edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 12.1.06
Etiquetas:


Resolveu o Palácio do Regedor no seu último capítulo, realizado ontem, levar a cabo uma operação de estética de grande envergadura no burgo. A substituição no centro histórico das antenas de televisão pelo serviço de televisão digital por cabo, gratuitamente para os canais abertos portugueses e 4 do Reino de Espanha. Desta forma para além da melhoria da recepção é também disponibilizado de forma geral o acesso aos restantes serviços da empresa prestadora do serviços (Pay Tv e ADSL).

Parece-me uma medida louvável que vai acabar com a poluição visual produzida pelos tubos metálicos que povoam os telhados de Elvas.

Mas uma ideia me perturba: nesta fase de conclusão das infrastruturas nas ruas do centro histórico, será que estas estão preparadas para receber este serviços ou vamos ver a cidade de novo esburacada?

9 comentários:

Zuzo disse...

À tua questão acrescento uma outra: E será mesmo TV por cabo ou, como ainda acontece em Elvas, é preciso ter a parabólica para possuir o serviço? Se assim for, não se ganha grande coisa em termos de beleza porque em vez de antenas passaremos a ter parabólicas.

Gil Navalha disse...

Agora tudo é pela UNESCO:
saiem antenas é para a UNESCO;
mudam-se sinais de transito é para a UNESCO.
ufaaaaaaaaa

Fitas Custódio disse...

De louvar a iniciativa de acabar com as antenas plantadas nos telhados.
Espero que a distribuição do sinal seja feita através de cabo, tal como se fosse uma linha telefónica.
Podia-se também exigir tanto à PT como à EDP a eliminação das aberrações que têm feito ao fazerem travessias de fios em diagonal (caso das linhas telefónicas) ou aos rolos de fio enrolados junto das baixadas (caso da EDP), sem um critério estético,ou de respeito pelos proprietários dos prédios de que se servem para suportarem essas linhas e esses fios.
Num PAÍS a distribuição é feita por cabo subterrâneo e os fios não estão à vista. Aqui foram permitidos todos os atropelos e como continuamos a ser um povo de brandos costumes não exigimos os nossos direitos. Continuamos como antigamente a comer e calar.

Anónimo disse...

Claro k é por cabo srs. reaccionários. Até em excelentes notícias eles conseguem arranjar porcaria. É por causa desta gente sectária, provinciana, pequenina e arruaceira k este país não avança!

Lupor disse...

Meu caro Conselheiro,

Tem andado desatento aos éditos do Regedor!
Desde o inínio das obras de levantamento e substituição de infraestruturas subterrânes no Centro Histórico deste burgo, que o Regedor e seus escribas têm manifestado/afirmado que estas, estvam a preparar a cidade para o futuro, nomeadamente com a tal infraestrutura para a televisão por cabo!

Lupor disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ze de Mello disse...

Obrigado pela informação co-Conselheiro Moscardo. Não se trata de desatenção apenas falta de informação. Recordo-lhe que apenas acordei do meu sono em finais de Julho passado!
Fica o registo da sua informação, e novamente felicito a acção do Palácio do Regedor, é importante acabar com a selva de metal sobre os telhados!

João Coelho disse...

Uma solução esteticamente agradável e que beneficia os elvenses. Acabem com metal nos telhados e ponham tv por cabo! Ficamos ainda com a vantagem de ter a TVI em condições que no centro histórico apanha-se mal, por não haver microcobertura para a cidade!

Anónimo disse...

è boa noticia.
Tem ses, porque?
-A camara pagou fortunas para arranjar as ruas do centro historico e ainda o anda a fazer.

-Agora a camara vai gastar outra fortuna para a tv cabo;
há ainda muita coisa a esclarecer
Proponho a discussão tambem mais alargada no forumelvense.blogspot.com

Search