edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 29.9.09
Etiquetas: ,


"Inicialmente no pedestal da estátua estava escrito o seguinte: El rei D. Manuel I / Deu foral a esta cidade / 1513. Na véspera da inauguração a data foi alterada para 1512. Em que ficamos?
Neste mesmo ano de 1512, D. Manuel concedeu foral a muitas outras terras para além de Elvas, os chamados forais novos, como por exemplo a Mirandela, Campo Maior, Niza, Celorico da Beira, Marvão, Ouguela, Olivença, etc., etc. Não se pode dizer portanto, que este facto tenha tido uma importância especial para a nossa terra.
Não foi o foral, que Elvas já tinha desde 1229, dado por D. Sancho II, o facto importante, mas sim a elevação de Elvas à categoria de cidade, tanto mais, que em todo o alentejo só Évora gozava de tal estatuto. Beja obteve-o depois, assim como Portalegre. Mas isso foi só em 1513.
Por outro lado, o que passou a dizer diz no pedestal "Deu foral a esta cidade / 1512" está errado, porque em 1512 Elvas ainda não era cidade, só o foi em 1513.
E agora? Para condizer, se calhar, o melhor é ficar assim. Não mexer mais."

Édito enviado por email por um co-Conselheiro.

TODOS SOMOS ELVAS!!

1 comentários:

democracia século 21 disse...

É a incompetência do costume, o "depois logo se vê".

O que mais me chateia é que pensam que quem está afastado das decisões é tonto!

Search