edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 14.5.08
Etiquetas: ,

O Bloco de Esquerda emitiu ontem um comunicado em que comenta o caso da desclassificação e perda de valências do Hospital de Santa Luzia de Elvas dizendo que esta "vai traduzir-se numa incomensurável perda de cuidados básicos de saúde às populações limítrofes do concelho de Elvas. (...) A política economicista de saúde deste governo reflecte-se nos números e assimetrias implementadas”.
Mais adiante, o comunicado refere que "o anúncio de novas contratações de especialistas para o Hospital de Santa Luzia de Elvas é atirar areia para os olhos dos elvenses, porque quem dá com uma mão e tira com outra não merece respeito nem consideração de ninguém.
O Núcleo de Elvas do Bloco de Esquerda considera ainda que o Presidente da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, Luís Ribeiro, "não tem capacidade e competência para desempenhar as funções que lhe foram atribuídas”, pedindo a sua exoneração ou demissão, alegando que esta será a forma de retomar a "credibilização e normal funcionamento deste serviço público”.
Em relação ao abaixo-assinado promovido pelo PSD Elvas dizem: "existem outros mecanismos para pedir explicações e esclarecimentos ao Parlamento”, anunciando ainda que o deputado bloquista João Semedo levará esta questão à Assembleia da República.

1 comentários:

Rosamaria disse...

Nem um comentário a est post.
Sente-se o medo no ar, quando o tema é saude .

Search