edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 10.8.05


Estas idas até ao centro e até aos cantos da Carreira, cada dia que passa, deixam-me cada vez mais informado sobre a vida local.
Então não é que agora para conservar a MAIOR OBRA DESDE O AQUEDUTO, as muralhas entenda-se, se querem candidatar estas a Património da Humanidade da Unesco!!! Confesso que fiquei alucinado! Ainda na 2ª feira ouvi o Regedor Municipal dizer que o novo Parque Subterraneo José Rondão Almeida é a maior obra desde o Aqueduto! Então e as muralhas seiscentistas, que constam são um dos pontos fortes da aposta economica-cultural do Municipio, através duma futura hipotética candidatura à Unesco, são o que uma obra menor!!!!
Só espero que com estas modernices do século XXI não troquem de ideia e refaçam a candidatura e passe a ser o buraco da praça o candidato a Património Mundial!!!
Deve ter sido um lapso no calor do discurso e na emoção de atingir o mesmo patamar do seu colega Regedor Municipal Avelino Ferreira Torres.
Mas esse facto não o perdoa do maior lapso dos últimos 12 anos locais, deixar as muralhas, e são as quatro cercas, no bolso! Por tal, exijo um pedido de desculpas do Sr. Regedor Municipal e disponibilizo-me pra um debate para lhe explicar que as MURALHAS (as duas cercas arabes, a muralha fernandina e a obra seiscentista) são a maior obra desta da cidade!

3 comentários:

Xanu disse...

Ehehehehehe!! Qual lapso no calor do discurso qual quê...já ouvi essa afirrmação umas quantas vezes, por isso não pode ser por lapso...a não ser que tenha decorado essa frase para lhe servir de bengala quando lhe faltarem as palavras...

Anónimo disse...

Agora só falta que convide o Arq. Siza Vieira e faça uma igreja!
jejejejeje

Viva Marco de Caqnavesses!
Viva Elvas!
Para quando a geminação?

Anónimo disse...

Oh amigo Zé de Mello, ou Melo ou mesmo cantos da carreira, ainda não entendi mto bem.
Troque lá a cor da sua letra para o branco, para que nós "os vesgos" deste século possamos entender melhor os seus escritos.
Pode ser?

Search