edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 11.4.06
Etiquetas:

Na placa que identifica a obra em curso no antigo Hospital da Misericórdia, em pleno centro da cidade, pode ler-se "Museu de Arte Contemporania"!

É certo que até este Velho Conselheiro tem aqui escritu alguns erros de bom português, mas que uma placa ofecial da responsabelidade do Menistério da Cultura e do Paláceo do Rigedor apresente este erro parace-me bem mais grave!

Fica aqui a chamada de atenção a quem de direito desta situação que nos foi relatada pelo nosso Conselheiro Helder Sabino.

8 comentários:

Xanu disse...

Quem sabe se não foi escrito por um brasuca né? Ou então por um de nuestros hermanos que pensa que já somos território pacense...

Anónimo disse...

contemporanea se dice en buen español! sera brasileño sin duda!

Anónimo disse...

oh Xanu! os seus comentários.... cada vez estão piores!
É melhor pensar antes de escrever, compreende?

Pedro Gama disse...

de facto muita coragem há atrás de algumas letrinhas: a_n_o_n_y_m_o_u_s

Já pensou que se oclocasse essa energia toda em acções mais nobres, do que tentar rebaixar pessoas, poderia ser um bom elemento nesta cidade?

Assim não passa de homem com falta de coragem.

Mas como dos fracos não reza a história,já sabemos qual vai ser o seu lugar nesta mesma história.

E tenha cuidado, que com tanta "azia", os elvenses depressa descobrem quem é, pois com o seu mau humor nãod eve haver muita gente...

Alegre-se homem, saia mais... desanuvie a sua cabeça...

Anónimo disse...

Oh Pedro!
Quanta ingenuidade e ignorância demonstram as suas palavras...

De semelhante temos apenas o nome...

A coragem não está nas palavras, está nos actos!
Ai Pedro, Pedro, os elvenses, os elvenses!!!!

É de tantas saídas e arejamentos à cabeça que as coisas estão como estão. Se ficassem mais tempo em casa a estudar, a aprender e a ler bons livros não estávamos nesta miséria cultural

xpto disse...

o autor da contemporania ja currigio a asnera.
na é brasuca é elvense de gema e bom rapaz mas um kadinho distraidu

Pedro Gama disse...

Afinal o nosso anónimo passa a ter um nome. Pedro. Coincidências... (ou será o Gama?).

Caro amigo, eu estou cansado desta picardia. Por isso mesmo, eu, pessoalmente, vou passar uma esponja por isto, de uma vez por todas.

E outra coisa: apenas referi aquilo da sua azia, por uma razão simples; você irrita-me. Não sou ignorante. Ingénuo, talvez. E se há coisa que demonstra isso é que estou a dar importância a coisas sem importância nenhuma.

Caro Pedro Anónimo. Esqueçamos isto. Eu vou continuar a dar a minha opinião aqui, no meu próprio blog, esteja ela correcta ou não. Também vivemos dos erros que cometemos. Agora, o senhor pode não ser ingnorante, pode não ser ingénuo, mas nesta questão toda demonstrou que consegue ser mal-educado, de vez em quando (sabe que nem toda a gente sabe escrever como o senhor, mas toda a gente te direito à opinião, ainda que dê erros ortográficos), bem como quando tenta fazer passar a mensagem de que a opinião pertence apenas a um grupo de "eleitos" neste país.
Quanto ao meu know how, o senhor não me conhece assim tão bem, para se referir ao meu know how. A opinião nãos e reserva a quem já tem muitos anos de trabalho.
Sou opinion Maker há tanto tempo como me conheço por gente... no dia em que disse que não queria comer a sopa comecei a ser assim.

O senhor Pedro está a tentar fazer alguma coisa com esta história toda que ainda não entendi bem o que é. Se é assustar-me, amedontrar-me... falhou!
Se e apenas aquecer um pouco a discussão por aqui, conseguiu de certa maneira, mas o que é demais também enjoa.
Se está na tentativa de defesa do Palácio do Regedor, lá terá as suas razões. Eu, pessoalmente, nada tenho contra a Câmara. Coloco-me contra quando me parece que aquilo que é efito e dito por lá não merece crédito. Concretizando, o Regedor não me convence quanto à questão da maternidade, quando afirma que não conhecia a situação da maternidade... por exemplo...

Se está na Câmara, caro Pedro Anónimo, percebo a sua defesa. Se está muito próximo do presidente, também percebo a sua defesa. Se não está, percebo que queira arranjar um "tachito" e vai no bom caminho, mas tem de dar os seus dados todos.

Para terminar (e desclpem-me)não deve substimar as pessoas. Talvez os elvenses andem com a cabeça muito arejada. Mas quem fala consigo, deste lado, até tem feito um esforço por não se deixar ultrapassar pelo seu tempo.

Um abraço Zé de Mello
Um abraço Pedro Anónimo
Um abraço restantes conselheiros
Um Abrço a todos os visitantes deste blog.

Anónimo disse...

Oh Pedro, Pedro!...

Não é o Pedro que temos semelhante, não.

Sabe Pedro, penso que está com a mania da perseguição! Tome cuidado porque é uma doença que requer tratamento psicológico!

E sabe porque digo isto, Pedro? é que eu fiz um comentário ao/à Xanu. Não comentei nada seu. Nem fiz comentários sobre a Câmara Municipal, nem sobre o Sr. Regedor! Não percebo tanto incómodo da sua parte!, e tanta falta de elegância e impropério contra a minha pessoa!

Ainda por cima é convencido! Sabe, Pedro?! Presunção e Àgua Benta, cada um toma a que quer.

Search