edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 2.11.06
Etiquetas: ,

Joana Vasconcelos

obra: A Noiva, 2001 aço inox e tampões OB, 470 x 220 x 220 cm
autor: Joana Vasconcelos nasce a 8 de Novembro 1971 em Paris. Vive e trabalha em Lisboa

13 comentários:

André Silva disse...

Caro Zé de Mello,

Apesar deste não ser o meio mais correcto para o informar, venho por esta via deixar o endereço do meu blog para que possa juntar aos seus favoritos: http://alojadomestre.blogspot.com/

Cumprimentos!
André Silva

Xanu disse...

E dá luz??

Tiago Abreu disse...

Xanu....dar (à) luz em Elvas so mesmo nesse lindo "pendricalho"...eheh

Anti-Reaccao disse...

Este pendricalho como lhe chama este ignorante só foi prémio na bienal de Veneza.

Tiago Abreu disse...

Ó anti-reaccao dê mas é a cara e deixe-se de anonimatos cobardes...anda aqui a chamar ignorante com esse seu nick ridículo, ponha mas é o seu nome para que todos possamos saber o iluminado que tão bem escreve neste blogue....o trocadilho já que não percebeu eu explico-lhe como se vosse fosse muito muito burro...tinha a ver com a maternidade....quanto à arte desculpe mas de facto quem sou eu para discuti-la....posso gostar ou não gostar mas de arte de facto não percebo nada e não vou escrever sobre o tal prémio na tal bienal.....Gostaria muito de saber que é V. exª quiça o mais erudito dos Elvenses mas também provavelmente o mais cobarde porque chama tudo a todos sempre encoberto....assim é fácil...olhe quer um conselho...saia do armário, eheh

pafuncio disse...

Agora fiquei a saber que o anti reacção é loiro(a) muito loiro(a)que me desculpem os verdadeiros loiros.

Anti-Reaccao disse...

Ui!
Os reaccionários estão em brasa em Elvas!
Que iluminados são eles, é que nem perceberam que eu só me referi ao indelicado adjectivo de pendricalho a uma fantástica obra de arte... quero lá eu saber da maternidade! Mas enfim.. é natural que a extrema direita seja assim, afinal são eles os responsáveis por 40 anos de escuridão cultural...

Tiago Abreu disse...

cara AMIGA anti-reaccao....admito que V. Exª aprecie um lustro feito de pensos higiénicos, admito e a arte tem disso mesmo, cada um gosta daquilo que gosta sem ter que explicar nada a ninguém...gosta-se e pronto. Por isso respeito a sua opinião e a do juri da bienal de Veneza (que tem por habito não meter água...é um trocadilho tá a ver agua, veneza...veja se percebe senão explico-lhe...). Mas por outro lado não a entendo..então eu que a tenho como o GRILO falante do regime...agora ouço-a dizer que não quer saber da maternidade? Isso já eu sabia, embora nunca o tivesse de facto lido ou ouvido. É oficial O REGEDOR E SEUS APANIGUADOS "QUEREM LÁ SABER DA MATERNIDADE"....sim senhor. Viva Elvas (Outro trocadilho que não vai perceber....)..Viva Elvas tá a ver?? lembre-se pode ser que amanhã por este hora já tenha desfeito a charada. Fique bem

Anti-Reaccao disse...

Este rapaz é mesmo cromo, não posso chegar a outra conclusão. Agora pensa que sou a Elsa Grilo. Primeiro que tudo o candeeiro é feito de tampões e não de pensos higiénicos, é que há uma certa diferença sabe?
Segundo, sou um homem. Terceiro, nem partido tenho, ou julga que só os compadres da rondónia é que vêm que você é de extrema-direita e não faz falta a Elvas?

Tiago Abreu disse...

Para homem não está mal não senhor!! Se a discussão está à volta de ser o candeeiro feito de tampões ou de pensos higiénicos digo-lhe com toda a franqueza....tanto me faz, lol. De facto a minha AMIGA dá-me vontade de rir. Como pode dizer que é um homem?? homem que é homem dá a cara e dá o nome. De homem não tem você mesmo nada. Acha que é de homem vir para aqui escondido que nem um rato atacar tudo e todos? Eu pelo menos quando o faço sabem de onde vem o "tiro" e sujeito-me à critica e às consequências, a minha AMIGA não...já lhe disse uma vez e volto a dizer-lhe...SAIA DO ARMÁRIO seria um ser humano muito mais feliz. Por último..nunca disse que a minha AMIGA era a Elsa Grilo...Respeito a vereadora e sei que a linguagem dela não é a que a minha AMIGA usa. E quando lhe chamo AMIGA não estou propriamente a dizer que é uma mulher. É mais um trocadilho que não atingiu (tá a ver...amiga, armário.....pense bem e pode ser que antes do natal descubra o que lhe quero dizer)...Fique bem

Marco Sequeira disse...

Visito este Blog com alguma frequência, mas não tenho por hábito fazer comentários porque penso que tal acto deverá ser utilizado (entre outras coisas) para enriquecer o seu conteúdo e não para desenvolver enredos e novelas como às vezes assistimos.
Contudo, é minha convicção e é da minha formação que quem comente, seja aquilo que for, o deva fazer "cara a cara", ou neste caso, o deva fazer com o seu NOME. Apenas assim poderemos ser chamados de Homens e Mulheres (com letra maiúscula).
No entanto, compreendo a situação de alguns, como é o caso do "Zé de Mello".

Fernanda Valente disse...

Parabéns pelo evento. Irei visitar em breve.
Penso que o MACE ainda não tem website, fico a aguardar para fazer o devido destaque.

eurico sampaio disse...

Parabéns, pelo museu pela ideias de ser de artistas portugueses e de nãõ se situar nos habituais centros cosmoplitas.Ser artista é todo aquele que cria ...com todo ou qualquer material. A Arte é o reconhecimento desse trabalho. Criticar é fácil, dificil é ter ideias e concretiza-las.
Bem hajam! Eurico Sampaio

Search