edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 6.12.06
Etiquetas:

Desde a passada semana, a Radio Elvas tem no seu sitio electrónico um espaço de crónica assinado pelo seu Director, António Góis.
Desde este canto da blogosfera saúda-se a chegada de mais uma opinião!
Pode vê-la aqui.

2 comentários:

Tiago Abreu disse...

Vão ver que vale a pena. Até fala no ataque ser a melhor defesa quando encurralado. Sábias palavras. Faz ainda aquilo que não é normal, ou seja "insinuar" algo sobre outros orgãos de informação, porque o primeiro parágrafo tem um alvo bem definido e nem sequer fica longe da Rádio Elvas. Ataca ainda de forma indirecta os blogues, espaços livres de opinião (compreendo que espaços destes façam confusão a alguns). em resumo ataca tudo e todos. Estará encurralado??

pafuncio disse...

Concordo com o sr Gois a rádio Elvas não emite opinião propria, tambêm não e por isso que é,ou deixa de ser isenta.
Vou dar um exemplo de como uma noticia ou relato pode ser isento mas parcial golo da Espanha contra Portugal é gool, gool,se for golo de Portugal será gooooooool goooooooooolll.Os dois relataram golo só que um,foi mais realçado que outro, foi isento só que...parcial e com eco.
Tambêm lhe dou razão quando diz que outros orgãos de informação que se dizem isentos na realidade dão a informação que lhes convem de maneira a fazer valer os interesses,tambêm é verdade que uma mentira muitas vezes dita se pode tornar verdade, mas quem acredita nisso é o proprio mentiroso.
Na minha opinião se como gestor as medidas que tomou, eram necessárias para equelibrar a empreza excelente, no entanto,tem que concordar que é coincidencia que o Sr MC dê uma reprimenda á jornalista despedida, não sabemos se o fez como sócio,gestor ou como funciomnário do poder e concordadrá comigo para ser isento talvez fosse melhor desfazer-se do sócio, de contrário ninguem pode acreditar nas suas boas intenções.
Sou ouvinte da Radio Elvas e concordo que me parece ser "mais" isenta do que outros orgãos de informação mais calculistas.
Elvas precisa da rádio e sei que depois da tempestade vem a bonança melhores dias(pior não é possivel) para a economia hão-de vir e tudo
se resolverá Viva a Rádio Elvas.

Search