edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 13.5.09
Etiquetas:


Os últimos números divulgados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, apresentam o Concelho de Elvas, como o 1º em número de desempregados no Norte Alentejano. Apenas Évora, com um número de inscritos no centro de emprego de 2 358 pessoas, e Odemira, com 1 302 inscritos, ultrapassam Elvas, com 1 281. 


Os números do IEFP apontam para um total de 21 955 inscritos na região alentejana, em 47 concelhos.

Em contraponto a estes números o Regedor anunciou recentemente a colocação ao serviço do munícipio de 800 a 900 pessoas, durante um período de um ano, saindo estas das estatísticas oficiais, numa iniciativa denominada Programa de Emprego, Inserção e Qualificação, englobada dentro da politíca de intervenção social do Palácio do Regedor.


1 comentários:

JUMENTO DO DIA disse...

A realidade elvense é de longe a pior de todo o Alentejo.
É que seguramamente há 1500 elvenses que atravessam diariamente a fronteira para trabalhar em Badajoz.

Infelizmente a inépcia de Rondão Almeida para atrair empresas para Elvas tem sido total, apesar das suas condições serem ímpares em Portugal. Até do Porto de Sines vamos dispor!

Se não fosse Badajoz, Elvas já teria perdido seguramente, a avaliar pelos Elvenses que trabalham eu Badajoz, umas 5000 pessoas adicionais, colocando-nos abaixo de qualquer sede de concelho do Alentejo, como por exemplo Sousel ou Ponte de Sôr!

Infelizmente e também adicionalmente, Elvas não tem conseguido fixar famílias espanholas, isto faz-me lembrar aquela anedota da "guardería" para filhos de espanhois, propalada pela Silva Picão, que até teve destaque em jornais nacionais!!!

E não era dia das mentiras...

Search