edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 26.3.10
Etiquetas: , ,


Neste Dia Nacional dos Centros Históricos abre finalmente, e para gáudio deste Velho Conselheiro a denominada Torre Fernandina.


As celebrações deste dia começam às 9H30 na Praça da República com ateliers de expressão plástica e lúdica, um jogo gigante de perguntas e respostas e jogos tradicionais, destinado à população estudantil do Concelho.

A inauguração do espaço da Torre Fernandina, será às 18H00, e onde ficará instalado uma exposição temática sobre as Fortificações de Elvas. Recordemos ainda que no Conclave de Barbacena'09 foi aprovado pelo Palácio a instalação na Torre do Centro de Estudos Transfronteiriços.

Agradece-se ao Palácio do Regedor a abertura deste espaço, que desde este blogue reivindicamos desde 2005. Mas como é habitual, há sempre mais a fazer... para quando voltamos a ter a torre iluminada?

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE

Share/Bookmark

9 comentários:

Elvas e o Futuro disse...

Menina Isabel-I-do-Património:

ONTEM A PROPÓSITO DO MEU COMENTÁRIO ESCREVEU "Santa ignorância" POR TER ESCRITO VERDADES QUE MANTENHO:

1 - Prove com documentos, que A candidatura de Elvas progrediu fosse o que fosse, desde a sua inclusão na Lista Indicativa da UNESCO em 2004;

2 - Prove que que cada Pais tem direito a mais de um bem classificado por cada "lote" classificado de um conjunto de países - "cada Estado-parte apenas pode apresentar uma candidatura de cada vez; excepcionalmente, poderá apresentar duas candidaturas, se uma delas for relativa a um bem natural."

3 - Prove que Elvas não concorre com:
A-Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (2004)

B-Serra da Arrábida (2004)

C-Baixa Pombalina de Lisboa

D-Cerca dos Carmelitas Descalços no Buçaco

E-Palácio, Convento e Tapada de Mafra (2004)

F-Universidade de Coimbra (2004)

G-Icnitos de Dinossáurios da Península Ibérica (2008)


4 - Explique que SÓ UM(1) destes bens pode ser incluído na próxima classificação;

5 - Prove que a candidatura de Elvas é melhor que as anteriores;

6 - Explique quando vai ser a próxima classificação como Património da UNESCO(NÃO SABE PORQUE NÃO HÁ DATA)!

7 - Explique que se Elvas não for classificada vai ser excluída da Lista Indicativa da UNESCO e terá que começar tudo outra vez.

Vai ter que explicar tudo muito bem, ou como resposta à minha "Santa ignorância" vou ter que lhe responder com "INFAME FALSIDADE"!

Elvas e o Futuro disse...

E a propósito de iluminação da Torre Fernandina não é um disparate a plantação de candeeiros no Aqueduto em especial na parte norte?

1 - Os candeeiros servem para que o Aqueduto da Amoreira se veja de noite;

2 - Se os candeeiros servem para que o aqueduto se veja de noite, por que razão hão-de interceptar as vistas durante o dia?

3 - Por que não se escolheu a iluminar o Aqueduto com holofotes junto ao solo? (solução adoptada nas muralhas)

Santa Ignorância Municipal...

Assim vai a Candidatura da Menina Isabel I do Património à UNESCO!

Justiceiro Implacável disse...

Está mesmo á vista que o "Elvas e o Futuro" não quer Elvas Património Mundial.
Deves ser de Portalegre ou então és um elvense de gema... podre!

Isabel I disse...

Não tenho que lhe provar nada. Informe-se.

portasdarraveça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Justiceiro Implacável disse...

Lá que tu és bêbado já vimos!

portasdolivenza disse...

Caro Zedemelo,hoje postei no PORTASDOLIVENZA --"NINHO DE EMPRESAS DE ELVAS,quem ficou a perder?".
Agradeço os comentários de todos acerca deste tema,porque tem a ver com o desenvolvimento de Elvas

Justiceiro Implacável disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
portasdolivenza disse...

Para o JUSTICEIRO das 15.05,não sei a qual dos justiceiros mas pela forma de escrever,é o menos culto.

O que o ofendeu tanto com o comentario acerca do NINHO DE EMPRESAS?HÁ ALGUMA INVERDADE?

COMO CERTAMENTE TENHO IDADE PARA SER SEU PAI,É BOM CONFERIR COM QUEM ESTA A TRATAR.(??????)

No blogue PORTASDOLIVENZA,tratamos assuntos serios acerca de Elvas,louvamos o que esta bem feito,e criticamos o que nos parece declaradamente mal feito .

Search