edição:Velho Conselheiro Ze de Mello a 12.5.06
Etiquetas:


Esta enorme estrutura que vai ser o Coliseu Cidade de Elvas estará apta, segundo o Regedor, para as mais diversas manifestações desportivas, culturais e tauromáquicas com uma lotação de 6.000 lugares, tendo sido já contactadas várias empresas para fazer a sua exploração.

31 comentários:

Pedro Gama disse...

E é muito bom saber isso, não é!!!

Caro Zé. Gostava só de deixar aqui uma nota positiva. Já notou que, nos últimos dias, à margem do que se tem dito sobre a maternidade, o alentejo até tem sido noticia pelas mais variadas razões, em particular Elvas: Desde logo a Plataforma Logistica, da qual o caro amigo falou e muito bem; mas não só aqui em Elvas. As minas de Aljustrel, a criarem cerca de 100 postos de trabalho; a exploração mineira de ouro, em Escoural, Concelho de MOntemor, mais umas dezenas de postos de trabalho; Distrito de Portalegre, também com um projecto de prospecção para encontrar ouro; Parece que se vai apostar na revitalização do montado no Alentejo, também; e não sei se me estou a esquecer de nada.
Ainda se pode concretizar a vinda do Estabelecimento prisional Regional para Elvas. Quem sabe nem tudo é mau... Será que se aproximam novos tempos para o Alentejo???

Apeteceu-me ser positivo hoje...

Um abraço.

Anónimo disse...

O senhor Pedro da Gama continua imparável... qualquer dia ainda chega a Regedor. Pose como se vê na foto não lhe falta! Continue amigo, continue, que o futuro parece promissor

Anónimo disse...

Afinal sempre se irá chamar Rondão ao pav. multiusos?

Anónimo disse...

Vai abrir um coliseu em Elvas como não existe em nenhum local do interior deste país. Uma obra magnífica. Mas o que faz o senhor Zé e a malta dele. Inventa que aquilo se vai chamar Rondão Almeida que é para dizer mal. Onde vai parar este país com tanta estupidez?

Anónimo disse...

Parece estranho vir a chamar-se Rondão? Só se for nisto...
Até já estou com pena do que vier a seguir pois terá uma árdua tarefa a arrncar placas e tabuletas semeadas nos últimos anos e nos que faltam...
Sempre dão cor às paredes nem que seja de cinzento.
Não havia outro no país que também fazia isto? Era o Avelino Ferreira Torres?

Anónimo disse...

Mas alguém ainda tem dúvidas que aquilo se vai chamar "Rondão Almeida"?

Pedro Gama disse...

Fiquei bem na foto, não fiquei??? obrigado por ter reparado. Já pensou em abrir um clube de fãs para mim. Muito me honrava...

Isso de se chamar Rondão Almeida interessa mesmo??? E, já agora, porque arrancar placas depois? Concordem ou não, se o nome for esse é com esse nome que deve ficar... Ou voltamos a mudar o nome da "Ponte Salazar"?

Ze de Mello disse...

Caros co-Conselheiros,

O próprio Regedor, em entrevista à Radio Elvas, admitiu que pessoas próximas e grande parte da população se mobiliza e pressiona para que este se auto outorgue com o nome no Coliseu da Cidade de Elvas. Eu ouvi. Estou atento e os senhores?!

Recordo aos novos visitantes e co-Conselheiros o édito de 10 de Agosto de 2005 sob o título Rondão vs. Ferreira Torres.

Também aqui se fez uma pesquisa de opinião e a maioria dos participantes julgou que deve ser dado ao edifício o nome de "cidade de elvas".

Como diz o povo: " a ver vamos!"

Anónimo disse...

A colocaçao das placas (e que me perdoem os seguidores do Xeriff) nao é outra coisa senao o resultado de uma má interpretaçao do que é serviço público. Nao desejando filosofar sobre o assunto devo recordar aos Conselheitros menos atentos que ém Democracia o governo se faz PELO Povo (e nao Governo do Povo), PARA o Povo. Quando alguém, seja quem for, desde o Governo ao simples chefe de uma Repartiçao, chega ao cimo e se começa a servir, entao está muito claro que o espírito de servir se adulterou, se corrompeu. E o Xeriff de Elvas, pese o que possam pensar seus apaniguados, é de forma escarrada o paradigma da VAIDADE. Que fez obras? Muito bem, agora que seja um homenzinho inteligente e deixe que seja recordado pelas obras (más ou boas, oportunas ou inoportunas)sem que deixe placas a recordar tal personagem. É QUE PODE ACONTECER QUE NUM QQ FUTURO ALGUÉM AS RETIRE.
E vamos ficar por aqui tá bom?

Pedro Gama disse...

Pessoalmente também me parece de mau tom colocar o próprio nome em algo. Mas ele é que lá está e o povo é que o coloco lá... disso não há duvida!!!

"A ver vamos"...

Anónimo disse...

É pena não ter sido inaugurado o ano passado, porque servia de palco a manifestações do movimento pró-maternidade.

O nome ideal, para o espaço, OTNI.

Quanto à placa de identificação, sugeria que fosse amovivel como a cobertura do próprio pavilhão.
Evitando a retirada da mesma no caso de alterações.

Anónimo disse...

O sr é que é um otni.

Anónimo disse...

Que o POVO o colocou lá eu pessoalmente nem tenho dúvidas! Podemos ter muitos defeitos democráticos mas falcatruas é que nao!A questao reside, naturalmente, no nosso estágio de evoluçao socio-económico, ou nao?

Anónimo disse...

OTNI? nque qiuer dizer rsrsrsrsrsrs!

Anónimo disse...

OTNI (Objecto Terrestre Não Identificado)

Anónimo disse...

Será que daqui a cinco anos,temos(5x262) 1300 espanhóis, a assistir aos concertos pimba nessa enorme estrutura(OTNI)?

Gostei do nome.

Dark-Templar disse...

Caro Zé de Mello, venho agradecer o seu convite...de facto eu não vivi muito tempo em Elvas, foi só até aos 2 anos de idade. Ocasionalmente ainda visito a cidade por motivos familiares. Tentarei vir cá mais vezes.

Cumprimentos

amendoinsaojantar disse...

S houver um abaxo asinado eu asino p q o nome do sr. presidente seja dado ao pavilhão!

Pedro Gama disse...

Agora estava a ler um dos meus comentários. Eu não quis chamar nada a ninguém. apenas me lembrei da ponte salazar porque quando foi o 25 de Abril lhe mudaram o nome para 25 de Abril o que sempre achei um absurdo.

Um optimo fim-de-semana...

Anónimo disse...

Este Gama não faz nada durante o dia?

Anónimo disse...

Caro Pedro Gama, todos os nomes que recordavam o regime fascista foram retirados em 1975 porque evocam um passado vergonhoso do nosso país e porque se tornaram inconstitucionais uma vez que são proibidos símbolos fascistas no nosso país.

Anónimo disse...

É francamente doloroso ler comentários como o que termina de ser publicado sobre fascismos. S4e o Sr anónimo foi prejudicado pelo "faxismo", eu tb de certa modo fui e nem por isso enjeito a história ou muito menos perco tempo tentando apagar uma mémória que mesmo má, nos pertence a todos. Assim, aconselho que cresça na sua mentalidade e deixe de sonhar com papoes... e contudo, foi Salazar que a construiu tá?
E como de anonimatos gosto pouco, aqui vai o nome, Fernando Antunes

Zé de Varche disse...

E porque não um abaixo assinado para que se chame "Coliseu Cidade de Elvas" ao Pavilhão Multiusos?

Anónimo disse...

JADE

Estive a ler estes comentarios e na verdade fico aparvalhada com a importancia que se daó a algo tão pouco importante.

Um nome?
Eu proponho que se chame Rondão de Almeida sim e que coloquem o Homem em corpo inteiro ali logo à entrada com a bandeira espalhoa na mão.
E coloquem uma placa mais alem na entrada de elvas a indicar aos Portuqueses que entraram em território Espanhol.
E assim seremos todos felizes.
Mas quem encomendou o seremão aquele louco que espulsou os filipes daqui para fora??

Anónimo disse...

Caro Fernando Antunes,
Penso que entendeu mal aquilo que eu quis dizer. Longe de mim a ideia de apagar parte da nossa história. Penso que o período salazarento deve até ser bem recordado de modo a não se voltar a repetir e também para que os mais novos percebam o sofrimento daqueles que lá estiveram.
No entanto concordo com a Constituição de 1975 quando abole todo o símbolo fascista e logo também com a propaganda salazarista por todo o país. Uma nação desenvolvida e que pertence à UE como a que hoje temos ter uma ponte chamada Salazar seria vergonhoso de tal forma como Roma ter uma chamada Mussolini ou o estádio de futebol do Bayern de Munique se chamar Hitler Stadium.

Anónimo disse...

Clube de Fãns, senhor Gama? Não precisa. o senhor já é tão fanático da sua pessoa que não precisa de mais.

Anónimo disse...

Ó pedro este senhor não te conhece,ou tem algum inetece na tua pessoa.Bolas esta sempre em cima de ti.

Hahahahahaah.
É mesmo para rir.

E que não se lembra da história?
Não foi exactamente assim que o Salazar emtrou no poder?
Com formolas economicistas e a castrar o povo?
E se as coisas se repetem,porque se repetem,emtão porque não voltar a repor os nomes as coisas,por exemplo a ponte voltar a nome de quem a contruio?
Ou não se dá o nome dos que passam pelos governos as coisas que anauguram?
Eu acho boa idaia,muito boa mesmo.

Jade

Anónimo disse...

Então e que tal esta gente que aqui escreve aprender a escrever como deve ser?

Anónimo disse...

estou sem palavras...

Em primeiro lugar, aquilo não é coliseu nenhum, ou fazem-se touradas e afins em coliseus?
Em segundo lugar, se pensam que têm ali uma grande obra, também se podem enganar… quem ali vê uma grande obra, são as pessoas que nunca saíram desta pasmaceira de cidade (em que eu infelizmente vivo).

Para mim, aquilo não passou de um “tapa olhos” para nós que aqui vivemos. Um tapa olhos do tipo: “Vou meter uma coisa que se veja, mesmo na entrada principal da cidade, e fazer querer aos eleitores e aos que demais vierem que não existem coisas destas em mais lado nenhum, (o que é redondamente mentira pois aqui bem ao lado em Évora está a ser construído um idêntico)”

E mais, acho que é de total loucura, comparar aquela coisa com os Arcos da Amoreira (como já foi dito pelo nosso Ilustríssimo Presidente da Câmara), que com estas palavras revela que não tem olhos na cara e que nem sequer sabe aquilo que diz.

Em relação ao nome para tal obra, pergunto eu, Que nome lhe querem meter? O nome do sem pelouro? O da Loira Elsa? Melhor O do Sr. Torneiro, que muito quis fazer (e dizer) e muito tentou fazer, mas nada conseguiu…? por isso e para mim, apesar de todas as circunstancias, o nome dá demais para o sitio que é. E alem disso não se esqueçam, nós reclamamos, mas nunca tivemos cá um Sr. Presidente como este, que apesar de tudo fez muito pela nossa cidade.

Anónimo disse...

Divertida esta discusão e com clase.
Mas disem ,disem mas não fazem nada.
E se não se poem a pau ainda se batem.
E tudo por causa dum moseu,onde se havará mostras de um POVO que acabado na história.
PORTUGAL ONDE ESTAS E PARA ONDE VAIS????
"JADE"

Anónimo disse...

Bom
Eu acho que deveria ser lançada uma campanha, aproveitanto que agora temos um movimento cívico cá na terra, para melhorar o " Look " da terra e que passaria pelos cidadãos de boa vontade comprarem um spay de tinta que trariam sempre consigo, e pintarem da cor do seu clube preferido as placas que encontrassem com o nome do regedor.
No fim, que não sei se seria possivel ser ainda este ano dado o volume e a dispersão das mesmas, ser montada uma festa onde seria descerrada uma placa com o nome do regedor para poder começar tudo de novo já que tem anda pela frente tempo para muitas...

Search