edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 18.1.10
Etiquetas: ,

Num ataque de autoridade, sem qualquer estudo prévio, ou infra-estruturas para a sua peatonização (recordemos que foi infra-estruturizada para trânsito de viaturas), o Regedor levado pela febre da campanha eleitoral num gesto prepotente de "o povo quer eu faço" fecha a Rua de Évora ao trânsito automovel, declarando-a pedonal, no meio da inauguração do re-re-remodelado Largo da Misericórdia.


Se no caso do Largo desde este espaço exigiamos a dignificação daquela artéria já em 12 de Setembro'08, no caso da Rua de Évora foi uma surpresa até para os membros do executivo!

Mas mais surpreendente é que passadas as eleições, o Natal e o começo deste ano, volta aquela artéria a ter circulação automovel! Porquê?! Mas não foram os vizinhos daquela rua que o solicitaram? Mas não é necessário um canal para peões entre o Viaduto e as principais ruas do centro comercial do burgo?

Confesso que há medidas que este Velho Conselheiro não percebe e que o deixam confuso. Afinal há ou não estratégia para o Centro Histórico de Elvas?

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE

4 comentários:

Justiceiro Implacável disse...

A questão é muito simples:

- O comerciante é apoiante(rima e é verdade;

- O comerciante pediu rua pedonal imediatamente concedida;

- O comerciante percebeu que perdeu aquele cliente - "anda cá ó carro e toma esta merda pa mudar a pilha";

- O comerciante pediu rua aberta ao tráfego automóvel para servir pilha dentro do carro, tipo Mc Donald's para servir hamburger;

- e "mai" nada!

Comerciante é apoiante, comerciante é contemplado.

O gajo que tem que carregar com o piano às costas para chegar a casa é que se lixa!!!

mota_34 disse...

boas colega, visito o teu blog regularmente, e como tal, aqui te deixo um pedido de divulgação

podes copiar o post do meu blog e colar no teu.

um concurso de bandas de garagem que se vai realizar em Vila de Cano
o meu blog é canoonline.blogs.sapo.pt

e o post a copiar é :

http://canoonline.blogs.sapo.pt/89285.html

um abraço e parabéns pelo blog, está espectacular, um abraço, depois deixa um feedback no post se postaste o artigo.

joão mota

Manuel Sobreiro disse...

Dezenas de moradores e comerciantes solicitaram que a Rua de Évora fosse vedada ao trânsito.

O Senhor Regedor concedeu.

Alguns dias mais tarde as mesmas dezenas de moradores e comerciantes solicitaram que na Rua de Évora fosse permitido o trânsito.

O Senhor Regedor concedeu.

Isto é verdadeira Cultura Democrática que os inimigos de Elvas têm dificuldade em compreender.

O Senhor Regedor decide bem e depressa, tão depressa que eu não tenho tempo de actualizar a página.

TODOS SOMOS ELVAS!

cantosdacarreira disse...

é para os peões e para os carros de burros,estão a rebentar com esta m.....toda,o presidente está alcoolizado ,agora o que quer é enfrascarse,dantes era ás 6ªfeiras lá com o pessoal do 1º grupo a que depois se juntou o lobbi da boa-fé,metia discotecas,bares,etc.,agora é grandes jantaradas e caixas de águas das pedras para desmoer,está de saída e está-se a borrifar para o povo,quem vier atraz que feche a porta.

Search