edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 15.1.10

13 comentários:

Justiceiro Implacável disse...

As intervenções promovidas por Rondão Almeida no Largo da Misericórdia foram desastrosas.

- Suprimiu espaço vital de estacionamento para residentes e
profissionais que vão ao Centro trabalhar;

- Fez uma Fonte de que Elvas se envergonhou;

- Trocou a Fonte de que Elvas se envergonhou para envergonhar o Rei D. Manuel com a estátua de um anão.

Perfeito exemplo da "Arquitectura Pimba" que infectou Elvas nos últimos 16 anos e cujo expoente máximo foi o escandaloso revestimento das paredes da Câmara com granito "Salazarento".

Porra, chega de asneiras, querem ou não querem UNESCO?

Justiceiro Implacável disse...

"vai passar a ter apenas trânsito de “peões”, em resposta a um pedido feito por dezenas de moradores e comerciantes desta zona da Cidade."

Diz a página da Câmara Municipal de Elvas.

"Dezenas" supõe pelo menos 20 pessoas, numa rua já desertificada à força. Parece-me impossível 20 pessoas.

Haverá um pedido com 20 assinaturas?

Ou um "pedido", se calhar oral daquele comerciante cujo filho foi ilibado em Tribunal quando do Processo "O Elvas CAD"?

cantosdacarreira disse...

justiceiro, já estou a gostar destas verdades colocadas como manda a sapatilha,aqueles post´s na semana passada ultrapassaram um pouco o razoavel,vamos continuar a postar,a bem de elvas.

André Miguel disse...

Não basta a estátua ser de um mau gosto gritante, ainda dão uma fantástica demonstração de conhecimentos de história. Só visto...

issope disse...

A pedonalização da Rua de Évora tem um efeito absolutamente neutro quer em termos de estacionamento(porque impediria o trânsito), quer em termos de atractividade àquela rua.

O que me entristece é ver o Comércio Tradicional continuar a alimentar a ilusão de um Centro pedonal e cheio de turistas.
Elvas com ou sem Património Mundial nunca será Sintra

Ir ao Centro tem sido cada vez mais difícultado e esse é o "busilis".

Os comerciantes sabem que são medidas avulsas, que nem sequer são um "balão de oxigénio" até à reforma por por velhice.

A Rua de Alcamim, a única com alguma justificação para pedonalização, teve como resistente aquele Grande Senhor Doutor que de vez em quando escreve para o "Linhas", que a par da Família por cima lavandaria e da loja de animais, para pôr o carro na garagem precisam desaparafusar o "pino".

Na Rua de Évora já não vive ninguém, já ninguém precisa de parar à porta de casa para deixar a garrafa de gás ou as malas de viagem.
Mais um preguinho no caixão do Centro.

O Centro está em estado crítico, à espera da morte.

Quem o colocou naquela situação?

. disse...

Mas a minha alma está parva a ver o Justiceiro a atacar o padrinho.Deve ter bebido uns bons JBs para estar a trocar tudo, que não tem feito outra coisa senão defender o Regedor, ou zangaram-se as comadres?

Justiceiro Implacável disse...

Só um burro é que não percebe que os "Justiceiro Implacável" dos comentários anteriores é o Tiaguento Nogento que me copiou o nick.

O fulano pensa que me irrita, mas só serve para fazer figura de parvo!

Faz os comentários e responde a ele mesmo. Tudo normal na blogosfera de Elvas com este atrasadóide a fazer as figuras tristes do costume. Hábitos...

Escreve pouco e mal no blogue dele, para ter tempo de andar aqui a copiar a identidade dos outros.
A este tipo de comportamento chama-se paranóia. Não tem cura.

omaiscomumdosmortais. disse...

No meu blog pode ser lido a frase pronunciada por Rondão nas comemorações do 14 de Janeiro. A verdade que Rondão levou mais de dessasseis anos a admitir.

Toca a Todos disse...

Mas quem é que quer saber do blogue, ó "comum dos mortais2, quando tem os meus comentários bárbaros para ler!?!
Andas aqui só a fazer figura de parvo a ver se alguém lê as tuas merdas!

O que eu vim aqui foi dizer que no dia 14 de Janeiro á noite no cinte teatro a dotora Elsa fez um descurso a dezer bem dos militares que se tão borrifando pra Elvas e nunca cá deviam ter metido as patas. Mais valia tar calada.

Já sabem que eu não gosto dela porque uma vez a dita pessoa fui-lhe pedir o rendimento minimo e ela mandou-me trabalhar como se eu tivesse tempo para andar a perder com a porcaria do trabalho.
Se gosta tanto de trabalho pode trabalhar por mim e por ela! Não querias mai nada!

É uma socialista graxista.
Mas o Mocinha ainda é um pecadinho pior porque é mais incompetente e vira casacas que se passou do PSD para o Ps só a ver do taxo.

Toca a Todos disse...

O anormal do Afonso da Maia não publica os meus comentários, é só pra deixar aqui o aviso que o gajo faz filtragem aos comentários da verdade cá do Toca a Todos. Não presta.

Afonso da Maia disse...

Para sua informação, eu não publico lixo.

Comunista Atento disse...

O tema do "post" é o centro da cidade. Então não é que aquele senhor do "TAS CA", simpatizante do CDS, a mais reaccionária voz do Fascismo vem escrever um artigo com o nome "Revitalização do Centro Histórico"?

E confunde tudo. Associa a revitalização do Centro Histórico com visitas ao Comércio do Centro, falaciosamente confundidas com a revitalização do Centro.

A questão é muito simples. Quem tem que ir ao Banco Espírito Santo ou às Finanças(CASO DO TABERNEIRO) paga € 0,10 de Parque JARA.
Quem trabalha e (ainda) vive no Centro tem que deixar o carro nas muralhas porque simplesmente o parque fica longe ou tem que pagar € 70/mês.

Por que razão quem trabalha fora do Centro tem que pagar para deixar o carro na hora do almoço?

O Senhor taberneiro sabe que a revitalização do centro passa por ter habitantes no Centro e não por ter visitantes. Mas ainda confunde.

Também sabe que sem estacionamento gratuito não há condições de vida e não pode haver interesse por reabilitar. Mas insiste em confundir.
Elvas Cidade Viva é Elvas habitada.

Não sei o que vai ser a "reabilitação" do viaduto, mas com o ódio à gente pobre do Centro, admito que passe por roubar o estacionamento junto à Manutenção Militar, junto ao Hotel São João de Deus e Junto ao Jardim das Laranjeiras.

Estranha aliança esta entre os companheiros Socialistas e um simpatizante da extrema direita!

cantosdacarreira disse...

para o comunista atento,o centro da cidade começou a ficar deserto e a cidade passou a ser uma cidade de ciganos depois do vosso camarada Anibal franco,fazer aquela jogada no bairro de s.pedro colocando ciganos a troco de votos,depois o camarada rondão que não é mais que um comunista disfarçado,foi obrigado a fazer um bairro para os ciganos nas pias,lembra? para satisfazer os sócios construtores a quem a presença dos ciganos prejudicava o negocio,é verdade ou não?lembra-se quantos ciganos havia em elvas antes de voces comunistas darem o bº de s.pedro aos ciganos?eu digo ;a familia do romão,mais 2 familias a do meco e mais uma velhota que conhecia de vista,lembra?veja do que foi responsável,mas vai a tempo,peça ao seu camarada rondão, e das 1100 casas devolutas encha o centro da cidade de ciganos dos que haja por esse pais fora e deem-lhe casa assim vão ter votos e piolhos porque isso tb se pega,ao fim ao cabo estão uns para os outros,ciganos,comunistas e socialistas é tudo a mesma raça,tenho dito.

Search