edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 22.2.10
Etiquetas: ,


A obra prima das Fortificações de Elvas e a melhor estrutura militar da Península ibérica continua à espera de revitalização.

Recordemos que esta estrutura bem marcada na paisagem do Concelho, na memória dos Elvenses e de Portugal está integrada na lista de imóveis da Lei de Programação das Infra-Estruturas Militares que preve que estes consistam na rentabilização do património das Forças Armadas, através de vários mecanismos possíveis, como a alienação, o arrendamento, a concessão, a permuta ou a parceria, assegurando sempre "a manutenção dos bens no domínio público do Estado".

Para além do Forte da Graça a lista abrange outros imóveis no Concelho:
Forte da Graça.
Picadeiros n.os 1 e 2.
Casa da Guarda das Portas de Olivença.
Compartimento anexo à Casa da Guarda das Portas de Olivença.
Quartel do Assento.
Casa de Argel.
Casa dos Fornos.
Prisões e casamata no revelim das Portas de São Vicente.
Armazém sob o Cavaleiro do Baluarte da Praça de Armas.
Casa da guarda do castelo.
Casa térrea no revelim das Portas de São Vicente.
Paiol de Santa Bárbara.
Paiol da Conceição.
Paiol da bateria das Portas da Esquina.
Paiol da bateria às Portas de Olivença.
Paiol da bateria às Portas de São Vicente.
Casa térrea n.º 3 às Portas da Esquina.
Casa térrea n.º 4 às Portas da Esquina.
Quartel de Engenharia ou de São João da Corujeira.
Quartel de São Paulo.
Quartel da Cisterna.
Jardim da praça.
Cerca anexa ao Quartel do Comando Militar da Praça de Elvas.
Poterna de São Pedro.
Poterna de São Francisco ou do jardim.
Casa térrea n.º 1 às Portas da Esquina.
Casa térrea n.º 2 às Portas da Esquina.
Casa térrea às Portas de Olivença (62).
Casa térrea às Portas de Olivença (62 -A).
Casa térrea às Portas de Olivença (62 -B).
Quartel do Comando Militar da Praça de Elvas.
Posto de rádio militar.
Carreira de tiro do Falcato (CT da guarnição).
Casa da Guarda das Portas de São Vicente.
Casa do comandante da Guarda das Portas de São Vicente.
Casamata prisão sob o revelim das Portas da Esquina.

Sabe-se que o Palácio do Regedor está em negociaç
ões com o Ministério em relaç
ão a vários edificios e outros já têm resoluç
ão e funç
ão, mas o Forte da Graça continua à espera de um futuro...

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE
Partilhar

7 comentários:

Justiceiro Implacável disse...

Os militares abandonaram Elvas e também o Forte da Graça, de onde ao que parece foi furtado um sino em metal com mais de uma tonelada.
A Câmara devia procurar fotografias ou outras representações para mandar fazer uma réplica.

Devia ser vigiado durante a noite por civis ao serviço da Câmara e tentar-se recuperá-lo com verbas do PIDDAC.

Concessão sim, mas sem fazer disso uma obsessão.

O Forte de Santa Luzia foi, ao contrário das desastrosas obras do Centro(p.e. paredes da Câmara ou D. Manel Anão), razoavelmente bem intervencionado.

Enquanto se entretivessem com o Forte da Graça, poupavam-se as asneiras no Centro.

Por exemplo, ainda hoje, neste primaveril dia 22 de Fevereiro, 40 automobilistas irão ser multados na Avenida de São Domingos entre a Praça de Armas e o Museu Militar.

Isto porque a Câmara sub-repticiamente mudou a placa de estacionamento proibido com seta orientada para a faixa amarela, substituindo-a por outra, que proíbe o estacionamento antes e depois da faixa amarela.

Os condutores que aí estacionam por hábito desde há longos anos ou não se aperceberam ou contam com a tolerância policial.

Logo ao fim do dia, quando forem entalados com uma multa de €60, entalada no limpa pára-brisas, ficarão aturdidos e irão pedir clemência à Polícia.

Por que razão foi substituída a placa? Perguntam os condutores.

- Intervenção Divina?
- Algum vereador ressabiado?

Não foi de certeza Rondão Almeida que na sua infinita bondade, até é devoto do Senhor Jesus da Piedade.

Aceder ao Centro Histórico foi ainda mais dificultado, população e empresas vão pagar as consequências!

Víctor Manuel Pizarro disse...

Sin duda alguna, se trata de una construcción soberbia, una de las obras más extraordinarias de la igeniería militar mundial. Su estado actual es sumamente lamentable, indigno de tal prestigio y reconocimiento.

Me sumo a las voces que reclaman su adecuamiento y conservación.

Felicidades por la entrada.

Víctor Manuel Pizarro

portasdolivenza disse...

Ilustre zedemello,segundo informação que chegou aos membros do blog PORTASDOLIVENZA,o sr Joe Berardo adquiriu vários terrenos á volta do forte da graça,com vistas a expor parte da colecção de obras de arte que o comendador detem ,faltando muito pouco para deter todos as parcelas junto ao forte,soubemos tb que foram realizadas reuniões com rondão de almeida,o forte era um dos imóveis que o estado colocou em venda,o valor base ronda os 5.000.000 euros.

Deixamos um desfio ao municipio A COMPRA DO FORTE DA GRAÇA,creio que o governo não se opõe a tal oferta bem como ao pagamento fazeado,como noutras situações tem aceite a muitos outros portugueses.
Elvas só tinha a ganhar,evitava a degradação do monumento já que temos mão de obra disponivel e a receber para restaurar parte.

Se daqui amanhã,aparecer um comprador e se o municipio entender e for um projecto bom ,vende-se ou aluga-se a exploração do imóvel,e a camara tem disponibilidade financeira para fazer o negocio.

Tiagos Noddy Abreus disse...

ze um bom post
temos que fazer alguma coisa pelo forte. acho que não vai ser o rondas a fazer. não quer saber do forte para nada.

eina tantos noddys disfarçados de comentadores
noddy estaciona noutro lado filho, assim não chateias nenhun policia.

A Verdade contra o Mundo disse...

Tenho andado a pensar que o Toca a Todos tem razão sobre o Mocinha. Encontrei-o esta semana e lancei-lhe umas palavrinhas contra o Rondão e o Mocinha pegou logo a cuspir no copo.

Percebi que o gajo não merece a confiança de ninguém, só quer mostrar-se e agora vê-se que anda a ser levado ao colo pela rádio Elvas.

O PSD que se ponha a pau porque o gajo é falso para andar a enganar nas missas, no Banco Alimentar Contra a Fome por falsidade, pra ganhar estatuto á custa da miséria alheia.

André Miguel disse...

É sem dúvida uma pena o estado em que se encontra o nosso Forte da Graça. Merecia bem melhor.

A Verdade contra o Mundo disse...

A verdade contra o mundo (que presumivelmente ignora tanto o sentido da frase como quem e a que proposito foi proferida) que aparece às 21h44 é uma identidade falsa fatcto por si só deveras lamentavel. Considerando que o sistema de registos permite duplicidade creio que será altura para desistir de ler e eventualmente comentar noticias. O nível, na maioria dos casos é lamentavelmente baixo e sem contuédo.
Sr Ou Srª verdade contra o mundo parabens pela sua atitude de plágio!!!!

Search