edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 14.12.09
Etiquetas:


António Mendonça, ministro das Obras Públicas, anunciou, no local da futura estação de Évora, a adjudicação da concessão do troço Poceirão-Caia, integrado na ligação de alta velocidade entre Lisboa e Madrid, ao consórcio Elos, liderado pela Brisa e Soares da Costa. A construção do troço, um investimento de 1359 milhões de euros, será iniciada em 2010, devendo estar operacional em 2013.


O Regedor, em declarações à agência Lusa no dia da apresentaç, considerou que a construção do troço Poceirão-Caia da linha de alta velocidade ferroviária Lisboa-Caia vai transformar-se na «grande obra da nossa geração».

«Eu quase que me atreveria a dizer que vai ser a grande obra da nossa geração e ainda por cima com duas estações no Alentejo», disse o autarca, em declarações à agência Lusa. «Ao fim de vinte anos de andarmos a ouvir falar desta ligação Lisboa-Madrid, evidentemente que é para nós uma grande satisfação a obra passar do papel para o terreno», sublinhou.

Rondão Almeida garantiu ainda que o município de Elvas está «preparado» para receber este projecto.

Esta concessão inclui o projecto, a construção, o financiamento, a manutenção e a disponibilização do conjunto de infra-estruturas ferroviárias do troço Poceirão-Caia, em que também se integra o troço Évora-Caia da linha convencional de mercadorias entre Sines e Caia e a nova estação de Évora.

A linha de alta velocidade entre Lisboa e Madrid permitirá um tempo de percurso de duas horas e 45 minutos para as ligações directas de passageiros entre as duas capitais, tendo sido projectada para permitir também o transporte de mercadorias.

Também este fim de semana foi noticiado que o troço Sines - Grândola da linha de mercadorias, tem o projecto de impacto ambiental suspenso até 31 de Janeiro'10.

TODOS SOMOS ELVAS!!

6 comentários:

Justiceiro Implacável disse...

«Eu quase que me atreveria a dizer que vai ser a grande obra da nossa geração e ainda por cima com duas estações no Alentejo», disse o autarca...

Tretas,só tretas, a grande obra da nossa geração seria a Urbanização do Caia, por desafectação das actuais terrenos e sua infra-estruturação. Mas parafraseando o autarca essa GRANDE OBRA ficou adiada mais uma GERAÇÃO!

Já agora um abraço para o grande blogger e comentador "Toca a Todos", os bloggers instaladinhos e sem imaginação já estão "à rasca" e até estão a pensar juntar-se para o banir dos comentários...

Toca a Todos disse...

Ai gostaste Justiceiro? Tu és igual aos outros, são todos uns vendidos a alguém, sejam do poder ou da oposição, das rádios ou dos jornais ou comentadores rascos, vendem-se uns aos outros.

Mas li um comentário interessante noutro blogue sobre socialistas:

Por falar em socialistas, nem imaginam a conversa que ouvi entre o assessor de imprensa do Regedor e o vaidoso Mocinha que se acha presidente, mas que nem manda na sua casinha de Beirute.

Manuel disse a Mocinha para tomar cuidadinho. Ou passava a andar como um cão farejador atrás do Regedor ou o lugar de Presidente daqui a 4 anos passava-lhe á história!
Mocinha arreliado: Não me diga Manel! A coisa tá assim? Agora não posso deixar a minha mulher andar por aonde ela quer e tenho que perder a educação dos meus filhinhos só para andar atrás do Rondão?
Ca grande sacrifício, o que uma pessoa tem que fazer para conseguir um lugar de presidente!

portasdolivenza disse...

Vamos acreditar na boa vontade do ministro da economia,quando diz publicamente que em 2013 está concluida a obra a iniciar em 2010,duvido, a leviandade da afirmação do sr. ministro contraria todos os cenários para o nosso país, desde a ocde a outros organismos internacionais que colocam a nossa capacidade financeira em causa,baseada nas politicas de austeridade a que seremos obrigados. Com os pés assentes na terra,os espanhois,publicaram na voz do ministro do fomento sr. blanco,que em 2014 na melhor das hipoteses ou 2016 dependente de cortes orçamentais o ave chegaria a badajoz. destas duas realidades podemos concluir,que vamos ter o tgv no caia em 2013,e podemos estar a espera até 2014 pelo ave na melhor das hipoteses,ou 2016 se a economia espanhola não for obrigada a cortes orçamentais,sou a favor do tgv,mais da estação de mercadorias,e coloco a duvida de que em 3 anos haja verba para tudo isto que o sr. ministro afirmou,ainda mais,duvido que o governo se mantenha até 2013.

Justiceiro Implacável disse...

O desporto favorito dos elvenses na blogosfera é não comentar os posts nos blogs, mas sim dizer mal uns dos outros, dar largas à peçonha, e passar a sua pérfida lingua sobre os outros.
Este é talvez uns dos melhores blogs onde estão constantemente a sujá-lo com a merda que vomitam.São 2 ou 3 energumenos que saltitam de nome em nome tentando enganar as pessoas. Isto tudo para não se dizer mal do Regedor, da merda que faz e do que promete e não faz

Teixeira , Tiago (DIZ NAO AO ANONIMATO) disse...

Boas tardes.

Mais uma vez Portugal vai marcar passo , no que toca a desenvolvimento. E mais uma vez devido ao erro de termos aderido à antiga C.E.E. Depois da moeda, o comboio... Se o governo Português quer investir, que invista ,mas BEM. Não num atraso tecnologico como o TGV. Só por estar na U.E é que o vão fazer, mas acreditem para nada.

http://www.youtube.com/watch?v=hUATDtZble0

Como podem ver neste video, já na Alemanha andam a fazer estudos relativamente a comboios magneticos, que ultrapassam a velocidade do TGV e a sua tecnologia. Já na China e Japão o usam com sucesso, mas nós (Portugal) governados por individuos duvidosos, mas escolhidos por nós o que é ainda mais hilariante,enfim..

CS disse...

A obra para a geração dos espanhóis...lol...Um investimento destes e ninguém sabe dizer qual a estratégia para o TGV, ou melhor, o TGV é a estratégia. Fazemos a obra e dps o desenvolvimento vem com ela é o q dizem...Que bando de vagos!Somos tão pequeninos na nossa forma de pensar. Já agora o que vai ser da A6, q já esta quase vazia por sinal?! No fim espero é q não se continue a utilizar as estradas nacionais do...Salazar!Enfim...

Search