edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 16.2.09
Etiquetas:

O S. Mateus em Elvas
é feira, é encontro, é tradição.
Não nos falhem as forças
e ali romaremos após o Verão.

Novas auroras irompem
numa Cidade reinventada
ancorada na ancestral
muralha abaluartada.

Todos te queremos o melhor,
Ó arraial outonal,
para na Cidade continuar
modernizar-te é primordial.

S. Mateus, nossa feira,
que urge actualizar,
muitos se estão calando
espero não te ver acabar.

Ó pombas do Santuário,
esvoaçando em seu redor,
trazei-me rapidas novas
recuperando seu esplendor.

3 comentários:

Alsul - Alentejo disse...

Muito boa...
Realmente a Romaria do S. Mateus necessita mesmo rapidas novas e com urgência.

democracia século 21 disse...

Quais novas?

Um conjunto de Mausoléus com nome de pavilhões para destruir o Parque da Piedade?

5000 m2 de Mausoléus?

Pedro Trindade Sena disse...

Um Parque de Feiras num outro qualquer local da cidade seria bem vindo! Mantinha-se o parque de maior tradição no concelho e ao mesmo tempo trazia-se ar fresco para o S. Mateus que bem precisa de tão repetitivo, obsoleto e aborrecido que está.

Search