edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 21.7.09
Etiquetas:


Foram recentemente publicados no “Linhas” os datos estatísticos referentes ao Turismo em Elvas.

Na verdade é tudo uma questão de números, senão vejamos:

O Posto de Turismo de Elvas acolhe ao longo de seis meses 7300 pessoas, ou seja pouco mais de 40 turistas/dia.

O Castelo de Elvas, o monumento mais visitado do Concelho, segundo palavra do Regedor, tem 1893 visitantes, ou seja, 17 turistas/dia (recordamos que continua fechado aos fins de semana).

As 8 igrejas abertas ao turismo acolhem num mês 2410 pessoas, ou seja 11,5 pessoas de media/dia por igreja(encontram-se fechadas às 2ªs feiras).

O Museu de Arte Contemporânea de Elvas registou 2783 entradas no primeiro semestre de 2009, ou seja quase 18 turistas/dia (encontra-se encerrado às 2ªs feiras).

O Museu Militar do Exército teve em Junho 147 visitas, ou seja menos de 6 pessoas/dia.

O outro Museu Militar, no Forte de Sta. Luzia, acolheu 262 pessoas no mês passado, o que se traduz em 10 pessoas/dia.

O outro Museu aberto na Cidade, o de Fotografia, no mês de Junho registrou uma média de entradas diárias de 4 pessoas, ou seja, um total de 104 turistas.

O comboio turístico registou, nos primeiros seis meses, 2028 pessoas, ou seja, uma média de 13 pessoas/dia.

Obviamente nem todos os turistas e visitantes do Concelho recorrem ao Posto de Turismo, e daí que o Vereador do Turismo tenha avançado com o número de 200.000 visitantes/ano. Ora este número saído, concerteza de um estudo aprofundado do fenomeno turístico ultrapassa em 60.000 os turistas que recebeu Évora em 2008!

Outra curiosidade é ver que dos 40 turistas/dia que recorrem ao Posto de Turismo apenas 4 chegam ao Museu de Fotografia, embora ao Castelo subam 17 pessoas (e as outras 40!?!?, não visitam o Castelo?) ou dessas 40 que vão ao lado sul da Praça da República apenas 11 chegam ao outro lado da praça, à Antiga Sé? Ou porque é que os 13 turistas/diários e afortunados que encontram o Comboio Turístico não visitam a Igreja das Dominicas ou o MACE?

Quanto às nacionalidades que nos visitam também há “gato”: nas igrejas elvenses esses turistas correspondem a 85% de portugueses, 12% de espanhóis e os restantes três por cento correspondem a cidadãos ingleses e alemães; no MACE os estrangeiros representam 17% das visitas. No geral do Alentejo o caso é bem diferente!!! Atente-se 23,8% de espanhóis, seguidos de 21,5% de lusas gentes e em terceiro lugar (11,7%) de franceses, 6,3% de alemães, 5% de turistas vindos dos EUA aos quais de juntam outros tantos do Brasil, Itália, Inglaterra e Holanda. Pelos vistos somos uma ilha no Alentejo com movimentos turísticos muito estranhos! (Os dados do Alentejo são do INE).



TODOS SOMOS ELVAS!!

3 comentários:

Tiago Abreu disse...

Belissimo trabalho! Muito bem Zé de Mello.

Anónimo disse...

Boa análise dos dados conhecidos.
Parabéns pelo seu blog.

Visite o blog:-

http://yalbas.blogspot.com/

André Miguel disse...

A isto chama-se fazer os trabalhos de casa. Parabéns!

Search