesmente não existe."
Sr. Elvas do Passado, só o sr. mesmo para comparar o Património ao tiro aos pombos!!! Se eu podia viver sem vir aqui ler o que escreve? Podia, mas não era a mesma coisa!

democracia século 21 disse...

Deves ter ido á Feira na hora do almoço, porque quando eu lá fui estava cheia de pessoas e com muitos espanhóis.

Elvas e o Futuro disse...

"Fue en mayo de 2009(Elvas) cuando entró en la lista indicativa de la esta entidad."
DIZ O HOY DE BADAJOZ ANO DE ??2009??

"1º - As fortificações de Elvas fazem parte da lista indicativa da Unesco desde ??2004??..."
ESCREVEU A MENINA ISABEL-I-DO-PATRIMÓNIO AQUI NO ZÉ DE MELLO.

AFINAL É 2004 OU 2009?





"7º - Centro histórico? antenas? o que se candidata à Unesco são as Fortificações de Elvas."
ESCCREVEU A MENINA ISABEL-I-DO-PATRIMÓNIO AQUI NO ZÉ DE MELLO.

CLARO QUE A CULPA DO CHUMBO NUNCA VAI SER DA DEFICIENTE INSTRUÇÃO DO DOSSIER.
COMO NÃO PODEM CULPAR O MINISTRO, CULPAM AS ANTENAS...
NÃO SE ESPERAVA OUTRA COISA!!!

POR QUE NÃO FAZEM UM "FAC-SIMILE" DO DOSSIER DE CANDIDATURA E CORRESPONDÊNCIA TROCADA PARA CONSULTA PÚBLICA?
ASSIM NÃO HAVERIA DESCONFIANÇAS MAS TRANSPARÊNCIA!

Justiceiro Implacável disse...

Vai-te catar Portinholas.
Na Câmara têm mais que fazer do que aturar a tua portinholice manhosa e do teu amigalhaço Zé de Mello.

Manuel Sobreiro disse...

Muito Obrigado por ainda se lembrar de mim, um grande beijo!

yani disse...

Pobre cidade que nao merecia tamanhos idiotas (eles e elas naturalmente)...

Isabel I disse...

Idiota é a tua tia, pá!

Search