edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 29.1.10
Etiquetas: ,


"Senhor Zé de Mello:

Aqui vão as fotografias de duas intervenções feitas em escadas de Elvas:

- No Arco do Bispo os as vetustas e acastanhadas lajes antigas de bordos arredondados pelo tempo foram substituídas por angulosas lajes modernas e a calçada de pedra irregular substituída por calçada de paralelepípedos cúbicos;

- As escadas do terreno militar, junto ao quiosque do Aqueduto, parcialmente cobertas com cimento.

Em ambos os casos as intervenções me parecem pouco conseguidas, adulterando o nosso ancestral Património!

Todos Somos Elvas.

Cumprimentos A. E.
"


Édito recebido por email.

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE

16 comentários:

Elvascidade disse...

Intervenções realmente infelizes para uma cidade que se quer cada vez mais preocupada com o seu Património.

Scottish disse...

Entendo que para a escadaria junto ao quiosque do Viaduto tenham pretendido fazer algo para quem tenha de utilizar cadeiras de rodas para se mover. Se assim foi a obra não está nada condizente com a envolvência, mas se não era esse o objectivo então o caso torna-se mais grave. Assim passa a ser um verdadeiro mamarracho que deve ser revisto com urgência.
A escadaria do Arco do Bispo essa sim que não tem desculpa, pois descaracteriza totalmente a bonita envolvência do Arco.
Devem estes e muitos mais casos ser revistos pela edilidade. Porque não questionarem o povo com formação neste campo para se ver quais as obras a fazer? Acredito que a CME tem profissionais à altura para recuperar espaços, mas a julgar por estes dois exemplos, ficamos na dúvida, daí pensar que se deveria auscultar a opinião de outras pessoas.
Um abraço

Comunista Atento disse...

Infelizmente Património da UNESCO só serve de pretexto para tornar a vida impossível à gente pobre obrigada a viver no Centro Histórico, pela supressão de estacionamento.

Não havia necessidade de esconder a Fonte da Misericórdia(Cavalinho) com árvores.
Não havia necessidade de intervir no Largo da Misericódia.
Não havia necessidade de intervir na Rua da Cadeia.

Cada intervenção é uma agressão. No entanto as intervenções em ambas as escadas nada são quando comparadas com a intervenção nas paredes da Câmara, em que as bonitas cantarias originais foram forradas com granito cinzento, fazendo a Câmara parecer um edifício construído no tempo do fascismo.

Nestas coisas há 2 tipos de arquitectos:
- Os que trabalham a soldo para políticos altamente iletrados,
- Os que dentro das Câmaras são obrigados a engolir estes "sapos".

Uma coisa é certa, esta criatividade não partiu de arquitectos - foi encomendada.

cantosdacarreira disse...

A arquitectura POP de "popularucho",que o CIENTISTA-sabe tudo de tudo,impõe desde que veio afincar-se a esta nossa terra depois de desterrado de reguengos e de evora,importou o que havia de mais mau gosto para impor aos tecnicos a quem paga aberrações como estas escadas,o edificio santa luzia,o morro dos tiro aos pombos,a rua da cadeia ,da feira e de alcamim,condiz com algumas fardamentas amarelas e riscas que o proprio teima em fazer agradar,é claro que serve de galhofa, mas ele é POP

cantosdacarreira disse...

A arquitectura POP de "popularucho",que o CIENTISTA-sabe tudo de tudo,impõe desde que veio afincar-se a esta nossa terra depois de desterrado de reguengos e de evora,importou o que havia de mais mau gosto para impor aos tecnicos a quem paga aberrações como estas escadas,o edificio santa luzia,o morro dos tiro aos pombos,a rua da cadeia ,da feira e de alcamim,condiz com algumas fardamentas amarelas e riscas que o proprio teima em fazer agradar,é claro que serve de galhofa, mas ele é POP

André Miguel disse...

Elvas merece melhor.

Manuel Sobreiro disse...

Só um burro ou mal-intencionado é que não compreende que a intervenção nas escadas junto ao Viaduto são o início da Grande Obra deste mandato que é a reabilitação do Viaduto!

Quanto às escadas do Arco do Bispo só o infeliz portinholeiro que é o Zé de Mello não compreende. Não deve o Centro modernizar-se, esgotos, canalizações, fibra óptica?
Então por que não modernizar o Arco do Bispo?

JB disse...

Não se pode dar passos maior que as pernas.Quando não se sabe mais, e não se quer saber, o resultado está à vista.

Justiceiro Implacável disse...

Os vereadores das obras da Câmara é que não têm tido sensibilidade nenhuma. Primeiro o Barrena, depois o Mocinha e agora o Vintém.
E com engenheiros como o Gama dá este resultado.

Ze de Mello disse...

Caro Manuel Sobreiro,

aconselho-o a ler os éditos que este Velho Conselheiro tem escrito sobre as obras de infra-estruturação do centro histórico.

Este édito não é do Zé de Mello.

Aproveito para convida-lo a enviar-nos um escrito sobre o seu ponto de vista do Concelho.

E disse...

COMPRO DISCOS DE VINIL ANTIGOS ENTRE 1 E 5 EUROS
NAO COMPRO FADO
ELVAS E ARREDORES

962751537

portasdolivenza disse...

Os melhoramentos sejam escadas seja a rede de esgotos ou electrica que se fizeram no centro historico são obras que se devem louvar,pena é que tiraram as pessoas de lá,em vez de fazer um crescimento sustentado enveredou-se por matar o centro historico a favor da periferia,uma situação que no futuro próximo as receitas da periferia não dão para revitalizar o que se deixou destruir intra-muros,uma gestão não sustentada,fato novo e roupa interior rota.

portasdolivenza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
portasdolivenza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
portasdolivenza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
portasdolivenza disse...

FOTOS DE CASAS A CAIR EM ELVAS NO BLOGUE "PORTASDOLIVENZA",estou pasmado com tal realidade,mas isto é em elvas?Acudam-nos a nós elvenses de quem deixou chegar estes edificos a este estado de degradação,quem são os responsáveis?????

Search