edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 10.5.06
Etiquetas:


Nesta semana em que nascem os últimos elvenses no seu torrão natal, com decisões judiciais e contra normativas legislativas, interessa-me dizer que elvenses somos todos aqueles que criamos laços afectivos com um sitio. Elvenses de coração, nativos ou amantes é importante que todos sejam bem vindos para que Elvas seja sempre a cidade Portuguesa que mais lutou pela nossa Nação!
Os elvenses devem nascer com qualidade, e, de preferência na sua cidade e com qualidade!
O Ministério da Nação garante que o encerramento é irreversível, a fundação procura manter o serviço aberto e o Palácio do Regedor... já nem sei! Por isso não comentei mais sessões de esclarecimento, manifestações, fados ou outros folclores.
Recordo que o principal interesse deste blogue é despertar o livre pensamento e a troca de opiniões. Somos pela critica positiva e não pelo "dizer mal". Não estamos contra poderes instalados (foram eleitos pelo povo) ou oposições (se existem).
Contudo verifica este Velho conselheiro que os negócios estão fazendo com que Elvas perca os seus serviços!
A seguir será a vez do Estabelecimento Prisional Regional de Elvas fechar! - veja a notícia aqui.

71 comentários:

Pedro Gama disse...

Neste momento o slogan deve passar a Todos somos Portugal. O Governo está a perder a réstia de bom-senso que ainda lhe podia restar na questão da maternidade.

Felizmente aind ahá boas noticias, e a plataforma logistica vai memso ficar por aqui. Isso deve ser realçado, mas não esquecendo que cada questão é uma questão. Venha a Plataforma, venha a maternidade, venha a Prisão... precisamos de tudo por cá...

E o Museu Militar Nacional também vai vir... ainda bem...

Mas que não misturemos... para não esquecer...

Anónimo disse...

Você sabia que....
a maternidade de Elvas não administra sequer a epidural?

Anónimo disse...

e daí? sabe quais as consequencias de uma epidural mal administrada?
não me diga que é a favor do seu encerramento ao invez do seu melhoramento?

Anónimo disse...

Meus Amigos vamos com calma.
Ainda que muito longe do nosso cantinho tento manter-me informado e realmente o que leio me dá muita tristeza. Leiam, por favor, o artigo Desaparecer mas sempre a rir no DN de hoje. Infelizmente é o que acontece pq de forma genérica só nos interessa a nossa pequena "vidinha". Quanto à maternidade (quartel, prisao e nao sei quantas coisas mais que se perdem ou vao perder), para algumas destas coisas a questao gira à volta da mais idiota, pútrida e falsa política! Quero dizer, simplesmente, que encerrar hospitais, maternidades, centros de saúde e só porque nao sao rentáveis, é remeter toda a questao social para lugar secundário esuqecendo que a saúde DEVIA SER PRIORITÁRIA PQ SIMPLESMENTE É UM DIREITO DE TODOS. A este proposito, porque nao fechar em Elvas outras coisas que nao teem (social ou económicamente) peso ou interesse algum?
Que me desculpem os seus simpatizantes mas estamos vivendo agora os reflexos das politicas do Sr Guterres, ou nao?

Anónimo disse...

Do Sr. Guterres ou do Sr. Cavaco?

Anónimo disse...

Mas quem lhe disse a si que as maternidades são encerradas porque não são rentáveis? Nós quando somos responsáveis no que escrevemos não dizemos aquilo que nos parece ser por preconceitos que tenhamos mas aquilo que realmente é. As maternidades não têm condições por isso fecham. Quanto à nossa só sou a favor dela quando tenha todas as condições necessárias, pois por não as ter é que já 40% das elvenses não têm cá os filhos.

Anónimo disse...

Você sabia que....
a maternidade não tem uma quantidade de obstetras razoável?

Anónimo disse...

Você sabia que...
a maternidade de Elvas tem o record nacional e uma taxa elevadíssima de cesarianas?

Anónimo disse...

E Voçê sabia que as cesarianas só acontecem porque as garvidas do conselho saõ mal acompanhadas e muitas delas não são vigiada na gravides?
E que as cesarianas quase todas saõ por bébés jg( gigantes)??
E que tambem algumas porque há perigo de infectar o bébé se passar pela bagina??
Que as mulheres e os homens deste conselho estão infctados pelo viros HIV e Hepatites A B C e daí o record nacional de cesarianas,mas mesmo assimPortalegre com os mesmos partos leva vantagem sobre a Matrenidade de Elvas.

Anónimo disse...

E Voçê sabia ...

gostei muito desta! eheh

Por sinal não irão abrir por aí mais escolas?

Anónimo disse...

NA BIBLIA, NO ULTIMO LIVRO

Em APOCALIPSE
capitulo 22. no versiculo, 12 e 13

12-E eis que cedo venho e o meu galardão está comigo,para dar a cada um segundo a sua obra
13Eu sou o Alfa e o Omega,o principio e o fim,o primeiro e o derradeiro.


Acho que perante estas verdades só podemos esperar pois estamos no fim dos tempos.
Rosamaria

Anónimo disse...

Parafraseando Leonardo (Da Vinci claro!!) só posso dizer ABRAM OS OLHOS ESTUPIDOS HUMANOS...

Anónimo disse...

Entao se a maternidade de Elvas nao tem condiçoes porque nao lhe sao dadas? Eu sei que a história da maternidade é muito confusa e complicada (que me perdoemn os Elvenses) mas encerrá-la nao será ver a saúde sob o aspecto do mercantilismo da saúde? E se funciona mal é porque socialmente tb as coisas estao mal o que e segundo um raciocinio muito rapido, conduzirá Elvas cada vez mais para o fundo. E é pena que nao se olhe para o todo que Portugal é! Mas nao, desde todo o espetaculo ludico até ao parque de "çábios" de Oeiras o país é cada vez mais a faixa litoranea.
Cumprimentos a todos e discutam com lisura, respeito e elegancia. Claro que o Almoxarifado da cidade nao cabe nisto ah ah ah

Anónimo disse...

Porque nao aproveitar as instalaçoes da maternidade para instalar aí a Faculdade de Medicina como queria o Xeriff do burgo? Brinco claro está,,, ah ah ah

Anónimo disse...

Atençao Rosamaria: Como pode vc dizer isso se nós proprios somos Deuses!!?? Nao está escrito na Biblia: Eis que o Homem é um de nós.....(isto é suposto ter sido dito pelo DEUS) Ora nenhum Deus se destroi a si proprio salvo de estiver louco
Bom...

Anónimo disse...

Os homens, é que estão a ficar loucos de raiva e cobiça.
Não será isso verdade ?
Os homens destes tempos, são virtuais e feitos de mentiras a não ser assim então onde ficam a promessas eleitorais?
( eu ponho o meu nome e o seu senhor anónimo?
Rosamaria

Anónimo disse...

Portugal vai manter o seus alardes de grande potência mundial contribuindo para a "paz global" gastando milhões de euros nas operações de fachada militar no Kosovo ou no Afeganistão por exemplo, encerrando maternidades um pouco por todo o País. A Maternidade Mariana Martins de Elvas será também encerrada, tudo indica esta semana, reduzindo significativamente os gastos do orçamento nacional em 288 mil euros (uns magnificos cinquenta e sete mil contos), no melhor dos casos, isto é, o Estado português envia as mulheres de Elvas para Badajoz e poupa 1.100 euros por parto(duzentos e vinte contos), mas poupará menos se as mulheres forem para Portalegre ou Évora.

No melhor dos casos Portugal poupará 57 mil contos (262 partos X 1100 euros) e envia as suas mulheres para Espanha, os portugueses têm assim que nascer à força num País estrangeiro.

Mas, para além do exemplo dos gastos no Kosovo também se pode ver a questão pela prespectiva que o Governo quer ver: se não têm condições as maternidades fecham-se. Se a justiça funciona mal, se a saúde e a educação funcionam mal porque não fecham? Porque não mandamos os nossos filhos para as escolas espanholas? Ou quando um Tribunal, qualquer um serve,tiver um processo atrasado porque não levá-lo (o processo) para o Tribunal de Badajoz?

Porque não emigram para Badajoz os Ministros portugueses? Podiamos pedir aos políticos espanhois que tomem os seus lugares! Não se sabe por enquanto se aceitarão...

Anónimo disse...

Bravo Amigo...de acordo

Anónimo disse...

Quanto gastou O Elvas este ano? e os Elvenses e no S Mateus e nas outras festarolas? Muito acima dos 50 mil contos que se poupam com a maternidade...

Anónimo disse...

Rosamaria, quero dizer que estou de acordo consigo quanto à natureza dos Homens de hoje sobretudo os que se dedicam a essa arte (que devia ser nobre) da politica para bem se servirem ou alimentar os seus egos (nojentos e rascas). Quanto ao resto,leio bastante (a Biblia incluída)e procuro pensar fora do ou dos espartilhos dogmnáticos. Por isso referi que caminhamos para Deuses (ainda que isso possa incomodar o católico) pois é isso mesmo que a Biblia refere (leia os capitulos do Genesis...). Tudo nisto faço no maior respeito (condiçao sine quad no para o entendimento entre pessoas) e é nesse respeito que quero viver. De facto, de ver triunfar tantas nulidades chego a desanimar da Virtude, a rir-me da Honra e a ter vergonha de ser Honesto. Quanto ao anonimato é facil resolver a questao: sou Fernando Antunes, obriguei-me a abandonar o meu País por nao suportar mais a choldra que se vai servindo...e bem...à custa donorçamento.
Rosamaria, os meus respeitos ainda que Rosamaria seja, neste contexto, uma coisa muito vaga...

Anónimo disse...

Eestou cometendo um palso grave: nao ter dirigido de longe, onde estou, os meus mais vivos cumrimentos e felicitaçoes ao Ze de Mello. Be haja pela sua preocupaçao cívica

Anónimo disse...

Sabia que...
os funcionários da maternidade de Elvas ganham o triplo do salário pelas horas extraordinárias que fazem pela falta de médicos?

Anónimo disse...

Eu dise ou nao disse que havia muita coisa estranha? Para defender a existencia da maternidade façamo-lo de forma coerente e nao bairrista porque isso é uma baita de uma asneira.

Zé de Varche disse...

Eventual negligência médica com grávidas portuguesas em Badajoz será julgada em Espanha

http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1256723

O protocolo define a assistência a prestar às parturientes e aos recém-nascidos de Elvas e Campo Maior no Hospital de Badajoz após o fecho do bloco de partos de Elvas, tendo uma vigência de um ano, que "pode prorrogar-se por igual prazo se não for denunciado porque qualquer das partes envolvidas".

Segundo a ARSA, as mulheres vão continuar a ser seguidas no Hospital de Elvas durante a gravidez, em casos normais e sem complicações, ainda que, entre as 32 (oito meses) e 36 semanas (nove meses) tenham uma primeira consulta com um obstetra em Badajoz.

Anónimo disse...

Obrigada Sr.Fernando Antunes.
Eu não pretendo ser mais do que o que sou,apenas coloquei aqui um comentario,daquilo que me parece estranho nas coisas que se faz deste País, meu,seu e de tantos,ser vendido aos retalhos epor ai fora.Dá pena.
Um dia já é tarde...
Fique bem e feliz nesse pais que escolheu para viver.

Rosamaria

Anónimo disse...

Realmente é verdade há salarios neste Hospital que saõ uma verdadeira fortuna.
mas as empregadas da Fundação ganham algumas delas muito menos que a varredora do lixo.
Mas se referem há Parteira ela ganha o equivalente a 160contos na moeda antiga e ainda lhe fazem descontos para a providencia e i.r.s.
E mais enformação a propria tambem dá sem medo.
Boa semana por ai.nessa cidade em vias de instinção.

Anónimo disse...

Não se fecha isto porque só cusrta 50 mil contos, não se fecha aquilo por que só custa xxxx , não se fecha o outro porque só custa..... Mas será que ninguém se importa que para se gastar nisto tudo o vêm tirar ao nosso bolso?
Chega de coisas feitas pelo Estado. Este só sabe gastar o que nós produzimos.. Se tiver de optar entre o que já fechou mais o que está para fechar e umas fábricas não tenho duvidas nenhumas em dizer que já deviam ter fechado há muito... E olhem que eu não votei no regedor e muito menos no PS mas se conseguirem endireitar isto para a próxima não sei.
Ha , já agora, era engraçado saber-se, desde que a maternidade existe, onde é que os netos dos médicos e os filhos dos enfermeiros de Elvas tiveram os partos... Se cakhar os resultados são engraçados

Anónimo disse...

Viva os 10 estádios de futebol novos, alguns deles sem clube ou na 2ª divisão.

viva o aeroporto da ota no meio do nada.

com esse dinheiro funcionavam seriços necessários ao pais.

Pedro Gama disse...

Compreender-se-ia um encerramento da maternidade se esta tivesse, de facto, casos de natos mortos, que não tem.

As ceserianas não justificam, em nada, falta de qualidade no serviço. Podem demonstrar que algo acontece de errado, isso sim, no acompanhamento dos profissionais de obstetricia, de cada grávida.

De facto, também concordo se o argumento é a falta de qualidade do serviço, então tudo fechava neste país, pois num país em que o serviço dos CTT continua a ser o preferido dos portugueses, e o serviço dos CTT tem as falhas que tem, então imaginem o pior serviço neste país.

O Ministro está a começar a ficar, para além de arrogante, agressivo e a demonstrar uma vontade enorme em fechar, de facto, as maternidades. Já não tem muitos argumentos para explicar o porquê mas insiste que sim, deve ser fechada.

Para quem diz que o serviço em Elvas não tem qualidade, só pode estar de má-fé. Olhem que as grávidas não se queixam. E as cerca de 40%, que dizem por aqui que vão para Badajoz... pois!!! Isso explica o que??? Que houve 40% das grávidas elvenses que preferiram Badajoz! Qual é o argumento??? Não percebi.

O que devemos perguntar é, se as outras 60%, que ficaram em Elvas, ficaram bem servidas, foram bem tratadas, se tudo correu bem, se os seus filhos estão bem de saúde.
Desses 60% houve sete parturientes (sete) que foram para Évora, Portalegre ou Badajoz. Ficaram bem, apesar de tudo.

Ninguém morreu, ninguém nasceu com malformação. Então como pode o Ministro falar em redução de mortos à nascença nestas maternidades que quer fechar?

Alguém seria capaz de, de facto, olhar para o que está a acontecer, e sem "bairrismos", mas com olhar critico, conseguir discernir onde é que está a verdade daquilo que o Ministro da Saúde diz? Será que ele sabe, de facto, do que está a falar? Conhece o país real em que vive, o senhor ministro, ou só conhece aquela Lisboa onde etá sentado na cadeira do poder, e onde, aí sim, aparecem casos graves, nos hospitais, inclusivé um bloco de partos que, de repente, começa a arder? Porque não fecham esse bloco de partos?

Deixeme-nos de demagogias, até, neste espaço de debate, porque seja anónimo, ou assinado, parece-me que a objectividade aqui não tem sido muita. (E sei que vou ser alvo, outra vez, para alguns que aqui vêm apenas para dizer mal de alguns).

Já agora, para o Senhor Imigrante: a Biblia não é para ler, é para meditar. E, já agora, acho que a Rosa não gostou muito de ser chamada católica. Sabe, é que há mais coisas debaixo do sol, do ue aquelas que apenas conseguimos ver.

Fiquem bem e com Deus

Anónimo disse...

Caro Pedro Gama,
Mais uma vez vem aqui falar com uma total falta de responsabilidade. A mesma que os meios de comunicação social já nos vêm habituando no nosso país. É lógico que não existem nados (e não natos) mortos na nossa maternidade pois os casos graves vão logo para fora. E falta de qualidade no serviço não existe só quando há malformações ou nados mortos, isso é um pensamento científico que já não está em vigor há algumas décadas. Hoje em dia as maternidades devem ter todos os aparelhos exigidos pela UE e bastantes médicos e anestesistas, algo que falta na nossa maternidade. E eu falo sem politiquices e bairrismos como o senhor diz. Analiso somente a situação apoliticamente, algo que é raro em Portugal e ainda mais raro no interior deste país onde por exemplo neste caso se faz um grande aproveitamento político da situação não tendo a mínima preocupação com as mães elvenses. Para mim e para as muitas mães que já vão a Badajoz é nessa cidade vizinha que está a melhor qualidade de serviço. O senhor pergunta a certa altura porque é que 40% já vão a Badajoz. Pergunte a essas mães o porquê se quer tanto saber!
Por outro lado pede que deixemos de demagogias depois de comparar os CTT às maternidades. Meu caro, isso é que é demagogia! Demagogia e aproveitamento político é defender uma maternidade sem condições só porque ela é na nossa cidade, porque uma dezena de pessoas ganha dinheiro com ela ou porque o partido que está no governo é a favor. Chama-se a isto politiquice, interioridade, facciosismo e provincianismo, doenças graves de que sofre a grande maioria da população portuguesa.

Anónimo disse...

Carissimo Pedro Gama, cuidado com a forma como diz as coisas. DE facto, há mais coisas debaixo do sol do que aquelas que julgamos ver e, justamente por isso mesmo, pondere nas suas avaliaçoes porque lhe falta ainda um bom trajecto por andar. Quanto à observaçao de que a Biblia é para meditar e nao para ler, creio ter encontrado a chave para parte das suas opinioes: vc medita sobre coisas que nao sabe porque antes nao as observa (lê). Confesso que para meditar sobre uma coisa tenho que dela ter o mínimo conhecimento. E para terminar: nao creio que seja o problema da maternidade de Elvas a questao fulcral, como nao creio que seja o encerramento do Quartel, da EDP, da Telecom e nao sei mais do quê. Tudo, rigorosamente tudo, é fruto da idiossincracia de um Povo, o seu e o meu, que com frequencia mais do que conveniente, vem sendo referenciado como os coitadinhos da Europa pois é nessa posiçao que todos os índices de referência nos colocam. Há muito muito tempo (veja como o problema é antigo) um amigo dizia que a única soluçao seria encerrar o pais durante uma geraçao espalhando os seus dez ,milhoes de habitantes pelo mundo e recolhendo-os p0osteriormente. Muita gente em Portugal, opina e, pior um pouco, ESTÁ NO MANDO, sem ter a mínima ideia do que vai no Mundo sem ter a mínima ideia de que existem outras formas de fazer as coisas. Temos muitas universidades, muitos politecnicos muitas escolas profissionais, mas a ILETERACIA nos estudantes é atroz. E porquê? Pode imaginar-se, entao, quais os resultados praticos da entrada dessa gente na esfera produtiva e dirigente deste país.
Na sociedade portuguesa nao existe, inequivocamente uma vontade de natureza endógena de mudança, porque continuam perdurando pequeninos interesses (a tal vidinha nossa de cada dia...), porque seguimos adoptando atitudes de respeito reverencial porque, enfim, enquanto o mal nao nos toca nada do que está à volta é de nossa conta. E é triste, muito triste sobretudopara quem está longe, assistir às romarias nacionais onde um idiota com um olho numa terra de cegos enche uma cidade de placas de auto elogio esuqecendo que a sua missao é de serviço. Enfim já chega de perder meu tempo...
Apesar de tudo um grande abraço para todos e que continuem discutindo. Valha-nbos isso
O Imigrante (já que foi assim que me chamaram) Pode que um dia lhes conte porque o fiz e entao já se darao conta do porquê de muitas maleitas do nosso Portugal

Anónimo disse...

Dou a mao à palmatória sobre o que pensei (ou melhor, o que escrevi) sobre a Rosamaria. Longe de mim ofender e se é católica ou nao isso nao deve ser de minha conta (como nao deve ser da conta de ninguem e o respeito começa aqui)
Saúde

Pedro Gama disse...

Caro amigo...

Não vou responder ao que escreveu porque não era o objectivo. Só queria tirar uma rpova que, infelizmente se comprova. O senhor apenas tem esta vontade de me ofender amim... escrevi o que escrevi já com o propósito de ver qual seria a sua reacção. E parece que se comprova que a maldade é mais comigo do que com outros. Chega ao promenor nos meus textos... O Senhor, seja imigrante ou não, está muito bem informado. E eu até acho que tem razão em muitas das coisas que diz. Mas desta vez apenas me dirigi a si com um propósito único: era de ver qual asua reazção em resposta ao que eu pudesse dizer.

Vejo que, e mais uma vez digo, infelizmente, em determinada altura, ganhou uma vontade óbvia de me tentar rebaixar. Se bem notou, passei algumas semanas sem deixar aqui um comentário masi alongado. E vou continur sem os deixar, mas precisava de o colocar à prova, de saber se eu sou mal dos seus pecados...

Só para terminar. Longe de mim querer comparar uma maternidade aos CTT. Se ler de novo, verá que nada fiz de comparação.

Em segundo lugar não tente ligar-me a qualquer força politica, nm sequer apontar-me como alguém que qer fazer politica. Profissionalmente tenho feito jornalismo e mesmo que ache que isso não é verdade, temo-lo (eu e os meus colegas na Rádio) feito bem.

Quanto ao porque de ter algo contra mim... Não fui eu que comecei isto... Mas sou eu qeu vou acabar...

se reparar 90% dos comentários aqui são contra o encerramento da maternidade. Tenho pena que eu seja tão especial para si, não na oposição, mas na forma como a faz...

Até sempre

Anónimo disse...

Estimado Pedro
Por favor nao diga isso, nao pense isso de mim. Nao o conhecendo, que prazer teria em desrespeitá-lo? Na critica ppor vezes somos duros mas no fundo o que perdura é a discussa0 pela discussao porque ninguem pode ter o arrojo de possuir a verdade. Lembre-se que o último que o tentou, simplesmente mataram-no! Assim e apenas lido as primeiras linhgas do seu texto, me apresso a clarificar a minha posiçao contra a sua pessoa. Repito: nada me move contra o Sr Pedro Gama que eu nao conheço pese ao facto d eter vivido mais de 30 anos em Elvas. Agora vou ler o seu texto e oxalá nao me vá areepender desta minha atitude.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Estimado Pedro
Nao nao me arrependo do que fiz, isto é, responder sem ler todo o seu texto. E sabe qual o problema? É que ao escrever-se sob anonimato e havendo tantos anónimos, vc tomou o texto de outro como se fosse o meu. E isso nao é verdade. Nestas circunstancias e para que nao haja qq dúvida sobre o assunto, passarei a escrever o meu nome por baixo oK?
Reitero os votos para que continue escrevendo e apresentando suas ideias. É que tanto eu como vc, temos os dois direito a ter opiniao, a expressá-la assumindo, naturalmente, a responsabilidade daquilo que dizemos. SWó por curiosidade, só há muito pouco tempo me deparei com este blog. Passeei por ele e uma sensaçao me ficou: o Ze de Mello (que eu conheço do Linhas) está de parabéns. Contudo, lamento que em tudo nisto existam tantos anónimos. Medo do Xerife e Companhia Ltda?? Por Deus, sejamos corajosos
Um abraço a todos cá de longe
Fernando Antunes

Ze de Mello disse...

Caros co-Conselheiros,

Este blogue NADA tem a ver com o Linhas de Elvas! Meio que muito respeito. Eu tenho dois "L" e o do LE apenas um!!!

Para quem aqui deixa comentários podem identificar-se quer através de nome proprio ou "alcunha" utilizando as várias ferramentas ao dispor. Recomendo a leitura de

http://zedemello.blogspot.com/2006/02/seja-um-conselheiro-deixe-sua-opinio.html

onde encontrarão as explicações necessárias respeitando o anonimato se o pretenderem!

Aproveito para informar que o anónimato por vezes é necessário! Se o próprio LE é "perseguido" imaginem que este Velho Conselheiro, cidadão português, tem que se esconder detrás dum nickname para poder escrever o que pensa! É pena mas em Elvas quem pensa diferente de Rosa é alvo a abater. Tenho esperança que em breve com alguma visibilidade do blogue possa dar a cara e ai aceder`aos vários convite de orgãos de informação para dizer/escrever a um público mais amplo o que pensa este Zé de Mello.

Bem Hajam!
E recordem-se que TODOS SOMOS ELVAS!

Anónimo disse...

AMIGO ZÉ DE MELLO, recebi a mensagem e de certo modo estou de acordo. Para que fique claro, eu falei no LE pq nesse jornal havia (como cetamente há) uma pequenina noticia referente ao Zé de Mello (ou estarei equivocado? ajudem-me a clarificar) De todos modos conheço o blog acima referenciado e já por ele andei como de vez enquanto ando.
Amigo Zé um forte abraço cá de longe
Fernando Antunes

Anónimo disse...

Oh Zé quem escreve diferente da Rosa aqui no seu blog é menos alvo a abater que os que defendem a CME uma vez que este blog é totalmente oposicionista ao executivo camarário.
E não me venha com balelas a dizer que não, que é independente e coisas afins que os que lêm isto já cá andam há muito tempo e não são parvos.

Anónimo disse...

nao percebi nada

Ze de Mello disse...

Cada cabeça sua sentença!

Se procurar no blogue verá que algumas vezes tenho felicitado o Regedor por esta ou aquela iniciativa/obra.

Se procurar irá encontrar que algumas iniciativas merecem o meu reparo.

Se procurar verá que muitos éditos são escritos de forma positiva e colocando novas ideias para melhor a nossa Cidade.

Se procurar verá que muitas vezes discordo das iniciativas do Palácio do Regedor.

Contudo deixe-me que lhe diga a si e a todos os visitantes e co-Conselheiros que porventura este foi o melhor Regedor que Elvas já teve. Porém penso que uma oposição viva e eficaz fará com que os mandatos sejam mais eficientes!

Não sou filiado em qualquer partido mas obviamente não sou apartidário nem isento pois todos temos referências e formas de pensar diferentes.

Pensar e escrever livremente são descobertas recentes e a blogosfera permite a este Velho Conselheiro faze-lo.

Respeito todos e nunca este Velho Conselheiro pretendeu caluniar ou difamar ninguém.

Digo e repito: TODOS SOMOS ELVAS, eu incluído!

Bem Hajam!

Anónimo disse...

Uf! o pessoal está mesmo aceso!!! Mas assim é que é bom para ver se muitos acordam do sono ...Força Amigos deitem para fora suas opinioes

Anónimo disse...

Eu pensava que iriam "bater" nos que apoiam o encerramento da maternidade mas não . Estão mais preocupados de arrearem uns nos outros.....
Relativamente à hipotetica quallidade da maternidade por não aqui acontecerem problemas, é simplesmente a mais pura idiotice de um tonto qualquer que não faz a minima ideia do que está a dizer e a escrever.
Como vai haver problemas se todos os casos complicados são postos a caminho antes do parto? E ainda bem pois se aqui nascessem sabe-se lá o que aconteceria....

Anónimo disse...

Amigo Conselheiro, como sempre falou claro e disse o necessário. Isto nao quer dizer, naturalmente, que se esteja de acordo com tudo o que refere. Quanto ao Regedor e sem nenhuma pausa para se pensar nos porquês, concerteza que foi dos melhores: mas eu interrogo-me:nao será que muitas vezes o sucesso está na oportunidade? Será que os anteriores tiveram as mesmas oportunidades que este sobretudo na clamante existência de verbas para isto aquilo e aqueloutro? Como dizia o outro, deve ser apreciado quem sabe fazer omoletes SEM ovos. Será como eu penso ou estarei equivocado?

Pedro Gama disse...

É de facto o problema dos anónimos em demasia. Nunca me opus a pesudónimos, mesmo ao anonimato. Mas parece-me que é por tantos, e falo de Elvas cidade, se manterem anónimos nesta questão da maternidade que ela vai mesmo fechar. Ou então, e isso também é uma possibilidade, ninguém se movimenta, talvez, porque a maioria da população concorda com o seu encerramento.

Ora aí está uma hipótese que nunca me tinha passado pela cabeça. Talvez até seja eu que, no meu egocentrismo intelectual, não esteja a ver que faço parte de uma minoria que pensa que a maternidade vale a pena aberta. Talvez não valha, quem sabe!!!

Bem, ma eu queria era pedir desculpa aos anónimos que possa ter ofendido por causa de um em particular que me tem sido um pouco menos simpático...

Aqui fica o meu pedido de desculpa. mais uma vez (as desculpas não se pedem, evitam-se, eu sei).

Um abraço...

Zé de Varche disse...

Eu digo-o muitas vezes: Se houve subsidio para plantar arbustos roxos Elvas teria esses arbustos.

A arte de aproveitar, e bem, os dinheiros da UE, foi bem seguida por Rondão Almeida!

Anónimo disse...

Em suma, isto do poder tem suas coisas. O exercício do poder, como alguem escreveu, exige um sólido alicerce humano e cultural, uma grande dose de humildade e realism mas também de experiência e visao do mundo pois só assim se podem pronunciar, de boca limpa, termos como ética.

Anónimo disse...

Que escreve neste bloge em opiniões dessa natureza ou é o informador do ministro ou oproprio ministro da saúde que aqui vem dar a sua opinião atras dum anónimo.
Não estranho uma opinião que parece a copia da outra ,já repararam?
Mas que conhecimentos tem sobre obstetricia e neonatalogia?
Já assistiu a algum parto na maternidade de Elvas ?
Parece-me que não.
A tioria é bem diferente da pratica.
E parir nas ambulancias é o que vai acontecer e isso é que é preocupante.E aí a teoria lá serve de alguma coisa ou até mesmo o que recomenda a U E??
Tal como as gravidas ,andarem toda a gestação, sem irem a uma unica consulta e chegarem ao acto do parto sem saberem até o grupo sanguinio.Isso sim é preocupante e faz suprezas bem desagradaveis como as tão faladas malformações ( a falta de um braço ,ou de pernas etc...etc...E é verdade que não se dá a epidural, mas a culpa é da admistração do hospital que tendo um acordo com a fundação nunca a cumpriu e não deixou as anastesistas aplicarem essa tecnica.Mais assim com não contratou obstetras porque não os quis. Eles vieram e ainda estão à espera duma resposta.Tambem é verdade que há uma pediatra colocada no Hospital de Elvas e que nunca cá pôs os pés,e que ganha como se aqui trabalhasse.Alguem esplica isso?
OLhe é grave julgar o serviço dos outros.
Repare nos dedos que aponta um esta dirigido aquela instituição e aos seus trabalhadores e chamar-lhes negligentes maus proficionais, mas se reparar tem nessa mesma mão 3 dedos a apontar para si.
Mas se os proficionais saõ taõ negligentes, que colocam em risco mães e filhos nesta pequena maternidade, porque será então que o sr. ministro os quer deslocar para engrossar as maternidades para onde vai encaminhar as gravidas dessas que vai fexar?
Não será perigoso então misturar esses proficionais com outros mais competentes?
É estranho essa politica de imposição que nos entra pela porta dentro e enfim...só temos o que merecemos e o povo este até vai viver comoos ricos de Badajoz.
fiquem bem e que Deus ajude este povo que um dia torce a orelhas mas já lá vai.

anti-c_pado disse...

O MCarvalho é c_pado e escreve a mando do seu chefe.
O JAlves anda a bater no chefe daquele e a pedir esmola.
O Tiago é um gaiato atrevido e escreve para chatear o chefe do outro.
O Cabaceira fala das árvores, tá noutro mundo...
O Ze de Mello é o Amândio que ainda não teve coragem de dar a cara.
O Gama amanda bitates do que não sabe, vai por as fraldas pá...
O chefe do Gama também mexe os cordelinhos na sombra.
A parteira está ver fugir o cacau...
O Velho Melo está xexé e a Fundação rica vai ver o dinheiro ser roubado por algum oportunista que se siga.
Em Terra de c_pados, tudo fecha, mas o Chefe sobrevive, para dar emprego aos amigos e à filha.
Vou a Badajoz e fico por lá!

Anónimo disse...

boa viagem pá! e cura-te!!!

Anónimo disse...

Gosto deste Anti-c_pado...
Tem senso de humor sim senhor

Manda lá mais umas desseas que estes tótós estão mas é a denfender o seu....

Anónimo disse...

Oh Zé de Melo...
Não podia fazer um favorzinho ao pessoal?
Era tirar a musicata aqui do blog.
Não se preocupe que a malta enquanto lê assobia e bate o pé para criar ambiente...
Obg

Anónimo disse...

A parteira vai trabalhar para outro lado.
Outra cidade e ou outro pais.
Boa noite a todos. Ri bastante a ler estes comentarios de pessoas inteligentes e criativas,boa assim é que é, rir faz bem á saude acalma o coração e não deixa criar rugas.
Ó senhor zé de mello uma sugestão.
Esta coisa bem que podia emendar os erros automaticamente assim eu eu não errava tanto na ortigrafia.
Obg.

Anónimo disse...

esqueci o meu nick é JADE

Anónimo disse...

adorei o senhor(a) que se refere ao c_pado, não deixa de ter razão e muito humor, partilho da sua opinião vamos todos para espanha, já que segundo os governantes há lá melhor serviço que em Portugal.
elvense

Anónimo disse...

É vamos todos aos saldos.
Saldos de sapatos de roupas,gasolina,comidinha deles que els vem cá comer a nossa.
Vamos as promoções de tudo e tambem para não variar.
O governo tambem veio aos Saldos da Saúde de badajoz.
Afinal dá mal resultado nascer em maternidades pequenas, o "ministro" nasceu em casa ,será que ele é normal? Ou na hora do Parto algo correu mal?Que ele veio com defeito no orçamento...
Hahahahahaha...

Jada

Anónimo disse...

É vamos todos aos saldos.
Saldos de sapatos de roupas,gasolina,comidinha deles que els vem cá comer a nossa.
Vamos as promoções de tudo e tambem para não variar.
O governo tambem veio aos Saldos da Saúde de badajoz.
Afinal dá mal resultado nascer em maternidades pequenas, o "ministro" nasceu em casa ,será que ele é normal? Ou na hora do Parto algo correu mal?Que ele veio com defeito no orçamento...
Hahahahahaha...

Jada

Anónimo disse...

É vamos todos aos saldos.
Saldos de sapatos de roupas,gasolina,comidinha deles que els vem cá comer a nossa.
Vamos as promoções de tudo e tambem para não variar.
O governo tambem veio aos Saldos da Saúde de badajoz.
Afinal dá mal resultado nascer em maternidades pequenas, o "ministro" nasceu em casa ,será que ele é normal? Ou na hora do Parto algo correu mal?Que ele veio com defeito no orçamento...
Hahahahahaha...

Jada

Anónimo disse...

Ó Rosa Maria, porque tanta “coisa” por uma maternidade?
Hummmmmmmmmmmmmmm!!!!!
Cá para mim é mas é porque tu é que ficas sem emprego não é?
Outra coisa, se gostas de ler a bíblia também devias saber que lá diz, “Não prenunciarás a palavra de Deus em vão.”
Por isso resume-te à tua insignificância e dedica-te mais ao fado, (e olha que precisas) e deixa a maternidade em paz, uma vez que também já ouvi falar muito mal de ti como funcionária da maternidade…

Anónimo disse...

SE OUVISTE FALAR MAL DE MIM EU NÃO DUVIDO E SE SOU MÁ PROFICIONAL TAMBEM NÃO,POIS "O SENHOR PRESIDENTE DISSE QUE A FILHA AO PARIR NESTA MATERNIDADE COLOCOU A FILHA E O NETO EM RISCO DE VIDA E EU ESTAVA DE SERVIÇO NESSE DIA"POR ISSO JÁ NÃO ME ADMIRA NADA QUE TU ANONIMO/A TAMBEM O DIGAS.
MAS TAMBEM NÃO FICO SEM EMPREGO PARA TUA INFORMAÇÃO.E MSMO QUE FICASSE,LOGO TENHO NOUTRO LADO E SOU MÁ PROFICIONAL AGORA TU QUE ESCREVES NÃO SEI COMO VIVERAS SE PERDERES O QUE TENS.
E LEIO A BIBLIA SIM,COM MUITA HONRA ,POIS ESTÁ NA EDUCAÇÃO QUE OS MEUS PAIS ME DERAM( ERAM PROTESTANTES) E DIGO ERAM PORQUE JÁ NÃO SAÕ VIVOS.
E QUANTO À MATERNIDADE QUE EU DEFENDO SIM A PERMANECIA DELA SIM MAS ISSO É AREIA DEMAIS PARA UMA CABECINHA TÃO PIQUENA COMPRENDER.
EU CHEGUEI A ELVAS 3 DIAS DEPOIS DE MINHA MÃE MORRER ( ELA SOUBE QUE EU VIM PARA CÁ)E ESTOU LIGADA AQUI POR SENTIMENTOS QUE TAMBEM NÃO PERCEBERÁS.
E O MEU SIGINIFICADO AQUI TALVÊS SEJA MAIS QUE O TEU K TE ANONIMA/O.
MAS PREOCUPA-ME A FALTA DE SENTIMENTOS EM SI POIS O QUE ESCREVEU TINHA AINTENÇÃO DE OFENDER E EU AQUI DEIXO COMENTARIOS E ASSINO PORQUE NÃO ME ESCONDO NUM ANONIMATO.
FIQUE BEM E QUE DEUS LHE PERDOE.
E LHE GUARDE A FAMILIA E O EMPREGO SE O TIVER.
Rosamaria
E QUANTO AO FADO BOM,SEM COMENTARIOS .

Anónimo disse...

Bolas.
Aqui há gente que não mede as palavras.
Haja respeito.

Pedro Gama disse...

Infelizmente a falta de educação prevalece por parte de alguns...

E é isso que não compreendo. Porquê estar a ofender pessoas?

Será que não pode conter-se um pouco, senhor anónimo??? Já está a ultrapassar um pouco as marcas...

Anónimo disse...

E VOLTO PARA LHE DIZER SR.ANONIMO/A QUE NÃO ME ADMIRA QUE DIGA QUE EU ESTOU A DEFENDER O MEU CACAU PORQUE RELMENTE É O K MUITA GENTE FAZ SEM NUNCA TER TRABALHADO.VIVEM POR CONTA,UNS DUM EMPREGO E NUNCA DUM TRABALHO E AS VEZES POR CONTA DE ALGUEM.MAIS QUANDE SE REFERE A QUE DISEM MAL DE MIM COMO PROFICIONAL LEMBRE-SE QUE ESTÁ AFONDER DUAS PESSOAS ,POIS NA MATERNIDADE HÁ DUAS ROSAS,UMA ROSAMARIA QUE SOU EU E A OUTRA ROSA MARIA.
E UM BOM DIA PARA SI E PARA TODOS QUE VISITAM ESTE BLOG E DIXAM A SUA OPINIÃO.
AO SR.ZÉ DE MELLO ,PARABENS PELOS TEMAS QUE PÕE EM DISCOÇÃO E A FORMA COMO O FAS.

FIQUEM COM DEUS

Rosamaria

Outro anónimo que não o que ofendeu disse...

Uma parteira que escreve assim, deve ter tirado o curso a ouvir cassetes...
Proficional? Profissional
Diser? Dizer
Piquena? Pequena
Faz o download do Flip e instala no word, assim não dá tantos erros. è um pouco embaraçoso ou será embarassozo...

PS: Gama ainda cá anda? Ou já posta doutro lado?

Anónimo disse...

Isto é assim, eu quando me refiro à rosamaria, todos nós sabemos quem é... porque só tu rosa maria te metes em causas que já estão mais que perdidas. Referime tambem ao fado, porque tu com a idade que tens de certo que não sabes o que é cantar fado (ISTO É A MINHA OPINIÃO) ou seija, para mim tu não sabes nem cantar nem fado nem nada, e acho que tenho dodo o direito de te o dizer.
Mas o que interesa aqui realmente, é a maternidade não é?
Se para ti não é, para mim é. É porque (como já disse) as pessoas que trabalham na maternidade (o staf) nem os equipamentos técnicos da maternidade são adeuados para todas as ocasiões (partos).
Acho que já entendes-te? Ou não?
Ah! outra coisa, se eu escrevo e me assino como anónimo, tu não tens absolutamente nada a ver com isso, até porque aqui ainda tenho esse direito....

Anónimo disse...

Se me trata por tu.Tambem deve conhecer-me muito bem.
Por isso sabe k esta a ser injusta/o.Sabe tambem que nada fiz ou ganhei na posição horisontal.
Se canto bem ou mal é s sua opinião k em nada me incomoda e até me divertiu ,mesmo que maldosa.
(convidaram-me para participar num C D),se calhar para fazer a figura do Zé Cabra??
Mas quanto às causas perdidas tambem não deixa de ter s sua razão.
Eu não sou maldosa e daí que facilmente me deiche enganar pelas tais causas...e a essa mesma a k se refere,mas o coração não tem olhos.Vivi um engano que quase me matou,e foram as gravidas k não me deixaram morrer.Srá que tambem percebe o significado desse momento???
Mas nunca é tarde, quem sabe não lhe calha um dia a si cair num engano e apostar em algo ou em
alguem que a desiluda/o?
Eu Rosamria dei-me a esta cidade e a este povo com tudo o k tenho em
mim ,até mesmo com defeitos.
Sabe,mas olho para traz e o k vejo não me envergonha.
Fui sempre verdadera e isso sim é k me importa e digo mais se me for embora desta cidade que eu amo tanto e onde tenho amisades de quase 25 anos, sim vai doer-me, muito, mas muito mesmo partir.
Mas vou sem deichar rabos de palha da mesma forma k não deichei em Coimbra de onde vim,isso sim é importante. Sabe o resto saõ palavras...só palavras duma pessoa que só conhece o meu nome e certamente não convive comigo ou então não gosta de mim o k é legitimo não somos obrigados a gostar de toda a gente.Há mães que não gostam dos seus proprios filhos....e eu AMO os filhos, os pais e mães de Elvas, o k tambem não deve comprender o porquê.
fique com JESUS
E eu não fiquei zangada mas entristeceu-me a sua insinuação,mexeu numa frida que ainda me doi,admito ,sem vergonha.
Rosamaria

Anónimo disse...

Só uma ultima informação para si,para saber que eu não me escondo.Sabe que me estão telefonar de todos os cantos do mundo onde tenho amigos e alguns já os tinha perdido de vista à muito tempo e que ao verem-me pela televisão ( na sua opinião)a defender, mais uma causa perdida e k ficaram preocupados, porque sabem que eu sou assim desde os bancos de escola.
E isso sim é que me da ãnimo neste mundo de faz de conta.

A vida é apenas um suspiro,porque se incomoda em magoar-me?
Há tambem dou erros mas porque errar tambem faz parte da vida e na escrita sou pessima,mas como aqui não tenho que me faça a correção vai a cru mesmo que seja sensurada.
Boa dia para todos e que sejam muito felizes
Rosamaria

Anónimo disse...

Mais uma vez me refiro à Rosa Maria, desta vez porque aquilo que disse em cima também me comoveu (e estou a ser sincero). Mas na minha opinião, acho que não se devia ter metido neste assunto, e ter dado a cara, por uma obra "nobre" que é não deixar fechar a maternidade.

Infelizmente deve saber como costuma ser a boca das pessoas (e apesar de eu continuar a achar que não sabe cantar), devido às repostas (que eu agradeço) deixadas por si, eu decidi-me puxar a mim próprio à razão.

Assim apesar de eu achar que não se devia ter metido nisto, uma vez que a Rosa Maria é trabalhadora da maternidade (e dá para suspeitar muita coisa), desejo-lhe a maior sorte, esperando que me desculpe por eu ter sido indelicado consigo (o que não é próprio de mim).
SEJA FELIZ

Anónimo disse...

Agora fes-me rir sabe.
E suspeitar de quê?
O que está a insinuar?
Só me faltava essa.
Sabe diga e k disser, ou quem disser, eu estou na causa sim, por variadissimos motivos, mas o que mais me toca e me move, saõ os afectos a cumplicidade e o amor que esta cidade me deu,em momentos tão lindos tão maravilhosos que qualquer palavra não consegue esplicar.
Daí tambem, aceite que não consiga comprender.
E quanto ao facto de não gostar e achar que não sei cantar é a sua opinião mas tem sulução não me oiça.
Fique bem e com Deus.
Um dia quem sabe?Não falamos dessa questão pessoalmente,cara e olhos nos olhos?
Os anonimatos às vezes tambem se revelam.
Roasamaria

anónimo (que não se revela) disse...

Ficou mesmo zangada!!!
Mas não é para tanto, se (mais uma vez digo) eu acho que não sabe cantar, estou a ser sincero. E esteja sossegada que eu de veras não a oiço.

Quando fala de insinuação, eu não estou a insinuar nada, e que aqui ainda não da para explicar por desenho, mas eu explico, o que eu quis dizer, é que o seu empenhamento na causa (que é o encerramento da maternidade) em que por acaso você trabalha, é estranho, exactamente pela razão, de você lá trabalhar, é que você é que fica sem emprego. Entendeu agora???????

Mas (como eu disse anteriormente), é uma causa nobre. A razão pela qual eu acho que não devia estar metida nesse assunto, está explicada do parágrafo anterior.

Anónimo disse...

Parece-me a mim que o senhor /a anónimo é que precisa ter cuidado pois parece-me um tal informador que foi a correr avisar alguém quando soube que o Sr.Dr. Melo e Sousa ia tambem ao programa da Dra.Fatima Campos ( pros e contas na R TP1)e que faz algumas outras coisas por intereces que a mi me deixam a pensar porque quer tanto que a Maternida fexe?Alguem que usa e é falso ao enganar.Porque eu não estou enganada na pessoa que está escrevendo aqui num anonimato pois não? até porque esta bem dentro das rasões que não saõ as suas e não é?
Mas vamos lá ver se percebe,ainda que este espaço seja para dicutir temas, aqui colocados pelo Sr.Zé de Mello,eu vou responder mais uma vês a sua questão pessoal ( ainda que eu esteja a dar perolas a porcos).
1ºEu defendo não só o meu local de trabalho, como tambem o lucal onde trabalham muito mais pessoas, que neste estado de politica, fxista/ democratico, não dão a cara, por medo de represalias tal como o senhor anónimo está fazendo.
2ºSabe que ao fexar a Maternidade
logo s seguir tambem desaparece a urgencia hospitalar e depois logo a seguir a urgencia cirurgica? E isso e mau para todos e que desconhecem nesta cidade mas o senhor deve saber não é?
3º Sou trabalhadora da Fundação Mariana Martis,se fexarem a Maternidade se fexarem...eu não fico desempregada por isso não se preocupe.
Tenho já tempo de trabalho para negociar uma reforma, se me apetecer,( trabalho desde os 10 anos e desconto desde os 11anos)trabalhei para estudar.tambem sabe não é?
4º deixe que lhe diga uma coisa quem julga que é para opinar sobre aminha pessoa,parece-me que tem algum problema de vida por resolver, alguma frustração,ou alguma dor de cotovelo,Será???
E olhe se não canto bem para si que em importa a sua opinião?
Fique com Deus e que esteja melhor da sua saúde,são os meu desejos verdadeiros.
E não se incomode mais que ainda muita àgua vai fazer mover o moinho.
rosamaria

Anónimo disse...

Olhe, para eu não me chatear mais não lhe digo mais nada.
Só uma coisa:
Porca é a Sr.ª. que nem por sombras imagina que eu sou, quero lá eu saber o que fecha ou deixa de fechar por causa da maternidade...
RESUMA-SE A SUA INSIGNIFICANSIA e vá cantar fado prós porcos

Search