edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 18.5.06
Etiquetas: ,



O Jornal Linhas de Elvas publica há 6 semanas consecutivas o seu "Cartaz de Espectáculos" sobre a Estrada que liga Elvas a Arronches na ligação a Portalegre, chamando a atenção para o facto de esta estar em mal sinalizada.
A resposta do Palácio do Regedor é clara: "essa estrada não é nossa"!

Mas afinal quem tem razão? Entretando são os automobilistas que estão em perigo.
Fotografia enviada por J.C.

11 comentários:

zé de varche disse...

Mais rápidos no catilho!

Qdo foi a Maternidade caladinhos! Agora: "toma lá cartaz gigante!"

Anónimo disse...

Quando foi a Maternidade caladinhos? Porra esta gente é mesmo mouca!

Anónimo disse...

Se a estrada é regional é lógico que a CME não tem nada a ver. Só as estradas municipais são da responsabilidade das câmaras como é óbvio.

Anónimo disse...

mas a notícia no "linhas" estava mais completa e dizia que "o referido lanço de estrada foi transferido para a jurisdição da Câmara Municipal de Elvas em 11 de Janeiro de 1993 e homologado pela tutela em 2 de Fevereiro desse mesmo ano"
então em que ficamos? parece assim que o cartaz está deturpado, não será?

Anónimo disse...

deturpado ta o linhas que se tornou no jornal da oposição. A comunicação social neste país é vergonhosa.

Anónimo disse...

lamento que se refira ao linhas como um orgão da oposição. Para quem deconhece essa dita estrada é da câmara sim senhor! tal como a do retiro (campo maior badajoz) é do municipio de Campo Maior. que os autarcas (rondão e burrica) não concordem é uma coisa, mas que as referidas estradas estão sob a sua responsabilidade, lá isso é verdade!

Anónimo disse...

De facto a comunicação social da nossa terra "Elvas" funciona mais como oposição do que meio de informação à população, o que para mim é lastimavel. Em relação à estrada digo, o Sr. Reitor, já tem muitas obras de museus e pavilhões multiussos para se ocupar.
Não o podemos chatear agora tambem com as estradas não é?

moi disse...

caro ultimo anónimo, lamento que pense assim, tanto no que se refere aos orgãos de comunicação social como ao trabalho do seu presidente.
quanto aos orgaos de comunicaçoa social não me pronuncio, acho que não vale a pena argumentar...
quanto às estradas, pois bem, experimento o sr. conduzir nela à noite, mas aconselho-o a ir bem devagar, pois caso contrário poderá ter um acidente. será que não vale a pena o sr. presidnete da Câmara se ocupar com as estradas?

Anónimo disse...

Só espero que na hora de transferir uma gravida em trabalho de parto essa estrada já esteja restaurada.
E que não aconteça nenhuma desgraça pelo caminho.
E que discutam ,mas que essa seja util a discussão para a sua reparação.
A mim preocupa-me, porque é desconfortaval andar em ambulancias em estradas sem segurança.
Rosamaria

Anónimo disse...

Caríssimo moi said..., eu referi-me ao "não ocuparmos o Sr. com as estradas" em estilo de heronía, porque não nos podemos esquecer que o Sr. reitor já disse em vários títulos de pasquins de propaganda camarária que efectuou as obras em estradas nacionais (que é o caso desta) sem pedir o dinheiro a ninguém, gloriando-se a ele próprio por o ter feito (apesar de as obras referenciadas terem sido feitas com o nosso dinheiro.
E mais, apesar de a estrada ser nacional, está no nosso conselho, Elvas, que pelo que eu sei o Presidente da Câmara, e respectivo executivo é que se devem ocupar das estradas no nosso conselho.

moi disse...

caro ultimo anónimo desculpe-me se o intrepertei mal, as minhas sinceras desculpas.

Search