edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 28.8.08
Etiquetas: ,

Ninguém dúvida que o que se passa dos dois lados do Caia nesta latitude influência o outro.
Prova disso os éditos dos companheiros blogues elvenses. O Cidad'Elvas que fala da mudança de atitudes pelos consumidores raianos, ao verificar-se que cada vez mais Elvas é o local para abastecer as dispensas.

Por outro lado o Dualidades fala-nos da abertura em Badajoz do IKEA, pelos vistos algo importante para os consumidores, que o terão ali no Caia espanhol junto ao futuro Centro Comercial que ali estão já a construir.

3 comentários:

Elvascidade disse...

Inevitavelmente o futuro da nossa querida cidade passa por nos juntarmos mais da raia, aí está num futuro próximo (esperamos nós) o centro do desenvolvimento.

Dualidades disse...

Concordo com o conterrâneo elvascidade. De nada serve continuarmos à espera que Lisboa se lembre de nós, voltemo-nos para a Extremadura, talvez em cojunto consigamos "levantar cabeça"...

António Tomás Pires disse...

concordo com os 2 comentadores anteriores.

Elvas à custa da prosperidade espanhola podia tornar-se numa grande cidade no Caia!

O rondão não está interessado em reclassificar o Caia em urbano, mas insiste em deixá-lo tristemente agrícola e ecológico.

pelo contrário reclassificou as Sochinhas, enre o nó da auto-estrada e a estrada do caia.

A quem interessou isto? Política e futebol?

Search