edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 8.9.06
Etiquetas: ,

Mais um ano lá voltamos a rumar ao Santuário da Cova da Iria numa oferta que o Palácio do Regedor propõe aos seus municipes mais idosos.
Que bom ser pequenino, e, não estando rodeado de glórias e poder, descer do pedestal e ir ao encontro das pessoas, sem vénias e devoções que apenas a Alguns pertencem.
Ouvir da "vox populi" que o governo local está bem entregue (concordo), que se tem "alindado" a cidade e as aldeias, mas que a vaidade já é em demasia! Foi o início de uma interessante conversa à sombra do Santuário. Pus-me à escuta e "atirei lenha para a fogueira".
- Vaidade?!?, questionei.
-Sim! Vaidade! Ora atão agora tem tudo que ter o nome do homem!
- Ele merece isso e mais. retorquia outro.
- Também acho, tem feito muito por Elvas, mas o Pavilhão podia ter outro nome. Ele já tem o parque e sei lá mais o que. E concerteza não deve saber que a vaidade é um pecado capital! Que o Senhor da Piedade o perdoe!

3 comentários:

PATA NEGRA disse...

Não sei se será descabido mudarmos o nome de ELVAS para Rondonia(se é que não mudou já),bastaria que alguém proximo do regedor recolhesse assinaturas com essa finalidade e teriamos 5 ou 6000 a aprovar a mudança de nome. O homem, ao contrario do que diz o ZÉ de MELLO,não é vaidoso, porque se fosse já tinha posto a circular a recolha de assinaturas, para a mudança de nome e era ver os figurões cá da terrinha a querer ser os primeiros a assinar.

Anónimo disse...

ha 12 anos dizia aos padres que fossem pedir autocarros a Cavaco Silva, ao tempo Prineiro Ministro de Portugal. Agora, é o que se vê.
Terá sonhado com o Céu que levou toda uma vida a trabalhar para merecer o inferno???

Anónimo disse...

onde se lê "Prineiro" dever-se-á ler
"PRIMEIRO".
onde se lê "Céu que" dever-se-á ler
"Céu quem".
Às vezes é preciso usar óculos.
Correcções da responsabilidade do anónimo anterior.

Search