edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 8.11.07
Etiquetas:




«O presidente da Câmara Municipal de Elvas foi hoje (7 de Novembro) absolvido do crime de abuso de poder. O Ministério Público levou o autarca à barra do Tribunal devido à atribuição de um subsídio de 50 mil euros ao Elvas Clube Alentejano de Desportos. O Chefe de Divisão Financeira da Câmara, Paulo Dias, que também tinha sido constituído arguido, acabou igualmente absolvido deste processo.
O caso remonta a Dezembro de 2002 e teve por base uma denúncia anónima endereçada ao Procurador-Geral da República.Na última sessão deste julgamento, no passado dia 10 de Outubro, o Ministério Público tinha mantido acusação e pedia uma pena simbólica. Hoje, o Tribunal Judicial da Comarca de Elvas considerou que a atribuição daquele subsídio não constituiu nenhuma ilegalidade. Da leitura do texto da sentença, feita pelo Juiz titular do processo, não ficou provado que, também à data dos factos, o "Elvas Clube Alentejano de Desportos" tenha usado o referido subsídio para o pagamento de dívidas fiscais.No final da sessão, decorrida na Sala de Audiências do Tribunal Judicial da Comarca de Elvas, sem muitas palavras, José Rondão Almeida declarou que "os homens fizeram justiça com o apoio do Senhor Jesus da Piedade (...), por outro lado, aqueles que provocaram todo este mau estar na minha família, ao longo de meses, peçam a Deus que os perdoem, porque eu também já os perdoei".»









Sobre a justiça, e conforme o Zé de Mello já antes o tinha aqui escrito, não há nada a comentar. O Juiz decidiu está decidido, pelo menos até esta transitar em julgado.



Não pode no entanto este Velho Conselheiro deixar de realçar são as várias declarações que ocorreram após a sessão judicial:

  • Acusações por parte de Massano Simões (ex autarca PSD) de a denuncia anónima ter partido do seu partido politico!
  • O Verador PPD/PSD - CDS/PP e Presidente de O Elvas CAD a tomar a iniciativa da realização de um grande louvor público a Rondão Almeida!
  • Mais uma vez o Regedor utiliza o nome de Deus em vão colocando-o a seu lado e também, nas suas palavras, ao lado da justiça!

Assim vai a democracia e a religião neste pedaço de Alentejo e Portugal! Depois de ultrapassar o seu ex colega autarca Avelino Ferreira Torres em auto-toponimiar-se, está chegando a época da sua exaltação, e quem sabe deixar para trás, pastorinhos, mártires e doutos da igreja!

2 comentários:

José Ferreira disse...

O PSD não é o Eurico Candeias nem é o Massano Simões, quem denunciou tem tomates, e disso não faz segredo.

O massano e o eurico não têm mais condições para voltar a integrar listas do PSD.

A oposição se não suceder ao Rondão recomeçará a fazer oposição, que disso não restem dúvidas.

Aliás o massano não é visto nas reuniões do PSD, já deve ter sido "corrido".

Chega de palhaçadas do massano e do eurico!

canal241 disse...

Palhaçada é a Justiça Portuguesa. Então todos sabem que o santo rondão com o dinheiro que é de todos, inclusivé dos adeptos dos Elvenses pagou dividas de má gestão do tótó e ciª, todos já sabiam que isso não pode ser feito, e o Juiz diz que são inocentes?: São é socialistas por isso podem fazer tudo o que quiserem. É UMA VERGONHA SER ELVENSE

Search