edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 7.8.08
Etiquetas: ,





Depois de ter recebido alguns email alertando para algumas curiosidades sobre a Circular à Cidade, eis que hoje vamos falar sobre algumas dessas questões, numa altura em que se prepara o inicio da construção da 2ª fase, ligando o Bairro da Boa-Fé ao Aqueduto.
Quanto à necessidade desta via penso que nada nem ninguém poderão negar a urgência da mesma, dada a precaria situação viária em que esta se encontra, cheia de buracos, remendos e com um tráfego cada vez maior. A entrada na Cidade pela estrada de Portalegre é um perigo, principalmente o entroncamento desta com a ligação à Boa-Fé e a entrada na Belhó Raposeira.
O processo passou por diversos atrasos pela necessidade de ocupar zona de protecção das Muralhas de Elvas, tendo sido necessário esperar pela autorização do Conselho de Ministros, que curiosamente aconteceu um ano antes das próximas eleições locais.
Conforme o projecto apresentado pelo Palácio do Regedor, o trânsito efectuar-se-á em 4 faixas separadas por separador central e disnivel dada a orografia do terreno.
Quanto ao facto de ser necessário "comer" parte da colina do castelo para a construção, parece a este Velho Conselheiro justificavel e assim também o entendeu o IGESPAR que autorizou o mesmo. Elvas com todo o seu património tem que ter uma politica de modernidade em consonancia com o progresso e este é um claro exemplo disso.

Aguardemos pelo concluir das obras, em 2009, para apreciar mais uma obra do edil.

3 comentários:

José Ferreira disse...

"Quanto ao facto de ser necessário "comer" parte da colina do castelo para a construção, parece a este Velho Conselheiro justificavel e assim também o entendeu o IGESPAR que autorizou o mesmo. Elvas com todo o seu património tem que ter uma politica de modernidade em consonancia com o progresso e este é um claro exemplo disso."

O IGESPAR nada fez para impedir a barbárie feita às paredes da Câmara revestidas a granito cinzento, e os outros atentados no Centro Histíorico.

Quem não se lembra do túnel de Ceuta no Porto ou do Túnel do Marquês em Lisboa?

É que parece que os organismos do poder central têm 2 pesos e 2 medidas, permitido tudo às Câmaras Socialistas.

José Ferreira disse...

E os 7 lugares de estacionamento suprimidos junto à antiga Manutenção Militar?
Quem ganhou com isso?

Por que razão estes lugares foram suprimidos a 10 metros dos lugares de estacionamento que as juntas de freguesia mandaram reservar?

Por que razão quem rouba os lugares os manda reservar para eles próprios?

elvense disse...

"e com um trafico cada vez maior."

Atenção caríssimo Zé de Mello: tráfico é uma coisa e tráfego é outra... mas compreende-se o erro.

Um abraço

Search