edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 17.12.07
Etiquetas: ,



O concurso para o estudo da localização da estação de alta velocidade Elvas/Badajoz, inserida linha Lisboa-Madrid, foi adjudicado ao consórcio COBA/Euroestudios, anunciou hoje a RAVE.

De acordo com informação divulgada pela empresa responsável pelo projecto português de alta velocidade, a adjudicação foi aprovada na quarta-feira durante a Assembleia Geral (AG) do Agrupamento Europeu de Interesse Económico, constituído pela RAVE e pelo Administrador de Infra-estruturas Ferroviárias de Espanha (ADIF).

Oito consórcios - Técnica e Projectos, Prointec/Gibb Portugal, Tis.Pt/Sener, Tecnofisil, Idom Engenharia/Construgal, a Ineco/Tecnep, a Tecopysa/Viaponte/Exacto/Dopex e COBA/Euroestudios - apresentaram propostas para o estudo da localização da estação de alta velocidade Elvas/Badajoz, cujo valor máximo de licitação estava fixado nos 700.000 euros.

A AG aprovou também o lançamento do concurso internacional referente à consultadoria para o modelo de negócio da Estação Internacional Elvas/Badajoz e o lançamento do concurso para o estudo do modelo de exploração do serviço de passageiros na linha de alta velocidade Porto-Vigo.

O concurso público internacional para o estudo preliminar da localização da estação de alta velocidade Elvas/Badajoz, na linha Lisboa-Madrid, foi lançado em Portugal e Espanha a 19 de Julho, pelo AVEP, composto pela Rede Ferroviária de Alta Velocidade (RAVE) e o Administrador de Infra-estruturas Ferroviárias (ADIF).

O concurso tem como objecto a «prestação de serviços de consultadoria e assistência técnica para a elaboração do estudo», sendo o prazo máximo para a execução dos trabalhos de 12 meses, contados a partir da data da adjudicação.

De acordo com o anúncio do concurso, trata-se de um «trabalho que tem como objectivo a elaboração de um estudo que defina as alternativas possíveis de edificação da estação internacional de passageiros e mercadorias de Elvas/Badajoz», devendo «os estudos a realizar ter em conta tudo o que respeita ao controlo e segurança do tráfego, bem como as tendências do mercado, o enquadramento legal e normativo vigente em ambos os países».

A estação de Elvas/Badajoz será inserida na linha de alta velocidade Lisboa-Madrid, que deverá estar concluída em 2013.

in: Diário Digital / Lusa de 14 Dezembro

2 comentários:

Rosamaria disse...

http://alentejanadecoimbra.blogspot.com

Visitem-me .obrigada

Leonel disse...

olá amiga tens umas imgens espetaculares continua amiga..

Search