edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 30.11.06
Etiquetas:


Éditos antigos que continuam bem actuais:
13 de Setembro de 2005

REFEM?!


Ainda não tinha tido oportunidade de visitar a Sé de Elvas desde que acordei, assim que aproveitei e lá fui eu até à Praça Nova tentar descortinar por onde entrar por entre andaimes e outras estruturas que cobrem a fachada da nossa Matriz!Primeira surpresa o facto de esta já não ser sede episcopal!! Realmente tenho que estar mais atento a esta vida contemporânea! Enfim vamos lá ver como está este lugar santo.Depois ao entrar a mais assustadora surpresa, que me parece um escandalo nacional, o facto do orgão de tubos do sec. XVIII atribuido a Pascoal Caetano Oldovini e encomendado pelo Bispo D. Lourenço de Lencastre, duma beleza sem igual na região, com trabalho de talha barroca/rocócó de elevado bom gosto esteja desmiolado e porquê?Ao que consegui apurar foi entregue a sua reparação pelo IPPAR ao um organeiro e posteriormente cancelado o trabalho, o que fez com que este senhor de nome António Simões tenha o nosso orgão RAPTADO!
Justifica-se o individuo que estes estão cautivos para garantir o pagamento dos serviços realizados estando pendente uma resolução judicial sobre o assunto.
Meus senhores para além do orgão da Sé de Elvas ficaram na custódia desde organeiro outros 5 orgãos, sendo que alguns já foram resgatados pelas estruturas proprietárias ou por instituições públicas.
Será que a Igreja não se preocupa com o seu património raptado? Será que não há em Elvas instituições que se preocupem com esta situação? Não existe uma associação de defensa dos interesses culturais locais? E os cidadãos da urbe estão adormecidos?

5 comentários:

Wilson disse...

Pelos vistos estão adormecidos com essa situação e com muitas outras, não menos preocupante que essa, ainda que com outro cariz!

Não resisto em perguntar se é verídica a história que me contaram relacionada com o regedor! É verdade que anda a ser investigado? É pá, e nós que não temos um "Baltazar Garçon" em Portugal!

pafuncio disse...

Quando o rei-gedor Zé tomou posse, uma das coisas que criticou ao anterior executivo foi, não ter pago o arranjo do orgão da Sé.
Passados tantos anos volta a suceder algo parecido.
Se bem me recordo o motivo de o tecto de abrir da praça de touros não funcionar, prende-se com a retenção do comando para acionar o dispositivo, também por falta de pagamento.
Ficam proibidos de mandar arranjar as portas da cidade; é que por falta de pagamento podem levar as chaves e ficamos sem poder entrar nem sair da cidade.
Falando sério, é uma vergonha, um património como esse deve ser colocado imediatamente no local que lhe pertence, vou passar palavra,para tentar que os nossos concidadãos despertem.

Anti-Reaccao disse...

É uma vergonha que tenhamos ficado sem o órgão, mas também não posso deixar de concluir que a actuação da Igreja neste caso (e noutros) seja também ela vergonhosa. Afinal o órgão tem como dono a instituição privada mais rica de todo o mundo e é a Câmara ou o Ippar que ainda têm que dar o dinheiro para o restauro da peça? ridiculo.

Tiago Abreu disse...

Caríssimo Zé de Mello:

Grandioso defensor da democracia e pluralidade de opiniões da cidade de Elvas, serve o presente apenas para lhe comunicar que o link para o seu site continua e continuará activo no meu blog (www.elvas2050.blogspot.com) enquanto mantiver o seu blog no ar. Aceite um abraço democrático deste Elvense que fez um blog desafiado por V. Exª. Parabéns pelos temas e continue o bom trabalho, o link esse por lá ficará. Quanto ao resto apenas V. Exª saberá o motivo de me ter retirado..mas vou estando habituado a censura de várias espécies mais uma não fará mossa. Viva a democracia, viva Elvas.

Tiago Abreu disse...

Obrigado Zé de Mello:

Por uns momentos pensei que a sua identidade tinha sido descoberta e que tinha sido raptado e substituido por outro falso Zé de Mello. Fico feliz por tal não ter acontecido. Explico-lhe o porquê de falar no link - muita gente me pergunta a morada electronica pois confundem o nome do meu blog "Câmara dos comuns" com outro de igual nome que anda na blogosfera, e então lá tinha que ditar a morada completa e confesso que muitas pessoas não davam com o blog. Mudei então de estratégia, quando me faziam a tal pergunta eu perguntava "conheces o zé de mello?" e a resposta quando era positiva eu dizia simplesmente "então entra lá e encontras la um link para Câmara dos comuns" e fiz isto a muita gente, que na 5ª e ontem não conseguiu entrar porque o unico caminho que sabiam para o elvas2050 era precisamente por aqui. Muito obrigado de novo e continue este excelente trabalho que eu honestamente admiro e divulgo. Um abraço,

Search