edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 4.8.08
Etiquetas:






Segundo o próprio Regedor, os trabalhos que desenvolve a Comissão Cientifica e o dossier de Candidatura das Fortificações de Elvas seria apresentado em finais de 2007. Foi adiada, conforme publicitou a Vereadora do Pelouro, Elsa Grilo, para finais da Primavera de 2008.



Sabemos que os trabalhos científicos e académicos podem encadear-se e prosseguir direcções diferentes e mais aprofundadas que uma primeira apreciação pode-se prever, mas deve o Regedor e a Vereadora uma explicação à população.



Afinal, Elvas tem ou não condições para apresentar a sua Candidatura à Unesco individualmente? Se as tem porque não foi ainda apresentada o trabalho da Comissão? Ou será que este tipo de candidaturas não interessa já à Unesco, e não somos capazes de criar a Rede Peninsular de Fortalezas Transfronteiriças para potenciar uma candidatura transnacional? Será que as novas linhas orientadoras da Unesco aprovadas em Janeiro'08 restringem a oportunidade das Fortificações Elvenses de conseguir tal galardão?

1 comentários:

AP disse...

Como dizia o outro: "Falam, falam, falam, mas não fazem nada. Fico chateado, com certeza que fico chateado."

É caso para ficar! Quando toca aos interesses superiores de Elvas, o que é que se vê? Nada. Venham de lá mas é obras e fontes, que o pessoal no futuro vai-se governar do betão e da água...

Search