edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 4.3.09
Etiquetas:


Se há um sector em que o governo socialista da autarquia elvense se tem esforçado é do apoio social. E há que reconhece-lo.


Depois de um vasto programa social posto já em práctica é agora difundida pelos medias locais, da intenção de lançar um programa de intervenção destinado a apoiar as famílias que, por situação de desemprego, recebendo estes um cheque-alimentos em troca de tarefas relacionadas com a conservação do património local. Enquanto aguarda autorização das autoridades pertinentes, o Regedor anunciou já que no biénio 2009/2010 esta medida pretende chegar a 400/500 familias elvenses, num investimento orçado de um milhão de euros.

Recordemos que entre as politicas sociais do Palácio do Regedor estão as seguintes:
  • Entrega de livros, mochilas e material escolar a alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico;
  • Férias Activas nos estabelecimentos escolares do 1.º Ciclo;
  • Campo de Férias em Sines;
  • Ocupação Municipal de Tempos Livres;
  • Ocupação Municipal Temporária de Jovens;
  • Câmara Mão Amiga;
  • Cartão da Idade de Ouro;
  • Cartão Jovem Municipal;
  • redução do Imposto Municipal sobre Imóveis (0,4%);
  • diminuição para metade da Derrama (0,75%);
  • isenção do pagamento da tarifa da água, no escalão até três metros cúbicos, aos utentes do Cartão da Idade de Ouro;
  • programa Usado Vira Novo.
Assim, mais uma vez, o Regedor aproxima-se dos problemas dos seus eleitores prestando-lhe um apoio que em alguns casos é primordial para a sua sobrevivência.

1 comentários:

entremares disse...

Está correcto.
Mas falta a divulgação... e neste caso, acho urgente movimentar ideias, opiniões e ... pessoas.

Search