edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 19.8.08


Deixamos hoje à consideração do Palácio do Regedor uma lista de locais patrimoniais que se encontram nas trevas, não só para os Elvenses que passeiam pela Cidade mas também para quem nos visita, a saber:


  • O Aqueduto da Amoreira, aguarda uma iluminação digna prometida pelo Regedor, mas enquanto não chega pelo menos que se aproveite a existente!
  • O Pelourinho da Cidade só precisa que aquele ponto de luz esteja acesso!
  • As portas da Muralha Seiscentista, para além de se encontrarem sem iluminação artística, também não têm para quem por elas circula, nomeadamente a da Esquina, na penumbra total, e a Real ou de Olivença exterior sem uma única lâmpada acesa!
  • A Fonte da Misericórdia tem iluminação artística mas apagada!
  • E claro, a Torre Fernandina continua fechada a fruição pública e sem uma lâmpada que a ilumine!
Isto só numa noite de passeio pela Cidade parece, a este Velho Conselheiro, obscuridade demais, sabendo que a segurança das populações e a valorização do património são duas áreas bem presentes na mente do Regedor, por isso estamos seguros duma rápida solução.

3 comentários:

AP disse...

Não são só os monumentos. Desde que Rondão chegou à Câmara que entrámos numa idade das trevas.

António Tomás Pires disse...

Zonas de fruição:

Rossio do Aqueduto;
Jardim das Laranjeiras;
Jardim Municipal;
Torre Fernandina;
Praça da República;

---------------------------------

Falta um larguíssimo etcétera...

Onde é que estão as pessoas para lhes dar "alma"?
----------------------------------
O rondão continua a afastar as pessoas do Centro e a matá-lo!
----------------------------------
Alguém sabe qual é o horário do Jardim Municipal?
O encarregado é que faz o horário como quer e muito bem lhe apetece o vintém dos espaços verdes não sabe nem quer saber!

canal241 disse...

Falando em que cada um já vai fazendo o que quer! No tempo do Carpinteiro dizia-se que havia um telefona para cada funcionário, agora há uma viatura para cada um. Uma delas, uma carrinha toda aritlhada anda em obras privadas na estrada da Calçadinha, junto ao chafariz d'el Rei, até de noite já lá a vi. Alguém anda a ganhar umas brutas comissões na venda desses carros todos e esquecem que muitas vezes alguns funcionários não gostam do patrão e bufam conversas que houvem por acaso e se elas comessam a circular...

Search