edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 23.7.09


O Observatório para o Desenvolvimento Económico e Social da Universidade da Beira Interior (UBI) realizou um estudo sobre a qualidade de vida nos 278 concelhos de Portugal continental. Neste estudo, coordenado pelo professor universitário José Pires Manso, o concelho de Lisboa surge no primeiro lugar da lista e o de Sabugal em último.

E Elvas? Pois bem, este estudo, o único científico que se realiza em Portugal, que tem por base várias variáveis, tais como Condições Materiais (Equipamentos de Comunicação, Equipamentos Culturais, Equipamentos de Saúde, Equipamentos Educativos e Infra-Estruturas Básicas), Condições Sociais (Dinâmica Cultural, Educação, População, Saúde, Segurança e Ambiente), e Condições Económicas (Dinamismo Económico, Mercado de Habitação, Mercado de Trabalho e Rendimento/Consumo), coloca o nosso Concelho no 89º lugar.

A edição de 2009 do índice foi feita com base no anuário de 2006 do Instituto Nacional de Estatística, “o mais recente disponível”.

Podem aceder a este estudo aqui e conferir a metodologia utilizada.

TODOS SOMOS ELVAS!!

5 comentários:

JB disse...

E que vergonha eu sentiria se fosse autarca de Elvas. Tanta arrogância nos discursos o egocentrismo das suas palavras caiem por terra com os números aqui apresentados.E de pouco serve que no tempo da outra sra. era pior é que já são muitos anos à frente da cidade e os resultados não se medem pelos nomes colocados nas obras feitas.

Anónimo disse...

Portalegre está em 66º lugar neste estudo...

Anónimo disse...

Como detesto os elvenses.

André Miguel disse...

Palavras para quê?!
Está tudo dito. Continuem a votar PS...

Anónimo disse...

Acerca deste ralatório, perdi alguns minutos a tentar perceber a metodologia utilizada para a elaboração dos mesmo, e as conclusões que retirei em Relação a Elvas e ao estudo Foram as Seguintes:

1- O factor 1 tem peso muito significativo das variáveis: Educação,População; Mercado de Trabalho e Rendimento/Consumo; Elvas Apresenta 124,6951 de pontução maior que por exemplo Campo Maior que fico a nossa frente.


2 - O factor 2 tem peso igualmente muito significativo das variáveis:
Equipamentos Culturais,Equipamentos de Saúde e Infra-Estruturas Básicas
Elvas tem uma valorização de 74,87088 contra 107,1323 de Campo Maior, aqui realço o seguinte se formos ver Elvas tem um Coliseu, tem Inumeros Museus, a nível de Infra Estruturas esta muito mas bem equipado que Campo Maior, mas este indicador mediu a utilização das infra estruturas, ou seja de que nos serve ter essas estruturas se não a utilizamos, falta de politica de educação cultural, de educação civica.

3- O factor 3 é sobretudo explicado pelas variáveis:
Ambiente, Dinamismo Económico e Mercado de Habitação
Elvas teve 34,18448 e Campo Maior 36,58429 este factor esta directamente ligado com os indicadores Mercado de
Habitação, Mercado de Trabalho e Rendimento/Consumo.
Ou seja Campo Maior tem um concelho sem desemprego com várias unidades fabris(fábrica dos pneus que Rondão não Consegui ou não teve vontade de a ter em elvas).

Assim depreende-se o seguinte deste Estudo Elvas: apresenta excelente condições para cá morar tem inumeros "infra-estruturas", mas falta: Emprego; Lares de Idosos e de Criança a níveis acessíveis, Falta Política de Educação; Politca de Apoio ao Pequenos Comerciantes já instalados; Politica de Fixação de Jovens; De Jovens que sairam de Elvas para estudar; Falta de Visão Estrategica e de Futurismos.

Atentamente
ramboelvas@gmail.com
Hugo

Search