edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 16.6.09
Etiquetas:


Chegou às casas do Concelho uma publicação, apresentada pela Comissão de Apoio à Recandidatura de Rondão Almeida às Autarquicas'09.


Curioso a não utilização da marca PS nesta comunicação aos eleitores, no momento em que se prepara para dia 20 o jantar em que Rondão Almeida será entronizado como oficial candidato, afastando-se assim da governação socialista do Governo da Nação que muitos contestam.

O título "Falar verdade aos Elvenses contra a mentira de alguns" serve de aperitivo para um texto de ataque à candidatura "bloco central" do MUDE, encabeçada por Simão das Dores, e, ao anterior panfleto que esta candidatura já anteriormente tinha feito distribuir pelo Concelho.

Na área Emprego e Social, esta Comissão relembra que durante os 16 anos de governação de Rondão Almeida foram criadas 500 novas empresas no Concelho, criando 3000 empregos, ou seja menos de 200 postos de trabalho por ano, alicersados na aposta da Economia Social, que levou à criação de inumeros serviços sociais pelo território de Elvas.

Na área de Património, apresenta uma listagem em que se misturam obras próprias da Autarquia com outras particulares e de outras instituições, baseando nelas o exito do comércio tradicional, e, apresentando Elvas como uma Cidade destino turístico!

Etc, etc, etc...

Juntando ambas as publicações: Comissão de Apoio a Rondão Almeida + MUDE, tem este Velho Conselheiro a percepção que a próxima campanha não vai trazer nada de novo à vida Elvense. Propostas nenhumas! Ataques pelo estado calamitoso dos Cofres Municipais em 1993! Ataques pela crise mundial e pelo desemprego! Listas de obras feitas!

Os Elvenses não são idiotas e querem propostas de futuro! Que caminho percorrerá Elvas no século XXI para se tornar numa Cidade e Concelho competitivo, com emprego, com educação de qualidade, com vida no Centro do burgo, com aldeias e vilas onde haja serviços básicos...

Os Elvenses precisam de políticos com ideias e não de ataques em que a descolonização seja a culpada do desemprego em 2009!

6 comentários:

Avise as Anormalidades disse...

O futuro de Elvas passará sempre por Badajoz. A capacidade intrínseca do de crescimento das localidades do interior(não capital de distrito) é nula, antevendo-se, pelo contrário um decréscimo de emprego e população.

Elvas tem a particularidade de ter Badajoz ao lado, onde agora há desemprego para espanhois e muito trabalho para portugueses - hotelaria e agricultura, por exemplo.

Mas pode ir mais além, crescer como dormitório de Badajoz,(como mínimo)para o que seria necessário reclassificar e infra-estruturar o Caia.

A chave está nesse "clic" e não em Dores ou Rondão, compete-nos agarrar o Futuro ou ir perdendo gerações e hospitais.

E já agora a propósito de "mentiras de alguns", o que é que se passa com a candidatura de Elvas à UNESCO, instituição que o Partido Socialista pelo artigo do Sr. Afonso da Maia parece detestar, pela seriíssima possibidade de "chumbo"?

É que a culpa do possível "chumbo" é da política internacional, da localização geográfica de Elvas, da incompetência da Unesco, mas nunca da "ANORMALIDADE" DO DOSSIER...

Justiceiro Implacável disse...

O Zé de Mello é um Perfeitinho PSD a falar!

És mesmo doente e não tens cura.

Por mais que disfarces não enganas ninguém, a não ser que enganes algum parvo!

O texto da candidatura de Rondão Almeida não era nenhum programa eleitoral, era uma resposta aos ataques baixos do MUDE=PSD+CDS+STALinistas.

O panfletório do MUDE=PSD+CDS+STALinistas é que era uma espécie de programa de apresentação da candidatura e esse é que devia apresentar propostas em vez de só criticar. Mas eu não te vi criticar o do MUDE. Porque será amigo do PSD?!

Ze de Mello disse...

Caro Justiceiro,

Como pode voltar a ler no édito de hoje, o comentário deste Velho Conselheiro refere que tanto socialistas como o "bloco central elvense" não apresentam propostas. A critica é para ambos.

Aproveito para o informar que, se não fosse este Velho Conselheiro uma figura virtual não votaria certamente no PSD e muito provavelmente no PS. Contudo isto não quer dizer que seja socialista, quer dizer que, enquanto cidadão virtual desta nossa Elvas, tenho uma visão critica sobra a governação do Regedor.
Permita-me que o questione: Concorda em absoluto com Rondão Almeida?

Justiceiro Implacável disse...

Enquanto virtuais podemos dizer o que queremos sem mais nem menos, o que é o caso.

Os seus posts revelam sempre uma atitude crítica e mesmo ostensiva para com Rondão Almeida e para com a Câmara elvense.

Neste caso até nem vejo porque tinha a candidatura de Rondão Almeida que apresentar propostas quando apenas se estava a defender.
Porque não criticou dessa forma o PSD e o CDS e porque só agora os mistura com quem governa a autarquia?

Quanto à sua questão, apenas lhe digo que há mais coisas que podiam ser feitas, mas como o Concelho tinha tanto por fazer e estava tão atrasado, é normal que Rondão Almeida ainda não tenha conseguido chegar a tudo. Faz até muito mais do que as outras Câmaras do país de dimensão idêntica e por isso é um exemplo nacional.

André Miguel disse...

Ainda tem dúvidas que a nossa classe política sabem para quem está a falar?

"(...) é um exemplo nacional."
A maior taxa de desemprego do Alentejo é um excelente exemplo...

JB disse...

Tanta empresa criada e tantos postos de trabalho na regência,
mas como houve uma reviravolta e existe agora tanto desemprego? Será que por essa ordem de ideias se poderá dizer que é culpa do regedor o desemprego? Já que foi por obra do regedor a criação dos postos de trabalho e empresas...

Search