edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 16.3.07
Etiquetas: ,

Image Hosted by ImageShack.us


Conforme já tinha sido anunciado, Elvas prepara-se para acolher a Estação Agronómica Nacional, no âmbito da restruturação do Ministério da Agricultura. Este laboratório de Investigação Cientifica vem juntar-se à Estação Nacional de Melhoramento de Plantas, fazendo com aquelas estruturas nacionais agora aqui sediadas, que Elvas seja o centro da investigação cientifica e desenvolvimento tecnológico no ambito da agricultura em Portugal.
Conheçamos pois estes serviços estatais:
A Estação Nacional de Melhoramento de Plantas é um Serviço operativo do INIA vocacionado para a realização de actividades científicas, técnicas e de formação profissional nos domínios do melhoramento de plantas, em sentido amplo, e da tecnologia da produção de sementes. À ENMP competirá a continuação do seu trabalho no sentido de fornecer a agricultura portuguesa de novas variedades e tecnologias no âmbito das culturas arvenses e olivicultura. Numa época em que a defesa do ambiente, a agricultura biológica, a pecuária extensiva, os sistemas tradicionais de agricultura ou a olivicultura estão na ordem do dia, o papel do melhoramento de plantas, traduzido na obtenção de novas variedades localmente adaptadas, revela-se como instrumento fundamental para aumento da produtividade com custos reduzidos. Como consequência os principais clientes e utilizadores do produto disponibilizado pela ENMP encontram-se fundamentalmente nas empresas do sector da comercialização de sementes, no caso das culturas arvenses, e agricultores e suas associações no caso da olivicultura. De referir também que no sector tecnológico o universo das industrias transformadoras dos produtos agrários arvenses e oleícolas poderão também incluir-se nas listas dos utilizadores. O objectivo da ENMP é a obtenção e divulgação das suas variedades pelo sector agrícola nacional, com particular incidência nas zonas de influência mediterrânica. Trabalhando materiais na área dos cereais, forragens, pastagens, proteaginosas, oleaginosas e ainda olivicultura, a transferência da tecnologia aqui obtida terá que ser efectuada através do sector da comercialização de sementes e material vegetativo, ainda que o contacto directo com as organizações de agricultores seja fundamental para o delineamento da investigação. Por esta razão representa um objectivo da ENMP no domínio das culturas arvenses o retomar da rotação como factor agronómico estruturante da agricultura mediterrânica. Seja nos sistemas de produção agrícola ou agro-pecuária de sequeiro, ou ainda nos sistemas mais intensivos de regadio, para cada caso existirá uma rotação adequada, utilizando espécies e variedades que permitam equilibrar e manter a sustentabilidade dos sistemas. Quer a reforma intercalar da PAC, quer a morosidade e ausência de projectos aprovados neste domínio levam à manutenção deste objectivo na área das culturas arvenses. Já no âmbito da olivicultura o objectivo de curto prazo dirige-se ao fornecimento de material vegetativo de qualidade que permita dar resposta às solicitações que se adivinham decorrentes da aposta da tutela neste sector da produção agrícola nacional.


A Estação Agronómica Nacional (EAN) é um organismo de investigação científica onde se desenvolvem tanto os estudos que visam a resolução de problemas concretos da nossa agricultura, como aqueles em que se procuram abrir novos caminhos para melhorar a qualidade da vida humana. Este Laboratório de Estado, tem como competência a realização de actividades de IC&DT e OACT, em matérias disciplinares, de fileira produtiva ou em domínios horizontais ao sector agro-rural, relacionados com as suas áreas científicas, a saber:

  • Recursos naturais e ambiente
  • Protecção das plantas
  • Ecofisiologia, recursos genéticos e melhoramento
  • Tecnologia de produção em horticultura, fruticultura e outras culturas
  • Tecnologia de conservação e transformação de produtos agrários
  • Economia e sociologia agrária-desenvolvimento

A estes dois organismos há que juntar a Escola Superior Agrária de Elvas, que só terá a ganhar com esta reestruturação do Estado Agricola nacional, aproveitando as sinergias decorrentes da investigação produzida em Elvas.

3 comentários:

A Verdade contra o Mundo disse...

será tudo isso? pode ser que seja o segredo de fazer uma omolete sem ovos!!!

anti faxista disse...

FAXISTAS OU CHUPISTAS TANTO DÁ.
SUBSIDIO DEPENDENTES PARA QUÊ?

PARA UNS JIPES NOVO, PONTO FINAL

COM OS NOSSOS IMPOSTOS? NÃO OBRIGADO

Lumife disse...

II ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO


AOS 21 DE ABRIL DE 2007


ESTAMOS ELABORANDO O PROGRAMA:

-COMUNICAÇÕES S/ BLOGS

-MOMENTOS DE POESIA

-CANTARES ALENTEJANOS

-VISITA AO PATRIMÓNIO CONCELHIO


MARQUE JÁ NA SUA AGENDA!


MAIS NOTÍCIAS MUITO EM BREVE.

Search