edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 4.6.08

texto enviado pelo conselheiro Endovelico Broconcios

Por norma não gosto de usar estrangeirismos, mas neste caso concreto creio que é talvez seja o correcto.
Para os lados do Palácio do Regedor sempre soubemos que a Lei do Silêncio impera. Fazem-se negócios, compra-se tudo e tudo se vende. Como em qualquer negócio, o importante é saber qual será a nossa margem de lucro, livre de impostos é claro.
TV Cabo versus Cabo Visão, eis aqui uma decisão salomónica, para uns fica a cidade intra muros, para os outros o resto.
Gás Natural, é natural que mais dia, menos dia, iria chegar, mas ainda não sabemos quais os reais benefícios de tal menestrel para a população
Chegámos ao cemitério, que agora se chama complexo funerário e tem sinalética espalhada por todo o burgo, não vá alguém perder-se. Parece que afinal o cenário se está a revelar algo Funesto, talvez para as águas se acalmarem o melhor seja "comprarem" a concorrência, e assim já não existem vozes dissonantes, uma falha do Regedor que não soube aplicar aqui o decisão salomónica das TV's.
Bem por último vem a água, e agora é que tem sido meter água. Fazem-se obras, para posteriormente se entregarem a quem ganhou o tão célebre concurso, que casualmente, foram os mesmos que fizeram o caderno com as especificações técnicas do que tinha que ser levado a concurso.
Mas parece que dois técnicos do Júri se demitiram, e até eram funcionários do Palácio, mas não estavam capacitados para decidirem, pois em palavras do Regedor "o processo era muito complexo", nada melhor que apanhar num "boy" do sistema e colocá-lo a dirigir a situação, enfim, a Carapuça só serve...............

Com tantos contratos feitos, porque é que nunca o Palácio do Regedor os torna públicos.
Porque é que não fazem a mesma coisa que os senhores da Inspecção-Geral da Administração Local e divulgam no site oficial do Palácio ou inclusivamente no pasquim quinzenal, todos os contratos já celebrados com as "Televisões", com a "Água" etc. Ou por acaso têm medo que a população venha a saber que tipos de cozinhados são feitos no Palácio do Regedor.
Mas têm medo porquê, e do quê!
Sempre ouvi dizer, " Quem não deve, não teme".

1 comentários:

canal241 disse...

Não sebem vocês bem as comissões milionárias que o regedor recebe, ele é na compra de carros, que tem havido para todos os gostos, esses contratos que escorrem bem mais é que nunca ningém vai ver e se houver muitas ameaças ainda por ai chega um incendio ou um tsunami que apaga tudo... não se arranja uma fortuna daquelas mesmo sendo funcionario do estado...

Search