edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 15.5.07

http://osgrandeselvenses.blogspot.com/

Novas personalidades que já constam na listagem:
Se tem informações sobre as seguintes personalidades, ou outras que gostaria de ver incluídas, envie-nos para o correio electrónico (zedemelo@sapo.pt): Francisco d'Arruda; João de Cosmander; José da Silva Picão; Domingos "Patalino"; Rui Correia Lucas; João Manuel Valente Pereira Carpinteiro, José Vicente Abreu...

5 comentários:

Anónimo disse...

Para que conste, informo, que António Diniz da Cruz e Silva é Lisboeta.
Sabe o Senhor Jerónimo.

Anónimo disse...

Para que conste o sr Paco Bandeiras esqueceu de mencionar que fez parte de um grupo em Elvas "os martines" com os irmãos Carlos Garrido e Vicente Garrido, lamento que não seja humilde e que apesar de ter todo o mérito no sucesso que teve, faz parte da sua vida pequenas grandes coisas que não deveria omitir fica-lhe mal muito mal.
Para que conste o 1º disco foi gravado no Porto quando estava na escola pratica de transmições o titulo era "canção ao douro" e não fez sucesso, só muitos anos mais tarde é que veio o sucesso.
Ganhou o festival da Guarda com um plágio musical de um tema de jazz mas letra dele ninguem deu por isso.
Uma das vezes em que com os martines foi atuar a badajoz como os instrumentos ficavam na casa do pai ( que ficava em frente do jardim da sheel) aproveitou e colocou no bombo da bateria do Carlos um par de kilos de café, o dono só se aprecebeu que a sua bateria estava cheia de contrabando(café) quando já estava em Badajoz.
Com esse contrabando o Paco ganhou mais do que com a atuação, e talvez se tenha inspirado quando na sua canção dizia "sou contrabandista de amor e saudade"
A história da vida dele teria muito mais valor se fosse a verdadeira e não aquela em que mentiu ao dizer que era regente agricola quando nem o 2º ano antigo (atual sétimo) tinha: Apesar disso, tornou-se com muito trabalho e merito um grande artista e devido á sua canção oh! ELVAS oh! ELVAS um Elvense importante, não um grande Elvense.

Anónimo disse...

misturar nomes tão Grandiosos com o nome de Rondão de Almeida, a mim enquanto familiar de um deles, CHOCA-ME!

europeu disse...

Acho os nomes equilibrados

Anónimo disse...

Na história de Elvas Rondão de Almeida será julgado mais pelos escritos da DONA MARIA JOSÉ RIJO do que pelas obras e quantidade de placas, que colocou, terá a sua importancia como Elvense masnunca será um grande Elvense.

Search