edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 15.6.07
Etiquetas:


Segundo noticia do Linhas de Elvas de ontem, foi constituida a Associação Empresarial Transfronteriça do Caia, aberta a empresários de Elvas e arredores.

Esta noticia surge no dia em que em Badajoz se realizou a 2ª jornada do I Congresso Transfronteiriço de Empresas, organizado pela Confederação de Organizações Empresariais de Badajoz (COEBA) e pelo Núcleo Empresarial da Região de Portalegre (NERPOR) e em que foram debatidas as infra-estruturas e equipamentos (plataforma logística, portos fluviais, caminhos de ferro, comunicações, zonas industriais e ninhos de empresas), as oportunidades de negócios (Portugal como mercado para as empresas extremenhas e a Extremadura como porta de entrada para investimentos portugueses) e ainda as ajudas e incentivos disponíveis para a exportação e internacionalização.

Será que já vamos atrasados? Será que os empresários de Elvas estiveram presentes? Será...

5 comentários:

Anónimo disse...

Sr. Zé eu já lhe disse aqui isto e repito-o mais uma vez. Os empresários de Elvas não querem saber disso. Cada um olha para o seu umbigo e pronto.. desde que lhe dê para um bom carro, umas férias em Cuba todos os anos e que trabalhem pouco chega. É o que temos. Por isso têm que vir empresários de fora se estiverem interessados.

Elvense aburrido disse...

Mata Caceres (listo) a tourear-nos, Rondão (autista) a fazer fontes de recurso para sua disfarçar a sua intenção de se auto-estatuar! ah! ah! Ah! elvense burro vota rondão....mais uma vez Portalegre a rir.

Anónimo disse...

Será que o sr Zé não sabe que essa associação tem como unico objectivo os cursos de formação em que alguns figem que ensinam e outros que aprendem, mas que uns quantos metem uns milhares ao bolso? É só ver o que sucedeu á ACISE quando os Técnicos de contas a dirigiram o tal de NASCIMENTO era bajulado por todos ou quase todos os profissionais da formação enquanto houve dinheiro quando esgotou os fundos e a levou á falencia todos fugiram.
Ora chamar a isto associação de Empresários é de rir e muito.
Ainda houve esperança que a judiciária descobrisse as vigarices e os vigaros mas á meses que não dão sinais o assunto deve ter sido arquivado mais um!

Anónimo disse...

A nossa sorte é estarmos ao lado de Badajoz, se não ficarmos infraestruturados para o lado português ficamos infraestruturados para que os produtos dos empresários aqui estabelecidos possam ser transportados para espanha, já temos exemplos de empresários aqui estabelecidos, não por mérito nacional ou local, mas pela proximidade de Espanha.

Anónimo disse...

INGRATOS!!! depois do que o Sr Nascimento fez pela cidade de Elvas com a sua Cooperativa de habitação que distribuiu aos mais necessitados centenas de casas!
E a sua Universidade do Comerciante, em que o professor pagava uma pequena retenção para comprar equipamento escolar!
INGRATOS colegas comerciantes invejosos que pediram auditorias!!
Elvas não merece pessoas altruístas como o Sr. Nascimento!
INVEJOSOS!!!

Search