edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 26.1.10
Etiquetas:


Com as chuvas que se fizeram sentir ultimamente na nossa região, foram registados vários pontos negros dentro do Centro Histórico.

Se no "Linhas" das últimas semana, além de abrir uma guerra declarada a João Vintém, foi abordado o tema da acumulação de água na Rua da Carreira, prejudicando principalmente as pessoas que se deslocam a pé naquela artéria, queremos hoje dar eco a um relato que nos chegou da precariedade do estacionamento dentro do fosso na Avenida 14 de Janeiro.

Além da intransponível poça de água para os transeuntes(que registamos em foto do blogue Elvas Viva), o barro e outros charcos polulam aquele espaço.

Criar condições de usufruto do centro do burgo passa por oferecer serviços de qualidade, e neste caso concreto, parece-nos que deveria ser operada uma intervenção minimalista naquele espaço dotando-o de melhores infra-estruturas para quem recorre àquele espaço para estacionar a sua viatura.

TODOS SOMOS ELVAS!!
2010 ANO DA EUROCIDADE

7 comentários:

Comunista Atento disse...

Quem diria este meu Camarada!
Era o mais disciplinado, sempre vestido de acordo com cada circunstância, cuidadosamente barbeado, o mais eloquente, o que melhor escrevia.
O seu fluente discurso reflectia ao rigor a linha oficial do Partido.
É com alguma inveja que verifico a sua ascensão pessoal e social, enquanto eu e os seus camaradas estamos desmoralizados, pobres e reformados da política.
Dentro dos "espartilhos" do complexo sistema camarário fará o que puder.
Nem que seja pela boa gestão da sua própria carreira, porque como ele tem demonstrado até à saciedade, isso sabe fazer.

. disse...

Notícias de incidentes?

J.P.Santos disse...

Esta mesma zona do parque de estacionamento, á 5 dias que não existe iluminação publica.

Comunista Atento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Comunista Atento disse...

Segundo me foi comunicado, um grupo de camaradas meus manifestou-se junto ao Palácio Municipal.
O objecto deste protesto pacífico não foi o lastimável estado dos estacionamentos, mas pelo contrário a escandalosa política de direita do Partido Socialista, que se aliou às forças mais reaccionárias e fascistas para aprovar o Orçamento Geral do Estado, bem como a política de habitação.
Foram condignamente recebidos e espera-se que as suas reivindicações sejam transmitidas ao Governo.
Força Camaradas, a Revolução de Abril desta vez é que vai triunfar!

Justiceiro Implacável disse...

Agora também temos que levar com as cassettes dos pseudo comunas

Comunista Atento disse...

Senhor Justiceiro Implacável(o falso):

O verdadeiro "Justiceiro Implacável" é tonto mas dá a cara com a a fotografia.
Mas a culpa não é sua. Se a sua avó fosse uma pseudo-avó, agora não estava aqui com bocas reaccionárias.

Search